30 de nov. de 2008

Benfica apresenta resultados líquidos

O Benfica apresentou resultados líquidos de dois milhões de euros negativos no primeiro trimestre de 2008/2009, representando um decréscimo de 121% face a igual período do ano passado. O time português, que no primeiro trimestre de 2007/2008 alcançou nove milhões de euros de lucro, explica que a "queda" resulta, em parte, pelo fato da equipe de futebol ter falhado na qualificação para a Liga dos Campeões. "O decréscimo é explicado pela não participação na Liga dos Campeões, pela diminuição de mais-valias obtidas com a transação de direitos e pelos investimentos efetuados no reforço da equipe" - destaca um relatório enviado à Comissão do Mercados de Valores Mobiliários (CMVM). A equipe de futebol dos "encarnados" terminou a Liga em quarto lugar, o que resultou num impacto negativo de 4,8 milhões de euros. A venda dos direitos de Nélson, José Fonte e João Coimbra, geraram 5,4 milhões de euros. Os resultados operacionais do Benfica ficaram em um milhão de euros negativos, menos 109% do que no primeiro trimestre de 2007/2008. Comparativamente a a 30 de junho deste ano, o passivo aumentou 18,94%, estando agora em 148 milhões de euros, enquanto o ativo subiu 7,82%, rondando 120 milhões de euros.

Redação Sport Marketing

Motorola satisfeita com David Beckham

Apesar da crise financeira mundial forçar muitas empresas a cortare investimentos em marketing esportivo, a Motorola segue contando com o sucesso e a imagem do fenômeno de publicidade David Beckham. Os outdoors de Beckham com o celular Razr Motorola tornaram-se
uma visão familiar, desde que o ex-jogador do Manchester United, Real Madrid e da seleção da Inglaterra fechou contrato de endosso da gigante para campanhas de marketing global. A Motorola afirma que a popularidade da imagem do jogador ajudou a empresas em marcados como Ásia, África e Oriente Médio. Beckham assinou com a Motorola em maio de 2006, antes da Copa do Mundo da Alemanha. "David Beckham é possivelmente o rosto mais reconhecível no mundo e, definitivamente, o jogador mais carismático de sua geração" - disse Jeremy Dale, gerente de marketing da Motorola no seminário de negócios do futebol Soccerex, realizado em Johannesburg. "Ele também é adorado em mercados onde nossa marca não era tão forte. Antes de assinarmos com David, a Motorola tinha um movimento lento na China e em alguns outros países. David tem uma atração que não se restringe ao campo. Ele atrai atenção onde vai. Ele transcende esporte" - acrescentou. No Japão, o efeito de Beckham persuadiu rede móvel DoCoMo a adquirir o Razr. "Em uma semana nós fomos para o topo de vendas no mercado japonês" - disse Jeremy Dale. Na China, a presença de Beckham em Beijing, em dezembro de 2007, no lançamento do Razr 2 resultou em ganhos para a Motorola de US$10m em cobertura de mídia e a visita resultou em um recorde de 500 milhões acessos no site sina.com. "Se você comprar um endosso de uma estrela do esporte, você tem que poder mostrar um retorno" - acrescentou Dale. Agora, a Motorola se prepara para expandir atuação na Itália, aproveitando a ida de Beckham, por empréstimo, ao Milan. "A ida de David ao Milan significará um crescimento na Europa para nós. Ao longo dos anos, tem sido muito fácil trabalhar com ele" - finalizou. Terry Byrne, gerente pessoal da carreira de Beckham nos últimos seis anos, diz que existe muita concepção errada sobre compromissos de patrocínio do jogador. "Nós não permitimos qualquer atividade comercial 48 horas antes de um jogo" - afirmou Byrne. Em 2003, o time de Beckham decidiu reduzir o número de negócios dele de 14 para cinco. "Ele aceitou, a fim de trabalhar apenas com as melhores companhias". Além da Motorola, Beckham também endossa os produtos da Pepsi, Adidas, Giorgio Armani e Sharpie (ler matérias arquivo Sport Marketing: Pepsi desenvolve água com a marca David Beckham; Sport Marketing: Pepsi transforma Beckham em Indiana Jones; Sport Marketing: Beckham grava comercial da Adidas; Sport Marketing: O boneco David Beckham; Sport Marketing: David Beckham vende mais que NBA; Sport Marketing: Escolinhas David Beckham lançam livros; Sport Marketing: Milan confirma David Beckham; Sport Marketing: David Beckham assina com a Sharpie; Sport Marketing: David Beckham é garoto propaganda da Emporio Armani; Sport Marketing: Mural gigante de Beckham de cuecas pára o trânsito; Sport Marketing: David Beckham é estrela do encerramento dos Jogos ...; Sport Marketing: Pesquisa aponta dados interessantes do patrocínio ... ). De acordo com o revista americana Forbes, o jogador ganhou, em publicidade, mais de US$50m este ano, com um salário básico de US$55m que ganha do LA Galaxy.
Redação Sport Marketing

UEFA vai pagar indenização às emissoras de tv

A UEFA chegou a acordo com as emissoras de televisão afetadas pela interrupção da transmissão do jogo Alemanha x Turquia pelas quartas-de-final da Eurocopa 2008, realizada na Áustria e Suíça. De acordo com o jornal alemão ''Der Spiegel'', a organização européia irá pagar indenizações de “vários milhares de euros” à televisão pública alemã ZDF e à francesa TF1, que apresentaram uma queixa formal. O “Der Spiegel” salienta que a TF1 já confirmou o acordo, sem especificar o montante da indenização. O caso remonta a 25 de junho deste ano, em que a transmissão do encontro Alemanha-Turquia foi interrompida devido à tempestade que se abateu sobre a cidade de Viena, levando ao corte de imagem e de som (ler matéria arquivo Sport Marketing: TVs podem pedir indenização à EURO pela queda de ...)..

