30 de jul de 2008

AOC pega carona nos Jogos Olímpicos

A AOC Brasil, marca do grupo TPV, maior fabricante mundial de monitores para computador e quinto maior produtor global de TVs LCD, é a marca oficial de monitores e televisores da Casa de Beijing. O espaço montado pela Prefeitura de São Paulo no Memorial da América Latina, funcionará entre os dias 8 e 24 de agosto, nos finais de semana. Os televisores de cristal líquido da AOC transmitirão as principais competições para os paulistanos que querem acompanhar os Jogos Olímpicos de 2008, que serão realizados na capital chinesa, gratuitamente. O público também poderá assistir a palestras, apresentações folclóricas, participar de clínicas esportivas e entrar em contato com a cultura chinesa através das salas de artes, culinária, teatro e música. O evento disponibiliza uma programação recheada de atividades esportivas, apresentações de artistas, cursos, sessões de massagem e acupuntura. “É uma grande satisfação poder contribuir para um evento como a Casa de Beijing, que transmite conhecimento sobre a cultura chinesa e tantas atividades importantes e gratuitas para toda a população. Com ela, podemos participar das Olimpíadas sem precisar sair de São Paulo” - disse Christian Haak, Gerente de Marketing da AOC.

Redação Sport Marketing

Parede de leds rouba cena em Beijing

Não são apenas as instalações olímpicas que chamam atenção em Beijing.
Os Jogos Olímpicos também mudaram a imagem da cidade anfitrã do mega evento. Uma das novidades é uma parede gigante de leds, localizada em Beijing, que funciona 100% a partir da energia solar, e é controlada por computadores. Ela possui 20.000 displays de LED e é a maior do gênero.


Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Pirataria de produtos oficiais livre e solta em Beijing

Enquanto a imprensa internacional sofre com a censura do governo chinês, a pirataria segue solta em Beijing. Vários produtos olímpicos oficiais foram falsificados e estão sendo comercializados nas lojas locais. No shopping da pirataria Yatai Xinyang Fashion Gift Market, um labirinto subterrâneo de lojas subterrâneas, no distrito de Xangai Pudong, não faltam produtos com os logos olímpicos ao lado de marcas famosas como Prada, Callaway, Apple. Camisetas, bonés, pins, macotes e até relógios da marca Omega, patrocinadora oficial mundial dos Jogos, com o logotipo olímpico dos cinco anéis coloridos, acima da inscrição "Swiss Made" e comercializado por US$45. De acordo com relatórios do governo, nos últimos anos, Beijing copiou centenas de milhares de artigos e brinquedos olímpicos. Várias pessoas foram presas e tiveram que pagar multas, que somaram o total de mais de US$1 milhão. Na tentativa de conter a pirataria, o governo chinês instalou uma hotline, oferecendo recompensas de até US$14,700 para as pessoas denuncirem falsificadores e vendedores de mercadorias olímpicas falsificadas. A agressividade do governo é mais que só um desejo de limpar a imagem da China diante do mundo. Existe muito dinheiro em jogo na venda de produtos olímpicos licenciados. Como o anfitriã dos Jogos, Beijing recebe 10% das vendas dos produtos licenciados que espera-se ultrapasse os US$61.5 milhões gerados nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004. Porém, as ações do governo não têm sido eficazes e os comerciantes continuam brincando de jogo de gato e rato.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

