19 de nov de 2008

Espanha pode se candidatar à Copa do Mundo

Ángel María Villar, reeleito para mais quatro anos à frente da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), anunciou a pretensão de solicitar a organização da Copa do Mundo de 2018. Após saber sobre a reeleição, o presidente da Federação Espanhola disse que quer se "aprofundar na unidade" imprescindível para alcançar todos os objetivos sem esquecer que "a divergência é saudável e positiva". "Um dos objetivos fundamentais será trazer para a Espanha uma fase final de Copa do Mundo, que pode ser a de 2018. Estando unidos, tendo a administração unida, a sociedade espanhola unida, nossa candidatura será invencível" - assegurou o presidente da RFEF, que marcou como outro grande objetivo a atuação da Espanha no próximo Mundial, na África do Sul, em 2010."Solicito a todo o futebol espanhol que estejamos unidos e continuemos por esse caminho"- apontou Villar, que frisou que quer também "afundar" a relação com o Governo após superar "alguns problemas". O presidente da RFEF não quis revelar se seria uma candidatura conjunta entre Espanha e Portugal.

Redação Sport Marketing