Redação Sport Marketing

Coca-Cola já tem planos de marketing para Jogos de 2012

A Coca-Cola da Grã-Bretanha estará relançando no mercado a recentemente adquirida marca de água mineral, Abbey Well. O novo produto será conhecido como Schweppes Abbey Well e estará disponível no mercado inglês já no próximo ano. A Coca-Cola adquiriu a companhia de bebidas, Waters & Robson, a qual ficará sob o 'guarda-chuva' da Schweppes. A Schweppes Abbey Well fará parte das ações de marketing da Coca-Cola junto aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres 2012 e será uma das bebidas do evento. Os planos de marketing em torno da marca ainda não foram revelados, mas a Coca-Cola disse que está planejando lançar promoções associadas com natação.

Redação Sport Marketing

Prefeito do Rio anuncia secretário de esportes

O recém-eleito prefeitodo Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou o nome do futuro secretário municipal de Esportes. O agraciado com o cargo será o deputado estadual Francisco Manoel de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira. O anúncio foi feito durante visita à Vila Olímpica da escola. Aos 54 anos, Chiquinho da Mangueira já esteve à frente da pasta no âmbito estadual, por sete anos, nos governos Anthony e Rosinha Garotinho. O jornal carioca Extra publica uma matéria ressaltando a trajetória política de Chiquinho. "Ele estava no cargo em 2003, quando o então comandante do 4º BPM (Méier), Erir Ribeiro, o acusou de ter pedido uma trégua no combate ao tráfico de drogas na Mangueira. E denunciou ter sido exonerado por este motivo. De acordo com o oficial, Chiquinho solicitara em reunião a redução do número de operações na Mangueira, alegando que os bandidos queriam uma trégua, porque a venda de drogas estava caindo. Ainda segundo o tenente-coronel, o secretário teria dito que estava sendo pressionado pelos bandidos. À época, Chiquinho confirmou a reunião, realizada no batalhão, mas negou a acusação. Ele afirmou que, para evitar que crianças fossem feridas por balas perdidas, pedira apenas que as blitzes não fossem realizadas nos horários de entrada e saída das escolas. O inquérito foi arquivado pelo Ministério Público estadual. Também em 2003, dois agentes penitenciários disseram que Chiquinho, entre 1997 e 1999, visitava dois traficantes no presídio Bangu III. Ele negou e disse que foi ao presídio, a convite do diretor, para desenvolver projetos de ressocialização. No ano passado, o nome de Chiquinho apareceu em uma lista, apreendida pela Polícia Federal, durante a Operação Hurricane. Ele teria supostamente recebido doações de bicheiros e da máfia dos caça-níqueis para a campanha à Assembléia. Paes chegou a criticar a gestão do Maracanã ao assumir a Suderj, em 2007, no lugar de Sérgio Emilião, que ocupou o cargo de abril a dezembro do ano anterior. Antes dele, Chiquinho presidiu a entidade por dois governos. Na época, Paes, que também foi nomeado secretário estadual de Turismo pelo governador Sérgio Cabral, declarou que o gramado do estádio era um queijo suíço de tão esburacado e que sofria por vícios de administrações antigas. Ontem, Paes era só elogios para o novo colaborador: ' Não tem exemplo melhor no Rio do que o do Chiquinho, que é o grande condutor desse processo da Vila Olímpica da Mangueira. Tem a história de vida política voltada para a garotada, juventude e esporte.' Para Chiquinho, a campanha eleitoral os aproximou: 'Mostrei a ele que saí do Maracanã com aprovação de 79% dos torcedores que freqüentavam o estado'. Eleito em 2002 e reeleito em 2006, Chiquinho da Mangueira foi o idealizador da Vila Olímpica da Mangueira, em 1987; presidente da Federação de Atletismo nos anos 90 e presidente da Suderj por duas vezes. O futuro secretário anunciou ontem a criação de programas para descobrir novos talentos do esporte entre os alunos da rede municipal: 'Vamos fazer um trabalho para pinçar os melhores, exatamente como Cuba fez, e desenvolver esses talentos nas escolas, clubes e vilas olímpicas. Além de vilas olímpicas, a prefeitura pretende usar clubes ociosos, que poderão ter dívidas de IPTU negociadas, para complementar as atividades físicas de alunos de escolas municipais'. Chiquinho também espera poder organizar, no segundo semestre, a partir de 2010, um campeonato carioca com clubes de futebol da segunda e terceira divisões. Ele ainda quer investir no futebol feminino na cidade."

Redação Sport Marketing

29 de nov. de 2008

Sarah Meneses vira selo

A judoca Sarah Meneses terá a imagem estampada em selos dos Correios. A piauiense conquistou no último mês de outubro na Tailândia, a medalha de ouro na categoria até 48kg. "Estou muito feliz. Estão mais uma vez reconhecendo o nosso trabalho e um incentivo a outros atletas" - descreveu Sarah. "Agora vou estar cirulando em todo o Piauí"- brincou. Na verdade, o selo, que tem a imagem de Sarah, a bandeira do estado e a frase "Piauí, é feliz quem vive aqui" circulará por todo o país, de acordo com o diretor regional dos Correios no Piauí, José Rosa. "Esta foi uma proposta da Fundespi e (Fundação de Esportes do Piauí) faz parte de um entre os vinte e dois selos comemorativos emitidos no Brasil"- explicou. A estampa será prioritariamente utilizada em todas as correspondências oficiais do governo estadual.

