24 de jun de 2008

Ministro mostra acordo de cooperação para 2014

O ministro do Esporte, Orlando Silva, apresentará aos representantes das cidades candidatas a sediar a disputa para a Copa do Mundo de 2014, o termo de cooperação técnica do governo federal com a Associação Brasileira de Infra-Estrutura e Indústria de Base (Abdib) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O acordo, firmado em maio, prevê o mapeamento dos investimentos em infra-estrutura necessários para a realização do Mundial no Brasil. A previsão é de que em seis meses será possível conhecer as demandas de infra-estrutura para o país sediar os jogos e iniciar as obras em 2009.

Redação Sport Marketing

Mercado: Visa e Cinemark fecham parceria

Os clientes do Cinemark que compram ingressos com cartões Visa agora só precisam usar o plástico para entrar na sala de cinema. O sistema, batizado Visa Passfirst, começou a funcionar nas salas Cinemark do Shopping Iguatemi, em São Paulo, e vale para quem comprar ingressos pela internet, que dão direito a lugar marcado. O consumidor não precisa mais receber um ticket impresso ou imprimi-lo em casa para entrar na sala. Ao chegar na entrada, o cliente apresenta o cartão ao atendente, que usa um leitor wireless Motorola NC50. O aparelho é o mesmo que faz a leitura dos cógigos de barra enviados por SMS ao celular do cliente, a primeira experiência com o uso dos leitores móveis. O atendente passa o cartão de crédito ou débito no leitor, e este envia o número do plástico criptografado para o sistema de venda de ingressos, interligado ao serviço de transações eletrônicas VisaNet. “O sistema lê o número da operação – que pode ser de vários ingressos para a mesma sessão – e imprime um ticket com o nome do cliente e dá as boas-vindas”, diz Cristiano Hyppolito, gerente de TI da rede Cinemark. O cronograma de expansão do serviço prevê que o sistema chegará a todos os 385 salas dos 48 complexos Cinemark até 2009.

Redação Sport Marketing

Londres lança nova "raspadinha" olímpica

Seis campeões olímpicos ingleses terão a imagem estampada nos novos cartões de loteria estilo "raspadinha" que irão angariar fundos para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Sebastian Coe (atletismo - 1500m), Steve Redgrave (remo), Kelly Holmes (atletismo), Jonathan Edwards (salto triplo), Sally Gunnell (atletismo) e Duncan Goodhew (natação) serão os rostos do novo cartão lançado em Camelot, depois de uma votação pública que nomeou os atletas olímpicos favoritos da nação inglesa. Os seis somam 12 medalhas de ouro olímpicas e cada atleta aparecerá em cartões diferentes, que mostrarão as estrelas dos esportes em ação, competindo, comemorando ou recebendo uma medalha. O lançamento da nova loteria aconteceu em meio a uma controvérsia. Camelot afirma que Linford Christie, campeão olímpico dos 100m, nos Jogos de Barcelona 1992, não estava na lista de atletas mostrada as pessoas que particiaram da votação organizada pela companhia Ipso Mori. Camelot insiste que o seis atletas receberam votos espontâneos, mas especula-se que o nome do atleta estava na lista, mas foi retirado, depois que a British Olympic Association - Associação Olímpica Britânica, impôs a proibição do nome de Christie devido o envolvimento do atleta em escândalos relativos a doping positivo. A nova raspadinha inglesa tem como objetivo levantar aproximadamente £750 milhões para os Jogos de Londres antes de 2012. A loteria já arrecadou £300 milhões. "Tem sido uma realização maravilhosa até agora - nós criamos mais dinheiro, mais depressa do que esperávamos " - disse Tessa Jowell, ministra dos Jogos Olímpicos de Londres. Kelly Holmes, duas vezes campeã olímpica nos 800m e 1500 nos Jogos de Atenas, quatro anos trás, disse que estava emocionada em ter sido escolhida pela população entre seis atletas olímpicos mais queridos de Londres. "Eu estou honrada com isto, graças ao apoio fantástico que continuo a receber do público britânico, eu fui convidada aparecer no cartão." A nova série de cartões apresentando os seis campeões olímpicos mais populares da Inglaterra estarão à venda em julho. Cada cartão custa £2 e oferece prêmios em dinheiro de 2 até £60.000.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres

