25 de dez de 2008

China abre os olhos com Jogos de Inverno de 2018

Depois de ter organizado com enorme sucesso os Jogos Olímpicos de Verão em Beijing, a China tem intenções de voltar a repetir o feito. Desta vez, a cidade de Harbin, no norte do país, pretende se candidatar a sediar os Jogos Olímpicos de Inverno em 2018. Harbin, capital da província de Heilongjiang, já gastou cerca de 315 milhões de euros em equipamentos e infraestruturas para acolher os quatro mil atletas dos Mundiais Universitários de Inverno que será realizado em fevereiro. Desta forma, os chineses querem rentabilizar o local onde já investiram tantas verbas.“Se a organização dos Mundiais Universitários de 2009 for bem sucedido, poderá aumentar a nossa confiança para nos candidatarmos aos Jogos Olímpicos de Inverno” - afirmou, ao “China Daily”, o governador da província, Li Zhanshu.

Redação Sport Marketing