Redação Sport Marketing

LOCOG entrega marina de Weymouth

O LOCOG - London Organizing Committee Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres - afirmou que os trabalhos de construção da sede olímpica de vela já estão concluídos. Três anos e meio antes do início da competição, o centro de navegação de Weymouth, no sudoeste da Inglaterra, recebeu um investimento de 15 milhões de libras (23,14 milhões de dólares) para obras de renovação e a construtção de uma nova carreira náutica de 250 metros, além de novos locais para a ancoragem de barcos. A marina de Weymouth receberá dez eventos olímpicos de vela, além das provas paraolímpicas da modalidade. "Ter completado o primeiro local olímpico e paraolímpico três anos antes do início dos Jogos é um feito tremendo, e demonstra o progresso excelente que estamos fazendo com Londres-2012" - disse a ministra britânica da Olimpíada, Tessa Jowell, em comunicado.

Redação Sport Marketing

Lucros do Porto caem 37% para 6,8 milhões

O Porto revelou uma quebra de 37% nos lucros do primeiro trimestre da temporada de 2008/2009, resultado para o qual contribuiu, segundo o FCP, o aumento dos custos financeiros. Em comunicado enviado à CMVM, o clube revela que obteve um resultado líquido “novamente positivo, atingindo os 6,8 milhões de euros no período em análise, abaixo dos 10,8 milhões de euros obtidos no primeiro trimestre de 2007/2008, devido, em grande parte, ao agravamento dos encargos financeiros”. Em termos operacionais, os resultados “ascendem 9,1 milhões, sofrendo um decréscimo de 2,5 milhões relativamente ao período homólogo anterior, que assenta essencialmente no aumento dos custos com o pessoal”- acrescentou o FCP no mesmo comunicado. Os investimentos efetuados em novos jogadores provocaram um aumento do ativo total, que cresceu 19,6 milhões face a 30 de junho de 2008, “atingindo um montante global de 178,4 milhões”. O passivo da SAD diminuiu em 8,4 milhões, sendo que os capitais próprios cifraram-se em 24,5 milhões de euros.

Redação Sport Marketing

Elena Dementieva em capa de revista

A russa Elena Dementieva, campeã olímpica em Beijing, é a rosto da capa da edição russa de dezembro da revista Marie Claire. Dementieva, ao lado de Dinara Safina, foi um dos destaques do tênis russo, terminando o ano como número 4 do mundo, após sagrar-se campeã também em Dubai e Luxemburgo e de ter sido vice em Berlim e Istambul. A moscovita ainda alcançou as semifinais em Wimbledon e no US Open. Na sexta-feira passada, obteve mais um êxito dentro da quadra ao derrotar Serena Williams por duplo 6/4, em partida de exibição realizada em Baltimore, nos Estados Unidos, jogo que integrou evento beneficente promovido pela ex-profissional Pam Shriver.

Redação Sport Marketing

Guga faz ação social

Gustavo Kuerten gravou mensagem de solidariedade em prol das vítimas das enchentes que assolaram várias cidades de Santa Catarina. O Instituto Guga Kuerten, presidido pela mãe de Guga, pretende ajudar os desabrigados a reconstruir e reequipar as casas. Conforme revelou o UOL Esporte, Guga sorteou uma moto que pertenceu ao alemão Michael Schumacher que havia sido doada ao IGK no ano passado. Antes do sorteio, Guga visitou as regiões atingidas. O valor arrecadado não foi divulgado, mas a intenção é prestar contas, periodicamente, do que está sendo feito com a quantia levantada. "A intenção é acompanhar as famílias durante um semestre" - disse dona Alice.

Redação Sport Marketing

28 de nov. de 2008

Kelly Slater lança livro sobre carreira

O surfista norte-americano Kelly Slater lançou, em Nova Iorque, o livro “Kelly Slater: for the love”, uma viagem fotográfica à carreira do nove vezes campeão do Mundo. No lançamento da obra, Kelly Slater revelou uma história caricata: “Uma repórter passou 3 dias comigo para escrever sobre mim para a revista “ESPN”. Quando a publicação saiu, ela me telefonou pedindo desculpas, mas os editores tinham mexido no texto. Deparei com uma grande fotografia minha dizendo: "Ele foi rejeitado por Pamela Anderson, mas seguiu a sua vida". (ler matérias arquivo Sport Marketing: Kelly Slater nas ondas das letras e da telona; Sport Marketing: Kelly Slater vira cerveja).

Redação Sport Marketing

Dono do Chelsea compra Lua

Roman Abramovich, dono do Chelsea, também é um homem romântico e excêntrico. O bilionário presenteou a noiva Dasha Zhukova com 40 hectares da Lua. Roman comprou para a futura senhora Abramovich a face mais cara do satélite, pois encontra-se na parte que é observável através de telescópio daqui da Terra. O patrão do Chelsea compensou assim o atraso no casamento que não se realizou devido à crise financeira. Dasha poderá usar suas terras como se fosse qualquer propriedade da terra, podendo vender, repassar ou deixar de herança. De acordo com o órgão responsável pela regulamentação das atividades na Lua, Space Settlement Institute, o Tratado Sobre o Espaço Ultraterrestre, assinado em 66, não proíbe que investidores privados adquiram propriedades em outros planetas ou satélites. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Quem é Roman Abramovich?; Sport Marketing: Liga inglesa vive duelo de Titãs; Sport Marketing: World Soccer divulga lista dos mais influentes do ...; Sport Marketing: Abramovich quer Lionel Messi).