Copa do Mundo da África gera US$3.2 bilhões

Danny Jordaan, o homem responsável pela bem sucedida campanha da África do Sul para sediar a Copa do Mundo, afirma que a Copa de 2010 será a mais comercialmente bem sucedida da história do futebol e diz que está cansado de ser perguntado se a nação terá tudo pronto na hora certa. "Nós já estamos vendendo ingressos e as pessoas ainda perguntam: 'Vocês estarão prontos?'" Jordaan ajudou a África do Sul se tornar anfitriã da Copa, depois de que foi estreitamente batida pela Alemanha na votação para a Copa do Mundo de 2006. "Eu penso que há uma concepção errada no mundo que existia um Plano denominado B. Isso não é real. Nem a FIFA e nem os patrocinadores comerciais ameaçaram tirar a Copa do Mundo da África. Tanto é que os patrocinadores estão pagando mais na África do que pagaram para associarem as marcas à Copa na Alemanha. Se a Copa do Mundo alemã gerou US$2.8 bilhões, o programa comercial da Copa do Mundo africana está gerando algo em torno de US$3.2 bilhões" - disse Jordaan, executivo oficial do Comitê Organizador Sul-Africano para a Copa de 2010. Daqui a um ano, o país sediará a Copa das Confederações e seis nações terão a chance de testar alguns estádios, transportes, instalações de hotéis, logística. Cinco das instalações da Copa do Mundo serão usadas e só um novo estádio, em Port Elizabeth, ainda está em construção, o qual, segundo Jordaan garante que estará finalizado em março de 2009, três meses antes da Copa de Confederações. "Pela primeira vez na história da Copa do Mundo o público terá DBVH, transmissão de imagem de vídeo digital, o que significa que você verá uma Copa do Mundo até do telefone celular. Depois da Copa, as pessoas verão a África não como um continente de aflições, mas um continente como um destino para turismo, um país para investimentos. Estou confiante que a Copa do Mundo mudará muitas concepções erradas que pessoas têm sobre a África" - desbafou Jordaan que esteve no Brasil como um dos palestrantes do Footecom 2008.

Redação Sport Marketing

Nike abre loja a 1 km de Wimbledon

Nos últimos anos, a Nike tem criado equipamentos e roupas para os principais jogadores de tênis do mundo usarem nos eventos do Grand Slam. Este ano, em Wimbledon, Maria Sharapova, Roger Federer, Rafael Nadal e Serena Williams levarão para as quadras a marca Nike, em confecções exclusivas, feitas sob medida para suprir as necessidades de cada atleta. Pela primeira vez, estes equipamentos exclusivos estarão também disponíveis para os fãs do esporte e bem perto dali. A fim de aumentar a fedelização da marca e identificação com o evento, a Nike abriu uma loja a apenas 1 km das quadras de Wimbledon, na qual a fabricante americana de materiais esportivos, colocará à venda toda a linha de roupas e equipamentos criados para esta temporada. A herança e tradição britânicas são profundamente embutidas na cultura e raízes do país e para honrar isto, a coleção Nike que Maria Sharapova usará em Wimbledon terá a elegância e o charme tradicionais, inspirados na histórica alta costura de Londres. O traje, todo branco, combina short e um top sem mangas. O modelito de linhas retas e pregas sutis no busto foi costurado em ouro. “Resolvi mudar neste ano: vou com o tradicional short, acredite ou não” - disse ela a um jornal britânico. Para complementar o traje, Maria também estará usando brincos da marca Tiffany Swing Triple, feitos de diamantes em formato de gotas no valor de aproximadamente US$5,000. Maria Sharapova não irá conduzir a bandeira da Rússia na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos para poder descansar. Atual campeã do Aberto da Austrália, Sharapova não irá se alojar na Vila Olímpica durante a disputa do torneio de tênis na China, assim como sua compatriota Elena Dementieva, prata nos Jogos de Sydney-2000. A Rússia irá inscrever quatro atletas no torneio feminino de tênis. Além de Sharapova e Dementieva (quinta do mundo), Svetlana Kuznetsova (quarta) e Dinara Safina (nona) também irão representar o país.

