29 de nov de 2008

Lucros do Porto caem 37% para 6,8 milhões

O Porto revelou uma quebra de 37% nos lucros do primeiro trimestre da temporada de 2008/2009, resultado para o qual contribuiu, segundo o FCP, o aumento dos custos financeiros. Em comunicado enviado à CMVM, o clube revela que obteve um resultado líquido “novamente positivo, atingindo os 6,8 milhões de euros no período em análise, abaixo dos 10,8 milhões de euros obtidos no primeiro trimestre de 2007/2008, devido, em grande parte, ao agravamento dos encargos financeiros”. Em termos operacionais, os resultados “ascendem 9,1 milhões, sofrendo um decréscimo de 2,5 milhões relativamente ao período homólogo anterior, que assenta essencialmente no aumento dos custos com o pessoal”- acrescentou o FCP no mesmo comunicado. Os investimentos efetuados em novos jogadores provocaram um aumento do ativo total, que cresceu 19,6 milhões face a 30 de junho de 2008, “atingindo um montante global de 178,4 milhões”. O passivo da SAD diminuiu em 8,4 milhões, sendo que os capitais próprios cifraram-se em 24,5 milhões de euros.

Redação Sport Marketing