Redação Sport Marketing

Reebok solta nota à imprensa sobre Vasco da Gama

A Reebok, fornecedora de materal esportivo do CR Vasco da Gama, divulgou nota oficial para esclarecer as últimas notícias divulgadas pela imprensa sobre o anúncio de nova empresa fornecedora do clube de São Januário. De acordo com a empresa, o contrato da Reebok com o Vasco da Gama, para fornecimento de material esportivo, é válido até dezembro de 2009 e que não existe "comum acordo" entre a Reebok e o Vasco da Gama para rompimento do contrato. Ainda de acordo com a empresa, até o momento a Reebok não foi comunicada oficialmente pelo Vasco sobre rompimento ou rescisão do contrato para a entrada de outra empresa fornecedora; que tomou conhecimento da decisão do clube apenas através da imprensa. A empresa ressalta ainda na nota que em momento algum o presidente do Vasco da Gama, senhor Roberto Dinamite, que segundo o contrato é quem tem poderes para agir em nome do clube, ofereceu a oportunidade de diálogo com representantes da Reebok para que o contrato pudesse ser discutido entre as partes de forma clara e ética, contrariando, inclusive, declarações de que o clube honraria todos os contratos em vigência. A cláusula de "confidencialidade" sobre termos, condições e valores prevista contratualmente foi quebrada inúmeras vezes pelo Vasco da Gama com as declarações irresponsáveis e incompletas do senhor José Henrique Coelho, diretor do Club de Regatas Vasco da Gama. No fim da nota, a empresa diz que "a Reebok continuará cumprindo, assim como o vem fazendo desde 01 de julho de 2006, todas as cláusulas e obrigações contratuais em respeito à grande torcida, irretocável tradição do Club de Regatas Vasco da Gama e aos princípios éticos e profissionais que acredita serem inerentes a este tipo de relação."

Redação Sport Marketing

Comitê Olímpico Português divulga gastos com Beijing

A Missão Portuguesa para os Jogos de Beijing 2008 ultrapassou um milhão de euros de despesas totais (1 023 010 euros precisamente), extrapolando mais de 240 mil euros do orçamentado para os custos. Estes são números apresentados no relatório do chefe de Missão, Manuel Boa de Jesus, na página 56 de um documento que, cuja versão final foi enviada às federações via correio electrônico. Apesar do aumento de custos em relação ao previsto, o relatório considera os números positivos, comparando-os com os de Atenas 2004 foram gastos 1 011 980 euros, realçando a "diferença de custos das passagens aéreas. No descritivo das despesas apresentadas, a maior quantia destibou-se à hospedagem na Vila e compra de passagens da comitiva de atletas e treinadores, cujas despesas aumentaram dos 230 mil euros previstos para cerca de 395 mil euros (mais 165 mil euros). Também as despesas com a divulgação na comunicação social ultrapassaram de 20 mil euros orçamentados para mais de 73 mil euros.

Redação Sport Marketing

Avis Rent a Car faz ação de marketing esportivo

Avis Rent a Car, resolveu investir no Marketing esportivo. Uma das maiores locadoras de veículos do Brasil, a Avis anunciou apoio ao piloto Patrick Gonçalves, revelação baiana nas pistas da Stock Car Jr. e o mais novo campeão da categoria. Os valores da negociação não foram revelados, mas como parte do acordo, a empresa disponibilizará locações gratuitas ao esportista nos fins de semana de competição em todo o Brasil. A locadora também apoiou o atleta no lançamento de uma linha de camisetas exclusiva da grife Hardsport, com o tema Automobilismo e assinada pelo piloto. Todo o dinheiro arrecadado com a venda da coleção será destinado à campanha Correndo pela Vida, que Gonçalves desenvolve em prol das crianças e adolescentes com câncer atendidas pelo Instituto Erik Loeff, de Salvador. Presente em mais de 175 países, a Avis Rent a Car está no Brasil há 32 anos, onde possui uma rede de 118 unidades franqueadas, distribuídas estrategicamente pelas principais cidades e aeroportos. Atualmente opera no País com uma frota superior a 19 mil veículos.

Redação Sport Marketing

27 de nov. de 2008

São Paulo em alta no gramado e em baixa no caixa

Nem tudo que reluz é ouro! Essa é a dura realidade que o São Paulo pode ter que enfrentar quando fechar as contas do ano. Mesmo perto da conquista do tricampeonato brasileiro, o toime do Morumbi pode fechar as contas com um déficit. Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, o clube soma um prejuízo de cerca de R$ 12 milhões em 2008. Será a primeira vez que o time do Morumbi encerra uma temporada na administração do presidente Juvenal Juvêncio (que assumiu em 2006) e desde 2004, quando não obteve nenhuma conquista. “Isso acontece porque neste ano não vendemos jogadores, como ocorreu nas temporadas anteriores. A crise está aí para todo mundo" - disse ao jornal paulista o diretor financeiro do São Paulo, Osvaldo Vieira de Abreu. O time não fechou nenhuma grande transação neste ano. Apenas o zagueiro Alex Silva foi vendido ao futebol alemão (mas o clube só recebeu R$ 3 milhões por 20% dos direitos) e o veterano atacante Aloísio deixou o elenco, com pagamento de US$ 1 milhão para se desligar. Em 2007, apenas com a venda do zagueiro Breno para o Bayern de Munique, os cofres do time receberam R$ 40 milhões para um total de R$ 76 milhões em dinheiro com negociações.

