31 de jul. de 2008

Figurinhas da velocidade

A Copa Nextel Stock Car lançará no mercado um álbum de figurinhas da categoria. Quem for ao Autódromo de Interlagos no dia 02 receberá 20 mil livros e mais 130 mil cromos. O álbum foi desenvolvido em parceria com a Globomarcas, empresa responsável pelos produtos licenciados da Stock em parceria com a Editora Panini. O álbum terá 188 cromos autocolantes que mostrarão os melhores momentos da temporadas de 2007 e 2008, destacando pilotos, equipes e produto, que será vendido em todo o país pelo preço de R$ 3. Os envelopes com quatro figurinhas saem por R$ 0,60.

Redação Sport Marketing

Marta figura no ranking da Time

A revista americana Time fez um ranking dos 100 atletas que merecem atenção dos espectadores nos Jogos de Beijing. A jogadora de futebol Marta é a única brasileira na lista e apontada pela publicação como Pelé de saias. Marta, 22 anos, está na vigésima terceira posição dos melhores do mundo. Eleita melhor jogadora de futebol do mundo pela FIFA duas vezes consecutivas, em 2006 e 2007, a atacante da seleção olímpica brasileira, foi a única atleta sul-americana listada. O número um da lista é o jogador de basquete Lebron James. A lista conta com algumas das principais estrelas olímpicas, mas se volta preferencialmente ao público caseiro - mais da metade dos atletas citados são americano. Há tanto estrelas como os jogadores de basquete Kobe Bryant e o nadador Michael Phelps, como atletas menos conhecidos do público, como os irmãos esgrimistas Keeth e Erinn Smart.

Redação Sport Marketing

Patrocínios com valor recorde na Alemanha

Os 18 clubes que este ano vão jogar a Bundesliga, principal divisão do futebol alemão, vão receber no total 114 milhões de euros pelos patrocínios nos uniformes das equipes, valor que representa um recorde no torneio. De acordo com as estimativas levantadas por uma agência de informação esportiva germânica, o Bayern, campeão nacional, é o clube que vai lucrar mais, recebendo cerca de 20 milhões de euros pelo patrocinio da Deutsche Telekom na camisa. Na temporada passada, os clubes receberam 100 milhões de euros, na altura, números que também foram recorde.

Redação Sport Marketing

Nike cede espaço olímpico para maiôs Speedo

A Nike emitiu nota oficial na qual autoriza os nadadores patrocinados pela marca a utilizar o maiô LZR Racer, da concorrente Speedo, nos Jogos Olímpicos de Beijing. Lançado no começo deste ano, o revolucionário LZR Racer ajudou na quebra de mais de 40 recordes mundiais na natação.
Dean Stoyer, porta-voz da empresa americana de material esportivo, disse que a companhia percebeu que não poderia privar os nadadores que patrocina dessa "vantagem". "Queremos que eles coloquem o desempenho e o foco em primeiro lugar. Eles treinaram muito e esse é o maior momento da vida deles" - afirmou.

Redação Sport Marketing

Venda de ingressos de Beijing pode bater recorde histórico

O BOCOG - Beijing Organizing Committee Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Beijing vendeu, desde o início oficial das vendas de ingressos, em 15 de abril de 2007, cerca de sete milhões de bilhetes. Mais da metade foi para o público chinês. Os preços de 58% dos bilhetes são inferiores a 100 iuanes e a população chinesa é muito grande, por isso, o Comitê previu que a oferta não iria satisfazer a demanda dos bilhetes. Rong Jun responsável do BOCOG para a bilheteria, afirmou que é preciso oferecer uma atmosfera justa aos consumidores.
"Quem mora no país pode acessar o site oficial dos Jogos Olímpicos ou entregar as inscrições nas mil agências do Banco da China indicados pelo BOCOG. A população no exterior pode consultar os comitês olímpicos dos países e regiões sobre a compra do bilhete." Entre outubro e dezembro de 2007, a venda dos bilhetes dos Jogos Olímpicos entrou na segunda fase. Uma hora após a abertura das vendas desta fase, o maior web site para venda de ingressos na história olímpica "travou", porque o volume de visitantes estava muito acima da capacidade do sistema. O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacque Rogge, disse com humor, que a emoção dos chineses pelos Jogos Olímpicos estava muitíssimo forte. A última fase da venda dos bilhetes começou no dia 25 de julho deste ano. Nesta fase, as pessoas poderam comprar os bilhetes diretamente nos lugares de venda. Desde a manhã do dia 25, o ponto de venda dos bilhetes do Centro Esportivo Olímpico estimava que havia cerca de 10 mil pessoas na comprando os bilhetes, e alguns deles tinham chegado à fila dois dias antes. Os bilhetes dos Jogos Olímpicos também estão bem populares no exterior. Segundo o diretor de bilheteria do BOCOG Zhu Yan, dentre os 205 comitês membros do Comitê Olímpico Internacional, 185 compraram bilhetes do BOCOG e, entre eles, dezenas de comitês comparam pela primeira vez os bilhetes dos Jogos Olímpicos.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Traffic compra Everton do Paraná

