19 de ago. de 2008

Liu Xiang tem pernas de 14 milhões de dólares

As pernas do atleta Liu Xiang não são exemplo de beleza, porém, estão avaliadas em 100 milhões de yans (US$ 14 milhões - cerca de R$ 23,8 milhões). A holding Ping An Insurance (Group) Company of China, Ltd., fundada em 1988, segunda maior seguradora da China, em outubro, ofereceu ao atleta, um contrato com cobertura de um ano em caso de acidente e uma apólice para toda equipe de atletismo. O chinês, corredor de 110 metros com barreiras, fez o seguro milionário das pernas, cuja apólice, o assegurava em casos de lesão, mas, em troca do pagamento da apólice, Liu tornou-se uma espécie de garoto-propaganda da empresa, fez anúncios e participou de ações corporativas. Quis o destino que o atleta sofresse uma lesão no tendão de Aquiles, o impossibilitou de seguir nos Jogos Olímpicos de Beijing e de concorrer a uma medalha de ouro olímpica em casa, a segunda na carreira do atleta, que conheceu a fama em Atenas 2004. Liu abandonou a competição e, segundo à agência oficial "Xinhua", o atleta decidiu não receber o seguro milionário. A Administração Geral de Esportes da China confirmou que o atleta não deseja receber o dinheiro. Já a Ping An afirmou que mantém o apoio ao atleta, apesar de ele não ter obtido sucesso nos Jogos de Beijing. A holding Ping An Insurance (Group) Company of China, Ltd anunciou que, em 2006, a receita líquida da empresa foi de 7,342 bilhões (cerca de US$ 1,02 bilhão), com lucros de 1,19 yuan por ação e, no ano passado, os lucros líquidos cresceram mais de 100%.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Site pirata sueco dá trabalho ao COI

O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) segue na batalha contra a pirataria. O foco do momento é site sueco de compartilhamento de arquivos Pirate Bay, que adotou o logo temático Beijing Bay e suspender downloads de vídeos da cerimônia de abertura dos jogos olímpicos de Beijing. O vice-presidente do COI, Gunilla Lindberg, disse que cerca de 1 milhão de cópias foram feitas desde do início dos Jogos, violando os “interesses do COI e os direitos de transmissão. Segundo Lindberg, o site sueco não removeu os arquivos, conforme solicitado, o que levou o Comitê a pedir auxílio ao governo da Suécia para resolver o problema.

Redação Sport Marketing

Altus, Nivea, Mormaii e Olympikus atrás da medalha da vela

Além da Nivea, a dupla Fernanda Oliveira e Isabel Swan medalha de bronze olímpica histórica nas raias de Beijing na Classe 470 da vela também contou com o apoio de outras empresas, entre elas, a Altus, especialista em automação industrial e sediada em São Leopoldo, que é uma das patrocinadoras da dupla do clube Jangadeiros, de Porto Alegre, junto com Mormaii e Olympikus. O apoio destas empresas ajudou a dupla a contratar uma equipe completa formada por técnico, preparadora física, fisioterapeuta, psicólogo e a competir e treinar na Europa, até a conquista da medalha histórica (ler matéria arquivo Sport Marketing - Nivea patrocina histórica medalha da vela feminina em Beijing). A dupla é tricampeã brasileira (2005, 2006 e 2007), tricampeã das pré-olímpicas (2005, 2006 e 2007), bicampeã sul-americana (2005 e 2006) e quartas no Mundial da China em 2006, melhor resultado na história de uma dupla feminina brasileira em uma classe olímpica.

Redação Sport Marketing

Seguradoras pegam carona em Jogos Olímpicos

A seguradora Chubb, em parceria com a corretora Sensulini, são as responsáveis pelo seguro de Responsabilidade Civil Eventos da Casa de Beijing, espaço montado para o acompanhamento dos Jogos Olímpicos de Beijing, instalado no Memorial da América Latina, em São Paulo, até 24 de agosto. A seguradora Chubb tem tido cada vez mais destaque no segmento de entretenimento, participando em feiras, shows, eventos esportivos, congressos e seminários. A Chubb é especialista no atendimento a segmentos como: promotores de eventos, produtoras cinematográficas, espaços de eventos como Centro de Convenções, Exposições, Cinemas e Teatros.“A Chubb tem crescido consideravelmente no segmento de eventos. Para isso, conta com uma equipe treinada, altamente especializada para a correta avaliação dos riscos e, principalmente, com corretoras parceiras, como a Sensulini Seguros”, explica Juliana Santos, executiva responsável pela carteira de entretenimento da Chubb. A Chubb, companhia de seguros com mais de 160 anos de existência, é uma das maiores operações da The Chubb Corporation, fora dos Estados Unidos e a maior da América Latina.

