6 de ago. de 2008

Empire State em clima e cor de Jogos Olímpicos

O Empire State Building (ESB) irá homenagear os países participantes dos Jogos Olímpicos. A homenagem será por meio da iluminação de cada um dos quatro lados da torre, que terão as cores das bandeiras dos países participantes dos Jogos, em cada uma das noites de todo o período dos Jogos. Esta será a primeira vez na história que o ESB irá separar os lados da torre com as luzes representando quatro países diferentes. Durante as 17 noites dos Jogos, a monumental iluminação irá homenagear os 66 principais nações que participam do mega evento, com base no número de atletas participantes de cada país. "O Empire State Building estará homenageando os atletas que treinaram e trabalharam durante toda vida para participarem desta etapa de competições internacionais onde a união, o atletismo e o desportismo são venerados" - disse James Connors, Gerente-Geral do Empire State Building. "Estamos orgulhosos de que o Empire State Building fará parte desta celebração internacional e esperamos que as luzes de nossa torre sejam uma outra fonte de orgulho para os atletas e seus países que estão participando dos jogos de verão". Os eletricistas do ESB estarão trabalhando sem parar para trocarem os 182 holofotes que farão com que a torre de fama mundial do ESB brilhe. As cores do Brasil (verde, amarelo, azul) serão exibidas no dia 12 de agosto (terça-feira), na face sul da torre. No mesmo dia, na face norte será homenageada a Holanda (cores: azul, branco, vermelho), na face oeste a Nova Zelândia e na face leste a Romênia (cores: vermelho, amarelo, azul).

Redação Sport Marketing

Vivo lança promoção olímpica

A Vivo criou um plano de tarifas reduzido para quem vai aos aos Jogos Olímpicos de Beijing. A promoção começa no dia da cerimônia de abertura (08/08). Os clientes da operadora vão pagar US$ 1,29 por minuto a cada ligação que fizerem da China para o Brasil. O preço normal é US$ 3,29 cada minuto. Já as mensagens SMS tiveram preço reduzido para o que é praticado no Brasil: R$ 0,35 para quem não tem o serviço incluído no plano Vivo Escolha – quem tem, não precisa pagar nada. Dos consumidores que navegam pela internet, utiliza portais de entretenimento ou checa e-mails pelos celulares, a Vivo vai cobrar R$ 0,03 por kilobyte.

Redação Sport Marketing

CCTV consuma acordo com SafeNet

A SafeNet, Inc., líder mundial em segurança da informação, anunciou que a CCTV, emissora estatal chinesa detentora dos direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos de Beijing, escolheu a Solução DRM (Digital Rights Management) para proteger os direitos autorais das seqüências de vídeo on-line sob demanda dos Jogos. A CCTV.com foi reconhecida pelo IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) como a única transmissora oficial via móvel ou internet dos Jogos Olímpicos e, portanto, a proprietária exclusiva dos direitos de transmissão de todo o conteúdo de áudio e vídeo on-line e dos canais de distribuição móveis em toda a China Continental e Macau. A CCTV se comprometeu a proteger da pirataria a propriedade intelectual do COI. Eles seguem o padrão de Proteção dos Direitos Autorais de Transmissão na China. “CCTV.com tem o prazer de fazer parceria com a SafeNet desde junho, quando a realização da avaliação de prova da DRM durante a transmissão da Eurocopa 2008. A SafeNet cumpriu com sucesso todos os requisitos de segurança e, portanto, foi escolhida para proteger a transmissão on-line dos Jogos Olímpicos contra qualquer violação dos seus direitos autorais” - disse Wang Wenbin, CEO da CCTV.com. “Os direitos autorais dos Jogos Olímpicos são muito importantes para nós já que eles afetam os interesses econômicos do COI, das operadoras de transmissão autorizadas e do desenvolvimento dos Jogos Olímpicos como marca comercial. Acreditamos com firmeza que a Solução DRM da SafeNet é confiável e que pode proteger de maneira segura a propriedade intelectual da nova transmissão de vídeo e voz". O completo portfólio de soluções de segurança DRM do cliente e do servidor baseadas em padrões permitirá à CCTV.com proteger os exclusivos direitos autorais da seqüência digital dos Jogos Olímpicos ao resguardar o conteúdo de áudio e vídeo da gravação e reprodução através de canais não oficiais de distribuição. Além disso, ao adotar a solução DRM baseada em padrões abertos, a CCTV.com poderá garantir a estabilidade e a segurança das transmissões de vídeo on-line. “Como assessor técnico para a solução CCTV, a Intel indicou a solução DRM, líder na indústria, devido aos mais de 25 anos de experiência na proteção da propriedade intelectual e ao compromisso demonstrado pela empresa no que diz respeito ao desenvolvimento de soluções completas de segurança DRM on-line e móveis preparadas para o futuro"- disse o Gerente Sênior de Padrões de Soluções de Software da área de Tecnologia Corporativa da Intel. "A solução de segurança integral DRM operará de maneira transparente para o usuário final, ao mesmo tempo que protegerá os direitos autorais exclusivos da CCTV sobre a transmissão digital dos Jogos Olímpicos garantindo que o conteúdo não seja copiado ou reproduzido através de portais e canais de distribuição não oficiais".

