5 de dez de 2008

Patrocinador da BMW anuncia demissões

Patrocinador da BMW, o banco Credit Suisse anunciou a demissão de 5,3 mil funcionários e o fim dos bônus para os principais executivos por causa do prejuízo de US$ 2,5 bilhões (cerca de R$ 6,3 bilhões) registrado só nos últimos dois meses. Este corte representa 11% do quadro total de empregados da instituição financeira, segunda maior da Suíça. O Credit Suisse evitou pedir ajuda ao governo, enquanto o maior banco do país europeu, o UBS, solicitou um pacote de ajuda estatal de US$ 59,2 bilhões (aproximadamente R$ 150,1 bilhões). Por enquanto, a instituição não falou nada sobre cortar o patrocínio para a BMW.

Redação Sport Marketing