23 de nov de 2008

Usain Bolt e Yelena Isinbayeva atletas do ano

O jamaicano Usain Bolt e a russa Yelena Isinbayeva, duas das grandes figuras dos Jogos Olímpicos Beijing 2008, foram eleitos atletas do ano pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF). Bolt, o homem mais rápido do mundo, ganhou ouro nos 100 (9,69 segundos), 200 (19,30) e 4x100 metros (37,10) com recordes mundiais nas três distâncias e foi condecorado pela primeira vez pela entidade como atleta do ano (ler matérias arquivo Sport Marketing: Usain Bolt, o puma mais rápido do mundo; Sport Marketing: Bolt e Puma levam crianças chinesas à Copa de 2010; Sport Marketing: Usain Bolt e Veronica Campbell-Brown embaixadores ...; Sport Marketing: 2 - o número da sorte de Usain Bolt; Sport Marketing: Usain Bolt vira garoto propaganda na Inglaterra; Sport Marketing: Real Madrid fecha com Usain Bolt!; Sport Marketing: Usain Bolt esbanja popularidade; Sport Marketing: Beijing, marca a história do marketing olímpico; ). Já Isinbayeva, que também coroou o título olímpico no salto com vara com o 24.º recorde mundial nesta especialidade (5,05 metros),tornou-se a primeira mulher a receber a distinção de atleta do ano pela IAAf por três vezes, depois das eleições de 2004 e 2005. Isinbayeva bateu as etíopes Tirunesh Dibaba, que "imitou" o compatriota Bekele e também juntou o título olímpico dos 5.000 ao dos 10.000 metros, e Pamela Jelimo, campeã olímpica dos 800 metros e a única a vencer nos seis "meetings" da Golden League. Além dos troféus Bolt e Isinbayeva ganharam um check de US $ 100.000. Na corrida ao prêmio individual masculino estavam também o etíope Kenenisa Bekele, campeão olímpico dos 5.000 e 10.000 metros, e o cubano Dayron Robles, que ganhou medalha de ouro nos 110 metros barreiras em Beijing, cerca de um mês depois de ter batido o recorde mundial da distância (12,87 segundos) (ler matérias arquivo Sport Marketing: Yelena Isinbayeva em frascos; Sport Marketing: Isinbayeva milionária exterminadora de recordes). Usain Bolt está perto de se tornar o mais caro corredor olímpico já no próximo verão. Especula-se que os preços da participação de Bolt em torneios na Europa podem alcançar cerca de US$$ 200000 (£ 134000) até o próximo Campeonato do Mundo, em Berlim. De acordo com Ricky Sims, empresário que cuidou da carreira do atleta desde 2004, os ganhos financeiros de Bolt "provavelmente já fezem dele um milionário, mas não um homem rico comparativamente a outros esportitas como o jogador de futebol David Beckham, o golfista Tiger Woods e o tenista Roger Federer ". "Usain ainda está no início da carreira e o que desejamos é que ele siga neste nível em Londres nos Jogos Olímpicos. Nós queremos, acima de tudo mantê-lo como um atleta. Em 2013, ele pode se tornar o primeiro atleta 10 milhões de dólares"- ressaltou o agente. Bolt parece imune à fama e fortuna, mas admitiu que havia chegado em um alto estilo de vida para o padrão jamaicano. "As pessoas dizem que eu não posso correr e sair rápido demais, mas eu lhes mostrei que não é verdade. " - disse o atleta, cujos últimoscompromissos promocionais o fizeram perder várias semanas de treinamento após o retorno para a Jamaica após a temporada européia.

Redação Sport Marketing