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

IPC firma parceria com YouTube

O International Paralympic Committee (IPC) - Comitê Paraolímpico Internacional lançou um Canal no YouTube, a principal comunidade de vídeos on-line, que permite que pessoas compartilhem vídeos. Os fãs dos esportes paraolímpicos podem acessar o endereço: www.YouTube.com/ParalympicSportTV para assistir clipes de esportes, perfis de atletas e eventos. Os espectadores do ParalympicSport.TV no YouTube poderão apreciar as características diferentes que YouTube oferece. Durante os Jogos de Beijing diariamente serão publicados vídeos de notícias para manter os internautas atualizados. "Tendo certeza que o YouTube ajudará a aumentar a consciência do que é o Movimento Paraolímpico" - disse Sir Philip Crave, presidente do IPC. Os valores que envolveram a parceria entre o IPC e o YouTube não foram divulgados. O IOC - International Olympic Committee-Comitê Olímpico Internacional (COI) também fechou o mesmo tipo de contrato com o YouTube (ler matéria arquivo Sport Marketing - COI e YouTube fecham parceria), assim como o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) assinou com o Google (ler matéria arquivo Sport Marketing - COB e Google garantem imagem da Vila de Beijing).

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Games olímpicos no mercado

Os fanáticos por games olímpicos já podem comemorar e correr para as lojas. A Synergex trouxe para o Brasil os dois games oficiais da Sega com o tema dos Jogos de Beijing – Mario & Sonic at the Olympic Games, para Wii, e Beijing Olympics 2008, para PS3 e Xbox 360. Beijing Olympics 2008 tem 38 modalidades e apresenta novas funções, como a forma que o atleta dá a largada no início das corridas e também a maneira de acionar os controles em provas como lançamento de dardo e corrida com obstáculos. Em Mario & Sonic at the Olympic Games, os dois ícones dos games competem nas pistas de atletismo em diversas modalidades pela medalha de ouro em 20 diferentes provas.
A Tectoy Mobile lançou os games para celular. Os jogos, disponíveis nas principais operadoras de telefonia móvel, vão custar 10 reais. Em Beijing 2008, informa a Tectoy Mobile, você pode competir em quatro modalidades: atletismo (100 metros), lançamento de martelo, 200 metros nado livre e tênis de mesa. O jogador pode representar 32 países, incluindo o Brasil, e os vencedores sobem ao pódio. Já em Sonic at The Olympic Games, o gamer escolhe entre cinco esportes (1.500 metros no atletismo, 400 metros com obstáculos, salto triplo, lançamento de disco e de dardo) e pode jogar com Sonic, Amy, Knucles ou Tails. A dificuldade da prova aumenta a cada etapa e leva o "ouro" quem vencer eliminatórias, semifinal e final.

