29 de dez de 2008

Futebol português gastou mais do que ganhou

O futebol português gastou em 2008 mais dinheiro do que o que recebeu com a transferência de jogadores para o estrangeiro. É o que afirma o site luso Jornal Digital. De acordo com o site, o futebol apresentou balanço negativo de 3,3 milhões de euros. Foram realizados 58,4 milhões de euros em transferências de jogadores para clubes estrangeiros e gastos 61,7 na contratação de craques de outros campeonatos, resultando um saldo negativo de 3,3 milhões de euros. O Benfica foi o que mais contribuiu para o saldo negativo. Gastou 23,31 milhões de euros em contratações e somou pouco mais de seis milhões de euros, dos quais cinco milhões com a saída de Nelson para o Betis de Sevilha. Já o FC Porto gastou em contratações um total de 26,9 milhões de euros, mas apresenta um saldo final bastante positivo (49,4), grande parte devido às transferências de Bosingwa (20 milhões de euros), para o Chelsea, e Quaresma (24,6 milhões de euros), para o Inter de Milão.

Redação Sport Marketing