Redação Sport Marketing

Beckham grava comercial da Adidas

David Beckham gravou o novo comercial da marca Adidas. O tema do novo spot comercial da fábrica de materiais esportivos alemã é hip-hop. O jogador que é fã do gênero adorou participar da festa fictícia para o comercial. Missy Elliott, DMC e Estelle também participam do anúncio ao lado do jogador de basquete Kevin Garnett, do Boston Celtics, que se divertiu nas gravações.

Redação Sport Marketing

Fluminense apresenta uniforme 2009

O Conselho do Fluminense aprovou em reunião recente os novos uniformes para a temporada 2009. As principais mudanças estão nas camisas número dois e três. A camisa branca terá duas faixas diagonais, com as três listras da Adidas no ombro em grená e gola pólo. A inspiração veio do início do século, quando o Tricolor se vestia de maneira parecida. A grená contará com uma enorme faixa verde, na vertical, bem no centro e gola redonda. A camisa, que ficou parecida com os uniformes da comissão técnica, foi bem contestada pelos conselheiros, mas acabou aprovada. A camisa principal, a tradicional tricolor, é praticamente igual à atual. De novo apenas a gola em estilo "V".

Redação Sport Marketing

Maquinária Editora prepara livro do Corinthians

O primeiro projeto da recém-criada Maquinária Editora já nasceu. Trata-se da coleção Ídolos Imortais, inaugurada com o livro “Os dez mais do Flamengo”. Agora, a editora se prepara para o próximo lançamento: um livro do Corinthians, Dirigida pelos jornalistas cariocas Paschoal Ambrósio Filho e Roberto Sander, a Maquinária vai procurar ocupar uma fatia do mercado editorial com obras de não-ficção escritas essencialmente por jornalistas. A idéia é produzir livros com o perfil de reportagens históricas, nas quais a busca da agilidade do texto jornalístico, alicerçado pelo rigor de pesquisas minuciosas, será uma constante. “O livro do Flamengo é apenas o nosso pontapé inicial. Em dezembro, já sai o do Corinthians. A partir de março, praticamente todo o mês, teremos pelo menos um livro novo no mercado. Todos eles serão escritos por autores com formação jornalística. Entre eles estão Celso Unzelte (ESPN-Brasil), Arnaldo Ribeiro (Revista Placar), Paulo Marcelo Sampaio (TV Globo), Kenny Braga (Rádio Guaíba) e Marcelo Ferla (Revista Rolling Stones)” - disse Paschoal. Em meados de 2009, a Maquinária vai apresentar mais duas novidades. Um livro sobre o papel do futebol na formação da cidade de São Paulo, que está sendo escrito pelo jornalista Helvídio Mattos (chefe de reportagem da ESPN-Brasil), e a primeira obra de uma coleção sobre História do Brasil. Paschoal e Sander contam que essa parceria da Maquinária com os “coleguinhas” vai ser levada às últimas conseqüências. Até a escolha dos jogadores biografados na coleção Ídolos Imortais está sendo feita através de uma enquete entre jornalistas: “Logo percebemos que seria uma pretensão muito grande nossa definir os dez maiores jogadores de cada grande clube em todos os tempos. Por isso, pedimos a colaboração de jornalistas de destaque da imprensa brasileira. Nosso “júri” tem nomes de peso, tais como Ruy Castro, Fernando Calazans, Renato Maurício Prado, Roberto Assaf, Sérgio Noronha, Luiz Mendes, Daniel Piza, Heródoto Barbeiro, Celso Kinjô, José Geraldo Couto e Marcelo Duarte, entre outros. São profissionais desse naipe que ajudam o autor a definir quem são ‘Os dez mais’ de cada clube”- ressaltou Sander.“Assim a responsabilidade fica bem dividida, já que será impossível uma unanimidade sobre um tema tão polêmico. Sempre alguém vai achar que um foi mais ídolo do que o outro, o que é natural que aconteça”- completou Paschoal que tem 30 anos de experiência profissional. Foi editor-chefe na TV Bandeirantes, SBT-Rio e TV Manchete e gerente de eventos do canal Sportv da Globosat.

Redação Sport Marketing

Sport+Markt revela queda no valor de patrocínios de camisas

O valor do patrocínio nas camisas das principais equipes de futebol da Europa está em queda. De acordo com estudo realizado pela Sport+Markt, depois de seis anos em alta, esta é a primeira vez que os números caem. Na temporada 1999/2000 os clubes das principais ligas européias angariaram um total de 209,2 milhões de euros, um valor que foi subindo sucessivamente até a temporada passada, quando alcançou 405,3 milhões de euros. O estudo aponta que, neste ano, o valor dos patrocínios nas camisas dos clubes dos seis principais campeonatos europeus, onde não se inclui o português, ficará em torno de 393,2 milhões de euros. A Sport+Markt destaca também que o número de instituições financeiras ou seguradoras que patrocina os clubes das ligas inglesa, italiana, espanhola, francesa, holandesa, alemã desceu de 38 para 34 e que a baixa deverá ser ainda maior, uma vez que marcas como AIG, que patrocina o Manchester United, já anunciou que deixará de patrocinar o clube em 2010. Ainda segundo o estudo, o Manchester United foi substituído pelo Bayern Munique como o clube que conseguiu angariar um patrocínio mais lucrativo. Aston Villa e West Bromwich Albion estão sendo prejudicados pela crise financeira mundial e ainda não conseguiram angariar patrocínio para as camisas.