Redação Sport Marketing

GE fecha com Comitê Olímpico espanhol

A GE Healthcare, braço da General Eletric na área de saúde, fechou parceria com o departamento médico do Comitê Olímpico da Espanha (COE). A GE Healthcare, responsável pelo faturamento de US$17 bilhões da empresa, fornecerá um sistema de ultra-som compacto (LOGIQ) que será usado antes, durante e depois dos Jogos Olímpicos de Beijing, em todos atletas de elite espanhol. O GE Healthcare LOGIQ proporcionará que o departamento técnico do COE detecte com precisão qualquer dano físico nos atletas, fornecendo diagnósticos precisos e rápidos. A medicina esportiva tornou-se uma disciplina extremamente importante para ajudar os atletas a alcançarem desempenhos significativos. Este desafio exige dos médicos equipamentos de tecnologia avançada, especialmente no campo de processamento de imagens médicas. O GE Healthcares LOGIQ é um sistema de ultra-som portátil que processa diagnósticos em tempo real, permitindo aos clínicos compartilhar informações para consulta e arquivar eletronicamente os resultados. O processador de imagens do ultra-som permite observação dinâmica das estruturas internas do corpo como músculos, fibras, tendões, habilitando aos clínicos um diagnóstico mais rápido e preciso dos locais ou patologias dolorosas. A GE é a provedora exclusiva de uma grande variedade de produtos e serviços inovadores primordiais para na execução uma Jogos Olímpicos. A GE também trabalha junto com os países anfitriões, cidades e Comitês Organizadores provendo soluções de infra-estrutura para jurisdições olímpicas inclusive o energia elétrica, geradores, transporte e segurança, equipamentos da área médica. Além disso, a rede americana de tv, a NBC Universal, braço da GE, é parceira de mídia do COI nos Estados Unidos. A NBC comprou com exclusividade os direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos para os Estados Unidos até Londres 2012 (ler matéria aquivo Sport Marketig - Coluna Olímpica 7: G.E a luz dos Jogos).

Redação Sport Marketing

Nike apresenta uniforme de astro chinês do atletismo

A Nike apresentou à imprensa internacional, em Beijing, o uniforme completo que o medalhista de ouro olímpico em Atenas, no 110 metros com barreiras, Liu Xiang irá usar nos Jogos. O uniforme tem um desenho arrojado e tecnologia de ponta para diminuir o atrito do ar. Outro atleta chinês que em 2006 teve problemas com ações de marketing e publicidade foi Liu Xiang. O livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros - selo COB-Cultural, escrito pelo chefe de missão e diretor voluntário do COB Marcus Vinicius Freire, em parceria com a jornalista Deborah Ribeiro, relata a mudança radical na vida do chinês, depois da conquista do ouro em Atenas. Liu Xiang que, em poucos meses, assinou contratos de patrocínio e publicidade de marcas de carros, motocicletas, roupas esportivas (Nike), telefones celulares, refrigerantes (Coca-Cola), com a VISA e com a empresa chinesa Yili.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

COI impõe linha dura contra os não detentores de direitos de tv

O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) suspendeu o canal australiano None (9) dos Jogos Olímpicos de Beijing. A medida foi tomada devido o fato de uma equipe de reportagem do canal ter infrigido as regras do COI de acesso a informação ao filmar a delegação asutraliana, dentro do centro aquático, em uma área restrita às emissoras que compraram os direitos de transmissão dos Jogos. Como punição, o COI impediu o Canal 9, por uma semana, de filmar nos locais de competições dos Jogos e nem participar de coletivas de imprensa. Na Austrália, o Canal 7, é a emissora que comprou os direitos de transmissão dos Jogos.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008


Oakley lança site

A marca Oakley, famosa pelos modelos arrojados de óculos para as mais diversas modalidades esportivas, lançou um novo site. O endereço na marca na web traz diários online de seis atletas britânicos de esportes radicais, que também são as estrelas da campanha de marketing da marca. Segundo o Brand Republic, os esportistas vão atualizar a página ao longo do ano. O portal Oakley.com.uk terá como ferramentas blogs dos atletas, notícias sobre eventos e diários de viagens escritos pelo motociclista Kye Forte, pelo wakeboarder Ben Hitch, pelo surfista Oli Scott Adams e pelos snowboarders McMorris, Tyler Chorlton e Vicci Miller, além de vídeos de campanhas da Oakley filmadas na África do Sul e na Áustria e uma vitrine com os produtos da marca. "É uma fascinante visão sobre o mundo muitas vezes desconhecido e inacessível do profissional de surf, wakeboard, snowboard e motoclicismo, e uma grande vitrine para os nossos atletas e para os produtos da Oakley" - disse Tom Cartmale, gerente de marketing da Oakley no Reino Unido. A ação de marketing contará com apoio de uma campanha de publicidade on-line no MySpace e YouTube, entre outros sites. (ler matéria arquivo Sport Marketing - Oakley lança documentário).