Os últimos 15% dos direitos econômicos do meia Everton que pertenciam ao Paraná foram vendidos para a Traffic, empresa de marketing esportivo que faz parcerias com outras equipes do futebol brasileiro. Com a negociação, o clube deixa de ter o jogador como patrimônio. No entanto, a diretoria paranista garante que vai mantê-lo na Vila Capanema até o final do ano, por empréstimo. A negociação teria rendido em torno de R$ 1,5 milhão aos cofres do clube paranaense. Everton pertence agora ao Desportivo Brasil, clube utilizado pela Traffic para vincular os jogadores. Todos pertencem à empresa, mas atuam pelo Palmeiras — outro clube pode ser também o próximo destino do meia. A situação de empréstimo de Everton para o Paraná Clube deve ser oficializada pelo Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Caso a situação do jogador não seja regularizada, o Paraná Clube pode perder seis pontos a cada partida que utilizar o atleta irregular. O valor envolvido na negociação de Éverton já tem destino. Uma parte envolve o pagamento de R$ 1 milhão ao jogador Hadson, que atuou por 15 minutos pelo Tricolor, foi dispensado e, em seguida acionou o clube na justiça. Hadson chegou a pedir R$ 3 milhões de indenização, mas fez um acordo e aceitou um terço do valor inicial. Os outros R$ 500 mil vão para o PSTC, para finalizar o acerto feito entre o Paraná e o time do interior, que envolveu a venda do atacante Ilan.

Redação Sport Marketing

Bandeira do Brasil em Beijing

Uma marca registrada da gestão do Chefe de Missão do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Marcus Vinicius Freire, é demarcar o território da delegação brasileira na Vila Olímpica. Ao longo da história do gestor na direção do departamento técnico do COB, a bandeira brasileira tem sido presença marcante nos prédios ocupados pelos nossos atletas na Vila. A bandeira vem aumentando de tamanho na mesma proporção que o número de atletas que vão aos Jogos. O símbolo máximo do país no prédio da Vila Olímpica de Beijing é o maior nestes 10 anos em que o medalhista de prata olímpico lidera o departamento do COB como voluntário.

Foto: Claudia Liechavicius
Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Nike rompe com jogador por manchar reputação

O patrocinador de material esportivo do volante do Newcastle que ficou 74 dias preso por agressão, Joey Barton, rompeu contrato com o jogador. A imprensa inglesa noticiou que Barton, que já está solto após cumprir apenas parte da pena de seis meses de reclusão, vai deixar de ganhar 80 mil libras (RS 248 mil) pelos dois anos que ainda tinha de contrato. "Joey Barton é um jogador talentoso, mas não podemos aceitar o que ele fez e seu contrato foi rescindido. Temos cláusulas em nossos contratos que prevêem atos dos atletas que venham a manchar a reputação" - diz Leo Sandino-Taylor, porta-voz da Nike, que não rescindiu contrato com o jogador Ronaldo Fenômeno após o envolvimento dele em escândalos com travestis no Rio de Janeiro. Bartos, porém é conhecido como garoto problema, além de agredir um homem na saída de um bar na cidade de Liverpool, o jogador de 25 anos, já agrediu colegas de clube e abaixou as calças em pleno campo para insultar a torcida rival.

Redação Sport Marketing