5 de dez de 2008

Petrobras cancela apoio ao esporte

A Petrobras decidiu cancelar o programa pelo qual repassaria verba via lei de incentivo fiscal em 2009 para projetos ligados ao esporte. De acordo com reportagem de Eduardo Ohata publicada no jornal paulista Folha de S.Paulo, a notícia frustrou dirigentes que já contavam com a liberação do dinheiro. Em outubro, a estatal contabilizava R$ 25 milhões que poderiam ser investidos pela lei. O anúncio acontece no momento em que a estatal sofre acusações de má gestão por causa de um empréstimo de R$ 2 bilhões, com prazo de até seis meses de pagamento na CEF (Caixa Econômica Federal). A assessoria de imprensa da Petrobras, porém, questionada insistentemente pela Folha se existe conexão entre a crise global e a decisão, negou reiteradas vezes essa hipótese. Segundo o departamento de comunicações da estatal, tratou-se simplesmente de "uma readequação desse projeto". Em um comunicado bastante conciso encaminhado aos proponentes de projetos, foi dada a justificativa de que "a seleção pública Petrobras Esporte & Cidadania 2008 não atingiu os objetivos principais de maior abrangência nacional dos projetos e de privilegiar o desporto educacional".

Redação Sport Marketing