Puma lança coleção inspirada na Red Bull Racing

A Puma irá lançar uma nova coleção inspirada na Red Bull Racing. O braço de marketing esportivo voltado para o automobilismo da Red Bull, responsável pelo patrocíno de categorias como Stock Car, Toro Rosso, F1 são inspiração da Puma para o evento que marca o lançamento da coleção em Hotel de São Paulo e contará com a presença de pilotos da Stock, Hoover Orsi, Daniel Serra e Cacá Bueno, além do DJ Raul Boesel, ex-piloto da Fórmula 1, F-Indy e Stock Car. A coleção é inspirada nos anos 60 e através desta viagem no tempo, a marca reedita o estilo de vida de duas subculturas britânicas rivais que dominavam as ruas naquela época: os Mods (que vestiam ternos elegantes, limpos, calças estreitas e sapatos de bico) e os Rockers (vestiam jeans justo e jaquetas de couro decoradas com tachas polidas e distintivos). Como os Mods, a Red Bull Racing (RBR) é a mais estabelecida das duas equipes Red Bull – experiente e disciplinada. Como reflexo, a coleção mantém um visual muito limpo e formal, com peças que apresentam um caimento perfeito e riqueza de detalhes como a aplicação de emblemas e broches para personalizar o visual e expressar a individualidade. A Scuderia Toro Rosso (STR) é a irmã mais nova entre as equipes e, de forma semelhante, a coleção traz inspiração dos Rockers, que tinham um estilo de motoqueiro que nasceu da necessidade e praticidade. As peças de vestuário STR foram inspiradas nesta era e o resultado é uma linha de produtos rústicos e rebeldes, utilizando tratamentos de lavagem das peças, tecidos texturizados, bordas cruas e rasgos.

Redação Sport Marketing

Jogos Olímpicos Gays chegam ao fim

Além de se tornar a primeira cidade do sul da Europa a sediar os jogos olímpicos gays, o Eurogames 2008, Barcelona foi também a capital da união entre povos e dos recordes: foram 5.300 participantes de 34 países e 35 mil turistas. "O que mais importava era o discurso pedagógico e as reivindicações" - afirmou Joan Miró, presidente do comitê organizador do evento. Entre os 34 países presentes nos jogos, que se realizaram durante 4 dias, a equipe alemã foi a mais vitoriosa. As modalidades com mais atletas na competição foram vôlei, tênis, natação, futebol, basquete e dança de salão. Segundo a organização, foi a atuação da nadadora britânica Elisabeth Berlinger que bateu o recorde europeu oficial nos 50 metros borboleta, com uma marca de 27 segundos e 84 centésimos. Tanto na cerimônia de abertura, quanto na de encerramento aconteceram palestras sobre direitos humanos. "Depois de muito tempo, deixamos a mensagem do evento para os moradores de Barcelona" - contou alegre Miguel Torres, um dos organizadores.

Redação Sport Marketing

Censura vai continuar e ponto final

O porta-voz do BOCOG - Beijing Organizing Committe Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos de Beijing, Sun Weide, confirmou que a censura na China a sites continuará, inclusive durante os Jogos, mesmo após as promessas de liberação do acesso à rede feitas ao Comitê Olímpico Internacional (COI). Os jornalistas internacionais na China lamentam não ter acesso uma série de sites e blogs que possam ser considerados 'perigosos' politicamente ao regime cominista chinês. Entre os bloqueados estão portais de alguns grupos tibetanos e cristãos, como por exemplo, o do Pontifício Instituto das Missões Estrangeiras. Weide declarou que somente os portais relacionados à seita religiosa Falun Gong continuarão sob censura, pois a organização é proibida na China. O IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI) prometeu investigar as denúncias de censura feitas pelos jornalistas nos últimos dias, porém, ao que tudo indica, o COI e a imprensa mundial terão que engolir a censura.