Redação Sport Marketing

Comitê Olímpico Espanhol dá prêmios em dinheiro a medalhistas

Não é só a Rússia que pretende premiar em dinheiro os atletas que trouxerem medalhas dos Jogos Olímpicos de Beijing. A Espanha também pretende dar um bônus aos medalhistas. O Comitê Olímpico Espanhol (COE) pretende pagar aos atletas que conquistarem o ouro olímpico, nas provas individuais dos Jogos, 94 mil euro , 48 mil euros para quem ganhar a prata e 30 mil euros aos medalhistas de bronze. Nas provas de duplas, cada um dos integrantes vai receber 75 mil euros pelo ouro, 37 mil pela prata e 25 mil pelo bronze. Para as competições por equipes foi determinado a premiação: 50 mil euros pelo ouro, 29 mil pela prata e 18 mil pelo bronze. (ver arquivo de matérias Sport Marketing - Rússia paga por medalhas olímpicas).

Redação Sport Marketing

Ajax oficializa proposta por Henrique

O Ajax apresentou à Traffic, empresa de marketing esportivo detentora dos direitos do zagueiro Henrique, 21 anos, do Palmeiras, uma oferta de oito milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões) para que o defensor deixe o Brasil já na abertura do mercado europeu, em agosto. “O Ajax nos procurou e fez essa proposta concreta de oito milhões de euros. É a única coisa concreta envolvendo o Henrique até agora. Mas ainda vamos sentar para discutir com o Palmeiras” - disse André Cury, representante da Traffic. Caso a negociação se concretize, a equipe do Palestra Itália fica com R$ 2,8 milhões, já que no acordo com a Traffic, o Verdão tem direito a 20% do lucro com a venda do jogador. A empresa de marketing esportivo pagou R$ 6 milhões pelo jogador ao Coritiba. Especula-se que o Barcelona apresentará uma proposta de dez milhões de euros (R$ 25 milhões) – ou seja, R$ 3,8 milhões ficariam para o clube.

Redação Sport Marketing

A carreira de Brian Clough vira filme

A carreira do excêntrico Brian Clough será tema do filme "The Damned United", que é baseado em um livro homônimo de David Peace. A família de Clough está criticando seriamente o livro, que destaca a raiva e a bebedeira de Brian Clough que faleceu em 2004, aos 69 anos. O filme contará, principalmente, o período de 44 dias em que Brian Clough comandou o time Leeds United. Brian Clough foi uma figura que marcou gerações na Inglaterra. Marcou 267 gols em cerca de 296 jogos, a serviço do Middlesbrough e do Sunderland. Acabou a carreira de jogador aos 27 anos, em 1962, devido a uma lesão. Contudo, não é por isto que é lembrado por muitos amantes do futebol. Tornou-se treinador em 1965. Em 1969, foi contratado pelo Derby County. Em 1972 ganhou a 2ª Divisão e 3 anos depois ganhou o título principal. Em Janeiro de 1975 entrou no Nottingham Forest e deu vida ao clube ao subir para a 1ª Liga em 1976-1977. No ano seguinte ganhou o campeonato e a Taça da Liga. No Verão contratou Trevor Francis, a aquisição mais cara na Grã-Bretanha naqueles dias. No final de 1978-1979 festejou outra Taça da Liga e... a Taça dos Clubes Campeões Europeus (atual Liga dos Campeões). Repetiu a proeza, vencendo novamente o troféu máximo do futebol europeu de clubes em 1980. A derrota com o Tottenham na final da Taça de Inglaterra (único troféu inglês que Clough nunca ganhou) em 1991 marcou o início do fim do reinado dele no Forest. Retirou-se em 1993, após a queda do Forest para a 2ª divisão. Brian Clough sempre foi famoso pelo carácter excêntrico e pelas afirmações geniais: "Se Deus quisesse que jogássemos futebol nas nuvens, Ele teria colocado grama lá em cima" ; "Os jogadores viram melhor as bolas deles do que aquela com que era suposto jogassem"; "Eu não diria que eu era o melhor treinador do ramo, mas estava no Top 1";"Por mais cavalos, títulos de cavaleiro e campeonatos que tenha, ele não tem 2 daquilo que eu tenho. E não me estou me referir às minhas "bolas"" (referindo-se a Alex Ferguson e aludindo aos títulos europeus). O ator Michael Sheen ("Leis da Atração") irá interpretar Brian Clough no longa "The Damned United". Além das participações de Stephen Graham ("Gol!"), escalado para interpretar Billy Bremner, capitão do Leeds United, Martin Compston ("Santos e Demônios"), que viverá o jogador John O´Hare, e Peter McDonald ("O Carrasco"), intérprete de Johnny Giles.

