11 de dez de 2008

Vaga na Libertadores vira moeda de negociação

A classificação para a Copa Libertadores da América será a moeda de negociação do Palmeiras com os patrocinadores. O Verdão pretende negociar um valor maior nas cotas de patrocínio na camisa para 2009. A diretoria conversa com a Fiat sobre a renovação do contrato, que termina este mês, mas também ouve ofertas de outras empresas. A Agência Estado revelou que a Samsung estaria interessada em patrocinar a camisa do Palmeiras. Em 2008, o Palmeiras recebeu R$ 8,5 milhões pelo patrocínio da camisa, mais R$ 1,5 milhão de bonificação pela conquista do Campeonato Paulista. "A renovação está caminhando bem", garantiu o diretor de marketing Rogério Dezembro, sem revelar valores. Ele lembra que reajustes na cota de patrocínio fazem parte da negociação. "Ganhamos o Paulista este ano e conseguimos vaga para a Libertadores, o que dá uma boa perspectiva para 2009" - apostou o dirigente. O sonho da diretoria é fechar o patrocínio da camisa por R$ 14 milhões, apesar do cenário de crise mundial. Na renovação do contrato de material esportivo, o Palmeiras conseguiu aumentar o valor que recebia da Adidas. Os R$ 3,5 milhões se transformaram em R$ 9,2 milhões por temporada - o novo contrato com a Adidas, firmado no mês passado, é de três anos.

Redação Sport Marketing