10 de dez de 2008

Record dita o preço e Globosat se rende e paga

Segundo os bastidores da TV, Record e a Globosat assinaram o contrato de sublicenciamento de direitos exclusivos para a TV fechada dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, em Vancouver, e para os Jogos Olímpicos de 2012, que serão realizados em Londres. Assinaram o contrato o presidente da Record, Alexandre Raposo, e Alberto Pecegueiro, diretor geral da Globosat. Os valores oficiais da negociação não foram revelados, mas especula-se que o canal a cabo pagou mais pelos Jogos de Londres do que custaram os direitos totais (para TV aberta e TV paga) dos Jogos Olímpicos de Beijing. Naquela ocasião, a Globo pagou US$ 14 milhões por todos os direitos. Agora, especula-se que a Globosat pagou pelos direitos algo entre US$ 14 milhões e US$ 22 milhões (valor este divulgado na imprensa mas negado pela programadora). A Record pagou cerca de US$ 60 milhões pelos direitos totais.

Redação Sport Marketing