Redação Sport Marketing

Banco da Amazônia abre propostas de patrocínio

O Banco da Amazonia abriu inscrição para propostas de patrocínios a projetos esportivos, culturais, sociais, feiras, congressos e exposições para o ano de 2009 em toda a Amazônia Legal. As inscrições terão o prazo até 18 de setembro e devem ser feitas exclusivamente, via internet, pelo site www.bancoamazonia.com.br, onde também estão disponíveis os critérios para obtenção de patrocínios. Terão prioridade para análise os projetos incentivados por Lei Federal ou Municipal. O montante de recursos para este certame é de até R$ 3.002.391,00. As solicitações de patrocínio deverão ser realizadas exclusivamente, mediante o preenchimento do “Formulário de Solicitação de Patrocínio -FSP”, que está disponível no site do Banco.

Redação Sport Marketing

Nike e Coca-Cola seguem com Liu Xiang

"Quando a árvore cai, os macacos se dispersam" - diz o provérbio chinês do mestre Confúcio. Mas, para alegria de Liu Xiang, ao que tudo indica, o provérbio não se concretizará. A Nike não pretende rescindir o contrato de patrocínio com o atleta chinês. A fabricante de materiais esportivos que calcou boa parte da campanha olímpica na imagem do atleta medalhista de ouro olímpico nos Jogos de Atenas 2004, inclusive, já mudou o enfoque. Os novos anúncios de jornais e revistas chinesas apresentam o rosto do atleta e o texto "Amor à competição, amor à dignidade, amor à honra, amor ao fracasso. Enfim, amor ao esporte, apesar da dor". O contrato de patrocínio da Nike com Liu foi no valor de 4 milhões de yuan (cerca de US$583,000). A marca americana de materiais esportivos lançou inclusive um uniforme e sapatilha especialmente projetados para o jovem de 25 anos usar nos Jogos. A Coca-Cola também pretende seguir com o patrocínio ao atleta, que é uma inspiração para milhões e milhões de fãs na China, mercado onde a fabricante de bebidas está investindo fortemente. VISA, Lenovo, Ping e o Grupo Yili (produtos derivados de leite) também mostraram apoio ao ídolo do atletismo chinês e a disposição em continuarem a associação com ele. Desde que ganhou o ouro em Atenas 2004, Liu tornou-se um dos rostos mais familiares da China. A imagem dele está em anúncios de várias marcas chinesas e internacionais, na televisão, internet, outdoors e pontos de ônibus. De acordo com a revista Forbes, o chinês fatura US$ 23,8 milhões (R$ 40 milhões) por ano em publicidade. É o segundo atleta mais rico do país, atrás apenas do jogador de basquete Yao Ming. Liu Xiang, esperança de medalha olímpica nos 110 metros com barreiras, sofreu uma lesão no tendão de Aquiles (ler matéria arquivo Sport Marketing - Liu Xiang e Fabiana Murer choram no 'Ninho de Pássaro'; Nike fica na pista com Liu Xiang; Nike apresenta uniforme de astro chinês do atletismo; Nike lança uniformes olímpicos do atletismo; Nike apresenta uniformes da China ).

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Pelé embaixador do Rio 2016

Pelé junta-se a João Havellange na candidatura do Rio de Janeiro aos Jogos Olímpicos de 2016. O Rei do futebol, que endossa a marca MasterCard, concorrente direta da VISA, patrocinadora do programa TOP do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) Jogos Olímpicos é o novo embaixador Rio 2016. O anúncio oficial será na Casa Brasil, localizada no Hotel Jianguo Garden, em Beijing e contará com a presença do presidente da Comissão de Candidatura Rio 2016 e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman; e da ex-jogadora de basquete Janeth, duas vezes medalhista olímpica e também embaixadora Rio 2016. Mas, não é só o Brasil que está em pleno processo de candidatura, não. O Comitê de Madri, cidade concorrente do Rio de Janeiro a sediar os Jogos, realizou uma apresentação para membros do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internaconal (COI) na Casa da Espanha também montada em Beijing. O evento contou com a presença da rainha Sofía; o Secretário de Estado para o Esporte da Espanha, Jaime Lissavetzky; Juan Antonio Samaranch, presidente de honra do COI; e o embaixador espanhol na China, Carlos Blasco. O Rio de Janeiro concorre com Tóquio (Japão), Chicago (Estados Unidos) e Madri (Espanha). A sede dos Jogos de 2016 será anunciada oficialmente em outubro de 2009 pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Piratas invadem site do COB

Foi por poucos minutos, mas lá estavam eles. No site oficial do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) tirando o maior sarro das conquistas do país nos Jogos Olímpicos de Beijing. Hackers invadiram o site do COB e a primeira página foi alterada. O texto, logo abaixo do quadro que mostrava o número de medalhas do Brasil até agora nos Jogos de Beijing e também eram vistas quando o leitor clicasse em alguma das notícias publicadas pelo site no índice dizia: “Brasil ta um lixo nesas olimpiada ae kakak nessa com um S memo eh nois”. O COB chegou a tirar o site do ar, às 4h20m, para resolver o problema, mas não quis se pronunciar sobre o assunto. Ainda hackeada, a página voltou ao ar às 4h27m, mas saiu de novo em seguida. O ato dos piratas virtuais foi assinado por um grupo intitulado "FasT RootDamages". Os patrocinadores do COB, cujas marcas assinam a página, não se pronunciaram até o momento.

Redação Sport Marketing