19 de nov de 2008

Vasco rompe com Reebok e segue com Champs

O Vasco trocou a fornecedora de material esportivo. A nova patrocinadora do clube é a Champs. O novo acordo implica na quebra unilateral do contrato com a Reebok e, desta forma, o time terá de pagar cerca de R$750 mil à marca inglesa, cuja parceria se encerraria apenas no fim de 2009. A empresa pagava R$ 3,5 milhões anuais ao clube. "Estamos felizes com esta parceria. O material é de qualidade boa e juntos vamos fazer uma grande equipe. Quero parabenizar toda a equipe que participou da negociação e agradecer a Champ’s que acreditou nesta parceria. Vai ser uma parceria vitoriosa. O Vasco vai ser campeão com a Champ’s e a Champ’s campeã em vendas com o Vasco" - disse o presidente Roberto Dinamite. O Vasco tem ações na Justiça movidas por antigas fornecedoras de material esportivo: Penalty, Kappa e Umbro. Além disso, o clube promete lançar a camisa oficial por um preço popular para acabar com a pirataria. A camisa vai custar R$ 40 e será lançada em uma cerimônia em dezembro, com dada ainda não divulgada. Segundo a diretoria, o Vasco tem uma venda de 220 mil camisas de futebol por ano. A empresa canadense, que patrocina no Brasil Portuguesa, Ituano, América-RJ e Bragantino, firmará vínculo com o Cruzmaltino por três anos e meio e deve pagar pelo período contratual algo em torno de R$ 23 milhões. A Champs passa a fabricar os uniformes do Vasco a partir do dia de 1º janeiro de 2009. O terceiro uniforme vai voltar a passar a ser comercializado. O clube teve uma valorização de 384% em relação ao contrato anterior. O Vasco vai receber R$ 21,252 milhões por 42 meses de contrato, o que significa R$ 506 mil por mês. A camisa, que terá as clássicas versões preta e branca, manterá as logomarcas Habib´s e MRV. Além da fornecedora de material esportivo, o Vasco negocia um novo patrocínio para o clube e até dezembro deve ser anunciado o acerto com a Eletrobrás. A empresa poderia injetar cerca de R$ 19 milhões por ano.

Redação Sport Marketing