Redação Sport Marketing

Mercado: OdontoPrev conquista Índice de Sustentabilidade

A OdontoPrev, empresa parceira do Comitê Olímpico Brasileiro e maior operadora de planos odontológicos do Brasil, passa a fazer parte da nova carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo. As participantes da próxima carteira do ISE foram selecionadas entre 51 empresas que responderam a um questionário, desenvolvido pela FGV, e enviado a 137 companhias emissoras, dentre as 150 ações mais líquidas do mercado de capitais brasileiro. São ao todo 38 ativos de 30 companhias, totalizando, segundo a Bolsa, R$ 372 bilhões em valor de mercado. "A entrada da OdontoPrev no ISE é para nós uma grande honra. A Companhia sempre busca as melhores práticas de sustentabilidade e governança corporativa. No caso do ISE, que detém um conselho composto por importantes instituições do mercado, não poderíamos estar mais contentes com o reconhecimento" - disse José Roberto Pacheco, diretor de Controladoria, RI e Sustentabilidade da OdontoPrev. A nova carteira do ISE entrou em vigor no dia 1º de dezembro deste ano e ficará em vigência até 30 de novembro de 2009. Criado há três anos, o índice tem como base o conceito internacional Triple Botton Line (TBL), que avalia elementos ambientais, sociais e econômico-financeiros. A Odontoprev foi patrocinadora do livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros (selo COB-Cultural).

Redação Sport Marketing

Espanha estuda criar Ministério dos Esportes

O governo espanhol criará em breve o Ministério dos Esportes. Atualmente, esta disciplina está sob a responsabilidade do secretário de Estado para o Esporte, Jaime Lissavetzky, dependente do ministério de Educação, Política Social e Desporto."Quando houver uma reforma ministerial, haverá um ministério de Esportes" - prometeu o primeiro-ministro, José Luis Rodríguez Zapatero, ao referir-se aos êxitos obtidos pelo esporte espanhol em 2008, sendo o último deles a Copa Davis. "Estamos entre os melhores países do mundo" e "graças aos êxitos é fácil estar no 'G8' do esporte", elogiou, ao aludir ao movimento diplomático empreendido por seu governo na última reunião do G20, em 15 de novembro.