Redação Sport Marketing

A1GP adere à transmissão em HD

A A1GP anunciou que as transmissões serão realizadas em Alta Definição (HD, na sigla em inglês) na temporada 2008/09. De acordo com a organização, a A1GP será pioneira no fornecmento desse tipo de tecnologia. "É excitante para a A1GP começar a temporada com novidades interessantes como esta. Nós estamos sempre pensando no que podemos fazer para melhorar o nosso produto" - disse Richard Dorfman, diretor de transmissões da A1GP, categoria considerada a Copa do Mundo do automobilismo, na qual cada carro representa um país e não escuderias. As imagens das corridas da A1GP serão transmitidas para cerca de 180 países, via 45 emissoras. A opção pela tecnologia HD será facultativa, podendo a receptora continuar exibindo imagens de qualidade normal. No decorrer da temporada, a A1GP espera implementar outras novidades na forma de transmissão das imagens categoria, como câmeras a bordo dos carros.

Redação Sport Marketing

Site McDonald's Brasil comemora recorde de acessos

O McDonald's Brasil comemora o sucesso da ação on-line “Jogos Olímpicos? Tô dentro!”. A ação convidava os consumidores a criar um texto, imagem ou vídeo com o tema Jogos Olímpicos de Beijing para postar no site e concorrer a uma viagem a China durante os Jogos Olímpicos. A iniciativa, da agência CDN Interativa, ajudou o portal a registrar mais de 3,1 milhões de acessos entre os dias 14 de março e 31 de maio. É o terceiro site da marca McDonald's mais visitado do mundo, atrás do site global e da versão alemã. Além disso, mais de 18,5 mil consumidores se registraram no site. Enquanto isso, na China, Jeffrey Schwartz, CEO do McDonald's (foto), comemora, o sucesso do primeiro drive-thru da rede em Beijing. A loja foi aberta ao lado de um posto de gasolina da Sinopec (China Petroleum Chemical Corp.), patrocinadora local dos Jogos Olímpicos, a qual fechou uma parceria com a rede de fast food americana, que é patrocinadora mundial do programa TOP de marketing do IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional. De acordo com a parceria, o McDonald's poderá abrir doze drive-thrus nos postos da estatal chinese de combustível.

Redação Sport Marketing

Ricardo e Emanuel trocam a marca do patrocinador

Os atletas do vôlei de praia Ricardo e Emanuel estão mudando a marca do patrocinador. A dupla campeã olímpica vai migrar da Rainha, marca do Grupo São Paulo Alpargatas, para a Topper. A ação faz parte de um reposicionamento da marca Topper, que pretende atuar no mercado em outros esportes como tênis e vôlei. Nas quadras, a Topper patrocina o tenista Thomaz Bellucci, número 1 do Brasil (ver matéria de arquivo Sport Marketing). Identificada como uma marca dedidaca ao futebol e futsal, a Topper passará a ser uma marca "multicategoria", consolidando o novo plano estratégico para as marcas do Grupo.