Redação Sport Marketing

Pavilhão Johnson & Johnson encanta visitantes de Beijing

A Johnson & Johnson inaugurou um pavilhão no parque olímpico. O pavilhão Caring World mostra o compromisso da companhia em criar uma sociedade mais saudável em todo o mundo. Além disso, a Johnson & Johnson oferece aos visitantes dos Jogos Olímpicos a chance de experimentar uma rara e autêntica exposição de autênticos guerreiros de terracota de Qin Shi Hung. No espaço olímpico da Johnson & Johnson Caring World o visitante olímpico também poderá acompanhar uma série de oito exibições de alta tecnologia, interativas que demonstram como a empresa celebra o espírito de criar um mundo mais saudável. "Nossa exibição também apresenta cinco Guerreiros de Qin Shi Huang autênticos salientando a colaboração importante entre Johnson & Johnson ao museu do Exército de Qin Shi Huang. Quando vários fungos começaram a afetar as estátuas de terracota no final dos anos 1990, a Johnson & Johnson foi a empresa responsável por desenvolver produtos farmacêuticos para controlar a praga. Tralhamos junto com cientistas do Museu e conseguimos um antídoto capaz de preservar as relíquias" - disse William C. Weldon, presidente da Johnson & Johnson. O pavilhão olímpico da Johnson & Johnson é um espaço de 7.620 metros quadrados, em vidro, ambientalmente-responsável. As sistema de refregeração do pavilhão é ecologicamente correto e inclui mais de 4.000 bambus plantados em torno da estrutura e do telhado. O bambu ajuda a esfriar o local. Esta é a primeira edição olímpica que Johnson & Johnson participa do Movimento Olímpico como patrocinadora TOP mundial do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI). A empresa também pe parceria oficial dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Beijing e patrocinadora da delegação olímpica e paraolímpica dos Estados Unidos (ler matéria arquivo Sport Marketing - Johnson & Johnson lança campanha “Momentos que valem ouro”).

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

UPS francesa sofre manifesto

Manifestantes pró-Tibete invadiram uma loja da transportadora UPS em Paris, para denunciar os 'patrocinadores dos Jogos Olímpicos da vergonha' e exigir a 'liberdade para o Tibet'. Os integrantes do grupo 'Reação-Cidadã', exibiram dentro da loja uma faixa com a inscrição 'Liberdade para o Tibet' e afixaram uma bandeira tibetana na entrada do estabelecimento. Um homem vestido de negro com uma foice jogou no chão um outro militante que representava a 'imprensa de luto'. Os militantes, retirados pelos seguranças, em seguida deram continuidade ao ato do lado de fora da loja gritando 'a UPS patrocina os Jogos Olímpicos da Vergonha' e 'liberdade para o Tibet'.

Redação Sport Marketing

Kaká endossa WinTrade

A WinTrade resolveu investir em marketing esportivo e começou em alto estilo contratando um astro da seleção brasileira de futebol. Kaká fechou novo contrato de patrocínio com a WinTrade, empresa da Alpes Corretora. O jogador, que recentemente tornou-se garoto propaganda da Sony (ler matéria arquivo Sport Marketing - Kaka fecha com Sony) será o garoto-propaganda da empresa que tem como meta difundir entre os brasileiros as facilidades de investir na bolsa de valores e popularizar o mercado de ações. Os detalhes do contrato não divulgados. A campanha da Alpes Corretora, que terá duração de três meses, conta com o lançamento de um vídeo no qual o jogador, como protagonista, contará o receio inicial de investir nesse mercado e como, após consultar os profissionais da WinTrade, passou a compreender o setor. O spot comercial e a campanha serão divulgados nas mais variadas mídias.