Redação Sport Marketing

26 de nov. de 2008

COB explica gastos com ciclo olímpico

A verba aplicada pelo Comitê Olímpico Brasileiro nos últimos quatro anos chega a corresponder à décima parte do que foi investido pela Grã-Bretanha, Alemanha e China no ciclo olímpico Beijing 2008 (2005 a 2008). O estudo do COB foi apresentado durante a audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle e na Comissão de Turismo e Desporto da Câmara. Durante três horas, os deputados das duas comissões puderam conhecer em detalhes como foi a participação do Brasil nos Jogos Olímpicos 2008 e a realidade do esporte brasileiro se comparada a países que ocupam o topo do quadro de medalhas olímpicas. O COB foi representado pelo presidente Carlos Arthur Nuzman e pelo superintendente executivo de esportes Marcus Vinicius Freire. Também participaram da audiência representantes de empresas estatais que patrocinam o esporte e os presidentes das Confederações de Atletismo, Desportos Aquáticos, Handebol e Voleibol. Durante a apresentação, Nuzman e Marcus Vinicius elencaram as responsabilidades e atividades do Comitê Olímpico Brasileiro, fizeram uma análise da participação do Brasil nos Jogos Olímpicos da China e compararam os investimentos feitos pelo COB com outros países de ponta do esporte mundial. Como exemplo, no ciclo olímpico para Beijing (2005 a 2008), o COB aplicou em atividades e nos programas das Confederações Brasileiras Olímpicas um total de R$ 288 milhões (cerca de US$ 133 milhões no quadriênio) oriundos dos recursos da Lei Agnelo/Piva e com a devida prestação de contas ao Tribunal de Contas da União e à Controladoria Geral da União. No mesmo período, a Austrália aplicou US$ 550 milhões no esporte, contra US$ 1 bilhão da Grã-Bretanha, US$ 1,2 bilhão da Alemanha e US$ 2 bilhões da China. "São países que, como Brasil, investem em uma gama variada de modalidades. A diferença está no montante dos recursos. Para se obter resultados como os desses países são necessários investimentos a longo prazo, entre oito e 12 anos, definição estratégica do que se quer atingir e gestão profissional para programas de alto rendimento. Mas vale ressaltar que os investimentos em um determinado ciclo não visam apenas a participação nos Jogos Olímpicos. Há todo um trabalho nas categorias de base que não aparece, mas que é importantíssimo para o longo prazo. Além disso, nos últimos quatro anos tivemos conquistas de títulos mundiais em diversas modalidades, como judô, taekwondo, ginástica artística, vela e vôlei, entre outros. Portanto, não faz sentido se dividir o valor investido no esporte pela quantidade de medalhas conquistadas nos Jogos Olímpicos. É uma conta que não existe no esporte"- afirmou Nuzman. O superintendente executivo de esporte do COB, Marcus Vinicius Freire, explicou a diferença de estratégia entre alguns países. "A Grã-Bretanha, por exemplo, levou a Pequim apenas o hóquei sobre a grama como esporte coletivo. Já países como Jamaica, Etiópia e Quênia investem os recursos apenas no atletismo, e mesmo assim em provas em que não competem entre si. O Brasil tem por tradição investir de forma equilibrada em todas as modalidades, mas está cada vez mais claro que para obtermos mais medalhas olímpicas será necessário direcionarmos os esforços para modalidades que distribuem muitas medalhas" - explicou. Os Jogos Olímpicos 2008 apresentaram avanços significativos do esporte olímpico brasileiro e marcaram mais um passo rumo ao desenvolvimento do esporte no país. A delegação brasileira já chegou a Beijing estabelecendo recordes, com um total de 277 atletas (o recorde anterior havia sido em Atenas 2004, com 245) e a participação em 32 modalidades esportivas (em Atenas foram 28). Das 15 medalhas conquistadas (3 de ouro, 4 de prata e 8 de bronze), seis foram inéditas, o que comprova a qualidade da preparação nos últimos quatro anos com os recursos da Lei Agnelo/Piva. Além disso, o país participou de 41 finais, um aumento de 36% em relação a Atenas 2004 e de 86% em relação a Sydney 2000. Na disputa direta pela medalha de ouro foram 31 contra 17 em Atenas, aumento de 82,35%. Dos 277 atletas da delegação, 75 conquistaram medalhas (27%), sendo que 108 (39%) disputaram finais. A análise feita pelo COB após 2008 conclui alguns fatos importantes. A conquista de medalhas está cada vez mais difícil. Se em Atenas 74 países conquistaram medalhas, em Pequim 2008 esse número saltou para 87, com a quebra de 128 recordes olímpicos e 42 recordes mundiais. Os países mais desenvolvidos do mundo também são os que mais ganham medalhas em Jogos Olímpicos. Dos 10 primeiros países no quadro de medalhas, oito fazem parte do G-8 e oito estão entre os 30 primeiros no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). "Em que pesem as dificuldades cada vez maiores para a obtenção de medalhas olímpicas, a evolução do esporte brasileiro é evidente. Estamos acelerando o ritmo de crescimento neste novo ciclo olímpico até 2012, a partir de uma nova definição de metas por modalidade. O COB está investindo no aprimoramento de sua gestão profissional e das Confederações, com foco nas melhores condições para os atletas e comissões técnicas" - finalizou Nuzman.

Redação Sport Marketing

LeBron James e Microsoft não renovam

LeBron James não renovou patrocínio com a Microsoft, gigante do ramo da informática. Keith Estabrook, porta-voz do ala do Cleveland Cavaliers - mesmo time do pivô brasileiro Anderson Varejão -, confirmou o encerramento do acordo de dois anos negócios entre a empresa e o jogador de basquete. LeBron foi garoto-propaganda da Microsoft, tendo participado de anúncios de novos produtos da megaempresa norte-americana. No entanto, o astro foi pouco utilizado, tendo feito comerciais para a televisão sobre novos produtos apenas no início de 2007. Nesta temporada, LeBron James aparece como o maior cestinha da liga norte-americana de basquete, liderando o Cleveland Cavaliers em uma campanha que já tem 11 vitórias e apenas três derrotas. LeBron James diz que a crise financeira economica mundial não vai dificultar os contratos de patrocínio, mesmo após a notícia do rompimento de acordo entre o golfista Tiger Woods e a General Motors (ler matéria arquivo Sport Marketing: GM cumpre promessa e corta verba do golfe). James, 23 anos, trabalha com uma série de empresas, incluindo Nike e Coca-Cola Co. . "Todos os contratos são de longo prazo. Só posso comentar aquilo que eu tenho e olhar em frente" - disse o jogador. James assinou um contrato de sete anos, no valor de US$ 90 milhões com a Nike antes de entrar na NBA.

Redação Sport Marketing

VERO é a empresa de consultoria do Rio 2016

A VERO, empresa de consultoria empresarial e comunicação especializada em esportes, fechou três importantes novos contratos: o International Paralympic Committee (IPC) - Comitê Paraolímpico Internacional, o Comitê Organizador da Candidatura Rio 2016 (cidade candidata a sediar os Jogos Olímpicos e os Jogos Paraolímpicos de 2016) e o projeto Beyond Sport - Além do Esporte (um projeto social apoiado pelo ex-primeiro-ministro Tony Blair - ler matéria arquivo Sport Marketing: LOCOG, Time, BBC e Honda apóiam entidade de ...). Junto ao IPC, o órgão mundial do Movimento Paraolímpico, a VERO prestará serviços de consultoria sobre a marca e estratégias de comunicação, marketing e patrocínio. O Comitê Organizador da Campanha RIO 2016 para sediar os Jogos Olímpicos e os Jogos Paraolímpicos, nomeou a VERO como a agência responsável pela campanha estratégica e de comunicação. A agência será responsável por gerir, inclusive, o dia-a-dia da implementação das atividades com a mídia, e para tal, a consultora Catherine St-Laurent ficará sediada no Rio de Janeiro. "Estamos muito satisfeitos por estar trabalhando com a equipe VERO. A VERO tem experiência em conduzir campanhas vencedoras internacionaias e contatos que acreditamos vão nos ajudar a conquistar o direito de sediar os Jogos de 2016 " - disse Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB. O IOC - International Olympic Committee -Comitê Olímpico Internacional irá selecionar a cidade que hospedará os Jogos de 2016, em 2 de outubro de 2009 no congresso em Copenhagen. Os valores dos novos contratos adquiridos pela VERO não foram revelados. As negociações foram fechadas durante a visita de membros do COB a Londres que resultaram, inclusive, em possibilidades de intercâmbio entre os comitês (ler matérias arquivo Sport Marketing: COB fecha intercâmbio com Associação Olímpica ...). Entre os clientes da VERO descam-se IAAF, UEFA, Liverpool.