Redação Sport Marketing - Beijing 2008

LOCOG fecha patrocínio local

O LOCOG - London Organising Committee of the Olympic Games and Paralympic Games - Comitê de Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de de Londres anunciou que a Nortel foi escolhida como parceira de infra-estrutura dos Jogos de 2012. Os valores do contrato não foram revelados, mas sabe-se que a empresa canadense de equipamentos de telecomunicações irá fazer parte do grupo de principais patrocinadores domésticos dos Jogos. Como parceira oficial de infra-estrutura, a Nortel fornecerá à empresa britânica British Telecom (BT), que é patrocinadora de serviços de comunicações do LOCOG, com a qual tem uma relação de anos, todos os equipamentos para as redes de internet, centros telefônicos e infra-estrutura de telefonia fixa. "Após os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, em Vancouver, nossa equipe terá a experiência para fornecer apoio e experiência necessários para ajudar a organização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012, em Londres" - disse Mike Zafirovski, presidente e chefe-executivo da Nortel. A empresa também se comprometeu a reduzir o impacto ambiental para o evento, como já fizeram EDF Energy, British Telecom e British Petroleum. " Os Jogos de Londres entrarão para a história como os Jogos para um mundo conectado - conectando pessoas em modos revolucionários e enriquecendo o Movimento Olímpico e Paraolímpico experimenta. Será uma evolução e proverá um ambiente on-line onde os atletas e espectadores poderão compartilhar a experiência olímpica instantaneamente" - disse Mike. "Estou emocionado em ter outro companheiro de classe internacional entre as empresas que estarão conosco nos Jogos de 2012. A Nortel será uma grande companheira e, como irá trazer o melhor em produtos além de sustentar nossos compromissos de sustentabilidade e nosso programa de educação. Nós estamos contando com Nortel e com a grande experiência da emprea junto ao Movimento Olímpico para assegurar a entrega bem sucedida dos requisitos dos Jogos. Comercialmente, nós estamos rumando em grande estilo. Neste ritmo é certo que daqui a quatro anos teremos criado mais da metade de nossos objetivos de patrocínio doméstico" - disse Sebastian Coe, do LOCOG. "A Nortel fornece equipamentos de rede para a BT há muitos anos, nos habilitando a entregar serviços de comunicações grandes corporações e clientes no Reino Unido. Nós damos boas-vindas a Nortel" - disse Patrick O 'Connell, presidente da BT Global. A Nortel também receberá direitos de marketing e direitos de uso exclusivo dos logos dos Jogos de Londres 2012 dentro do setor que atua. A Nortel fará parte do time de tecnologia do LOCOG, que também inclui Atos Origin, BT e Samsung. Além da EDF, BT e BP, a Nortel se torna a quarta patrocinadora local e trabalhará
junto com as demais empresas para reduzir o choques ambientais, garantindo Jogos Verdes. A empresa também é patrocinadora dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno, em Vancouver 2010.

Redação Sport Marketing

Seguro da Generali vai cobrir riscos da Rio Sport Show

Para apoiar a realização da Rio Sport Show, a Generali Seguros vai oferecer seguro de responsabilidade civil de feiras e exposições à 10ª edição do evento do Rio, que ocorre na Marina da Glória, no Aterro do Flamengo, de 24 a 26 julho, e destina-se a proprietários de academia, administradores de clubes, gerentes de hotéis, spas, entre outros. A expectativa dos organizadores é que, nos três dias de evento, circulem mais 6 mil pessoas entre os mais de 40 estandes que serão armados na Marina, apresentando ao público lançamentos de produtos e serviços, além dos avanços tecnológicos voltados para um setor que reúne equipamentos de musculação e fisioterapia, acessórios, softwares, serviços, suplementos alimentares e confecções esportivas.

Redação Sport Marketing

Iraque volta à família olímpica

O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) fechou acordo com o governo do Iraque e o suspendeu a proibição de participar nos Jogos Olímpicos de Beijing. Por causa dos prazos de inscrição, apenas dois esportistas iraquianos terão condições de competir. "Durante uma reunião frutífera em Lausanne, o COI e o governo iraquiano chegaram a um acordo sobre uma série de etapas que farão com que haja um Comitê Nacional Olímpico independente no Iraque" - acrescenta o comunicado divulgado na página do COI na Internet. A proibição foi adotada devido à "ingerência" do governo do Iraque nas federações esportivas nacionais. A princípio, previa-se que sete atletas iraquianos competiriam em Beijing, mas provas de remo, tiro com arco, judô, levantamento de peso e atletismo, mas acabaram restando apenas dois: o lançador de disco Haidar Nasir e a velocista Dana Hussein.

Redação Sport Marketing