Redação Sport Marketing

Omega inaugura pavilhão em Beijing

Patrocinadora dos Jogos Olímpicos desde 1932, na categoria
cronometragem e contagem de tempo, a Omega, tem um papel primordial no desenvolvimento tecnológico do Movimento Olímpico e do esporte. Em Beijing, a empresa suíça, do grupo Swatch, contará com 450 cronometristas profissionais e mil voluntários. A marca de relógios que completa 23 participações no mega evento, levou para Beijing mais de 420 toneladas de equipamentos e 175 metros de cabos e fios que assegurarão a contagem de tempo, marcas e distribuição dos resultados dos atletas."Todos nós sabemos a importância que é para um atleta ganhar uma medalha para o país. E para ganhar uma medalha na maioria das modalidades, implica em ser mais rápido que os adversários. Então, penso que a responsável pela cronometragem dos Jogos é também responsável pela diferença entre uma medalha de ouro, prata, bronze ou nenhuma medalha. É um papel muito, muito importante" - disse o presidente da Omega Stephen Urquhart. Em Beijing, seguindo a tradição, a Omega instalou um relógio de contagem regressiva para o início dos Jogos e lançou modelos novos olímpicos. A marca também inaugurou um pavilhão com a presença do presidente do IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge que ressaltou os 76 anos de parceria da marca como o Movimento Olímpico. "Nossa sociedade começou em 1932 com os Jogos Olímpicos em Los Angeles. O COI, desde então, conta com a competência inquestionável da Omega, como cronometrista oficial" - disse o belga. Também estiverem presente na inauguração, dois nadadores medalha de
ouro, australiano o Alexander Popov e Ian Thorpe. O pavilhão da Omega tem dois pavimentos e está aberto diariamente ao público das 10 da manhã às 8 da noite. O espaço inclui uma sala de exposições de relógios da marca, loja e uma área para eventos especiais. O pavilhão da Omega é próximo ao Estádio Nacional e do Centro Aquático, as duas instalações olímpicas, onde a OMEGA desempenhará um papel crucial. Toda a importância da participação da Omega no desenvolvimento tecnológico da cronometragem dos Jogos Olímpicos é destacada nas páginas do livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros, selo COB Cultural.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Visa instala quiosques em Beijing

Patrocinadora oficial mundial do programa de marketing do IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI) desde 1986, com contrato renovado até 2012, a Visa espalhou em Beijing vários quiosques informativos. Os 55 quiosques Visa seguem a tradição chinesa e foram projetados com design inspirado na porcelana azul e branca chinesa. Os quiosques fornecem serviços informativos multilingue aos clientes dos cartões e visitantes internacionais que viajarem para os Jogos Olímpicos Beijing 2008. Existem quiosques no aeroporto de Beijing, nas sedes olímpicas e nas áreas turísticas e comerciais. Os quiosques
também são encontrados em dezenas de postos ATM’s Visa Jogos Olímpicos, tornando mais fácil o reconhecimento. Estes quiosques vão disponibilizar informação sobre os eventos, locais, atrações turísticas e transportes públicos, serviços de emergência médica e procedimentos em caso de perda do cartão Visa. “Esta pode ser a primeira visita à China para a maior parte dos visitantes que chegam para os Jogos Olímpicos e percebemos que com a quantidade de eventos que acontecem durante os 17 dias de Jogos Olímpicos, o público necessitará de obter informação rapidamente e numa língua que eles conheçam” - disse o vice-presidente executivo da Visa na República da China e Filipinas, Richard Chang.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Confusão na Vila Olímpica de Beijing

Além da estréia do Brasil nos Jogos Olímpicos de Beijing, com os toques da seleção brasileira feminina de futebol, o dia foi marcado por confusão na Vila Olímpica. A bicampeã olímpica de natação, a norte-americana Amanda Beard, patrocinada pela Speedo e garota propaganda da Red Bull e marcas de biquinis como Sixdegrees, realizou um protesto a favor da proteção aos animais. Amanda, que já pousou nua para a Playboy, usou um cartaz com uma foto em que aparece usando apenas óculos de natação pendurado no pescoço diante da bandeira americana e que traz os dizeres: “Sinta-se confortável na sua própria pele. Não use pele de animais”. Apesar do protesto não ter diretamente cunho político, a manifestação da atleta contra o uso de pele de animais, contraria uma das regras destes Jogos Olimpícos, uma vez que que há apenas três lugares em Beijing onde os protestos são permitidos desde que solicitados com cinco dias de antecedência. Falando em roupa, o Brasil estreiou nos Jogos com o distintivo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e não o do COB estampado na camisa, encerrando o impasse entre a entidade, o IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI) e Comitê Olímpico Brasileiro (COB). De acordo com a carta olímpica, nenhuma das seleções pode utilizar os símbolos de federações. A são admitidos apenas os escudos dos CONs - Comitês Olímpicos Nacionais ou as bandeiras de países. A Nike, fornecedora de material esportivo das seleções de futebol, não possuía uniformes que cumprissem a exigência. O COB, que tem contrato com a Olympikus, afirmou que não tinha interesse em estampar o logo nas camisas de uma empresa concorrente. Chegou a ser cogitado que a bandeira do Brasil substituísse o escudo da CBF caso o COI exigisse que a regra fosse cumprida.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008