Redação Sport Marketing

Bens do Bahia vão à leilão

O Esporte Clube Bahia não anda nada bem das pernas e teve alguns bens confiscados e que vão a leilão para pagar dívidas trabalhistas do time. Entre os bens do clube confiscados está uma máquina de gelo do clube, avaliada em R$2,7 mil, que poderá ser arrematada no leilão. O esquadrão de aço quase perde um ônibus, mas conseguiu impedir que o veículo também fosse leiloado. O Tribunal Regional do Trabalho, da 5ª região, pretende arrecadar R$2,5 milhões no leilão, o equivalente a 60% dos itens colocados à venda.

Redação Sport Marketing

Juventude se prepara para o "dia T"

O Juventude participou de um encontro entre representantes da Caixa Econômica Federal (CEF), agências lotéricas e imprensa, em um hotel de Caxias do Sul. Na oportunidade, a gerente de marketing Kelli Jahn apresentou algumas ações diferenciadas na divulgação da Timemania -loteria criada para ajudar os clubes a sanar dívidas com o governo federal - já realizadas pelo clube, além de sugestões e idéias que o Juventude pretende colocar em prática para ajudar a divulgar ainda mais a Timemania. A Caixa está lançando a partir da próxima sexta-feira o "dia T", que será sempre nas sextas-feiras. O marketing do Juventude apresentou algumas idéias para este dia. O clube pretende levar alguns atletas na data para uma ronda nas casas lotéricas, a fim de incentivar e explicar aos torcedores como apostar. O Juventude aposta na torcida para o quitar os débitos com o governo o quanto antes e estar entre os 20 clubes que obtiverem maior arrecadação até o final do ano de 2009, os quais receberão uma parcela maior, e consequentemente, irão se desfazer mais rapidamente da dívida. Atualmente, o Juventude é apenas o 36º no ranking.

Redação Sport Marketing

Pão de Açúcar distribui prêmios olímpicos

Nesta edição olímpica, o Grupo Pão de Açúcar, não agirá diferente: vai distribuir prêmios (bônus pódio) aos atletas patrocinados que conquistarem medalhas em Beijin. Patrocinador de seis atletas: Hudson de Souza, Juliana Paula Gomes dos Santos, Maurren Maggi e Marilson Gomes dos Santos (atletismo), e Mariana Ohata e Reinaldo Colucci (triatlo), a empresa entregará aos medalhistas a quantia de R$ 100 mil para ouro, R$ 80 mil para prata e R$ 50 mil, bronze. O sistema de bônus do Grupo Pão de Açúcar está em vigor desde 2003. Já foram entregues mais de R$ 500 mil em prêmios. Em 2008, o Grupo completa 12 anos com a política de patrocinar atletas olímpicos. O envolvimento do Pão de Açúcar com o patrocínio esportivo já é uma tradição na empresa e deve-se ao presidente do Conselho de Administração do grupo, Abílio Diniz (foto) ser um aficcionado pelo esporte. "Com certeza a busca de qualidade de vida do Abílio e a família dele estão no DNA do grupo, ele é um grande incentivador dessas ações" - disse Paulo Pompilio, diretor de relações corporativas do grupo. Cerca de 2,5 mil funcionários do grupo praticam corrida de rua.

Redação Sport Marketing

Michael Payne no Brasil

Michael Payne, ex-diretor de marketing do Comitê Olímpico Internacional, está no Brasil. Responsável pela revolução comercial dos Jogos Olímpicos, Michael Payne é um dos palestrantes em destaque do World Management 2008. O evento está contecendo no World Trade Center, em São Paulo.

Redação Sport Marketing

Mercado negro vende ingressos olímpicos a 10 mil euros

Os bilhetes para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Beijing, agendados para o dia 8 de agosto, estão sendo vendidos no mercado negro e pela internet por um preço 20 vezes superior ao valor real. Segundo o jornal "Notícias de Pequim", os preços chegam a 100.000 renminbi (9.358 euros). Os preços iniciais dos bilhetes mais caros custavam cerca de 5.000 renminbi (cerca de 467 euros) , mas agora podem ser encontrados a 9.360 euros, a mesma situação se repete com relação aos ingressos da cerimônia de encerramento.

Redação Sport Marketing