Redação Sport Marketing

Copa Davis fecha contratos com empresas ambientalmente responsáveis

A Helix Wind, Inc. dos EUA, empresa responsável pelo design e a produção de pequenas turbinas de vento de eixo vertical, e a EDAL RE Inc., empresa argentina que produz energia renovável, são as novas patrocinadoras oficiais das finais da Copa Davis (BNP Paribas). O evento que terá disputas entre Argentina vs. Espanha, será disputado entre o 21 e 23 de novembro na cidade de Mar del Plata. A EDAL RE é a distribuidora exclusiva para a Argentina e o Brasil das pequenas turbinas de vento da Helix Wind. "Trata-se de um esforço pioneiro num importante evento esportivo na Argentina ou em qualquer parte do mundo"- afirmou Freddy Molina, diretor da EDAL RE Inc. "É um prazer sermos os principais patrocinadores e fornecedores de energia renovável em um evento esportivo tão prestigiado quanto a Copa Davis" - disse Scott Weinbrandt, presidente de diretoria da Helix Wind, Inc.

Redação Sport Marketing

Ronaldo no Timão

Especula-se que a diretoria do Corinthians está disposta a pagar cerca de R$ 200 mil mensais e buscar apoio e patrocínios junto a Nike e outros parceiros para totalizar R$ 600 mil por mês para a contratação do atacante Ronaldo. A vinda de Ronaldo para o Timão seria uma resposta da patrocinadora ao clube do Parque São Jorge, que tanto cobra apoio da empresa. O contrato entre o clube e a fornecedora termina esse ano, e seria fundamental para uma renovação a vinda do atleta. "O Ronaldo interessa!", disse Andrés Sanchez.

Redação Sport Marketing

COB encaminha projetos à Petrobras

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) encaminhou cinco projetos para a Petrobras, somando R$ 37 milhões em investimento. Nesse ano, a empresa liberou R$ 27 milhões para o COB, para ajudar na preparação olímpica para Beijing-2008. A informação da Folha de São Paulo salienta que os projetos encaminhados à Petrobras abrangem desde o esporte de base e iniciação até os atletas de ponta. O "Operação do Centro Olímpico de Desenvolvimento de Talentos" pede R$ 10,4 milhões para a manutenção e início das atividades do Parque Aquático Maria Lenk e do Velódromo do Rio, ambos legados do Pan-Americano de 2007. Já o "Rumo ao Ouro Brasil de Iatismo" quer R$ 4,5 milhões para uma semana de vela com atletas do exterior. Outros projetos contemplam preparação da nova geração para o ciclo olímpico de 2012, ajuda para os Jogos da Lusofonia e para a delegação que vai para os Jogos de Inverno de Vancouver, em 2010.

Redação Sport Marketing

LG torna-se parceria da F1

A LG Electronics foi anunciada como a nova parceira tecnológica da F1. A empresa sul-coreana será responsável por fornecer todos os aparelhos eletrônicos, celulares e processadores de dados para a categoria. Os valores da negociação não foram divulgados, mas pelo acordo de cinco anos, a LG terá o logo vinculado aos sistemas e aos gráficos de cronometragem. “A LG é uma empresa líder neste campo e pioneira no desenvolvimento de tecnologias, sempre preocupada com a excelência e o pioneirismo de produtos, assim como a F1.” -disse Bernie Ecclestone. "Este é um dos maiores desafios que a empresa já enfrentou e acredito que o investimento na categoria é muito valioso" - ressaltou Boden, chefe de marketing da LG.

Redação Sport Marketing

Santander na Ferrari

O Presidente do banco Santander, Emilio Botín, afirmou que a instituição deixará de patrocinar a McLaren e estará com a Ferrari a partir de 2010. O empresário também deixou claro que pretende levar para a escuderia italiana Fernando Alonso."O Santander está com a Ferrari em 2010, garanto"- disse Botín ao jornal "As" em Assunção, Paraguai. O piloto espanhol acabou de renovar com a Renault para as próximas duas temporadas, mas nunca escondeu o desejo de correr um dia na equipe de Maranello."Alonso é o melhor piloto do mundo e gostaria de trabalhar com ele. Ferrari e Santander são duas marcas vermelhas, por isso estaremos com a equipe e tentaremos o melhor piloto do planeta, ainda que isso seja algo que não dependa só de nós",-explicou. Na Ferrari, Felipe Massa e Kimi Raikkonen: ambos têm contratos válidos para 2009 e 2010.

Redação Sport Marketing

25 de nov. de 2008

Red Bull irá dominar a Toro Rosso

A Red Bull comunicou que a Toro Rosso voltará a assumir o controle total da escuderia. A matriz adquiriu os 50% da Toro Rosso que pertenciam ao austríaco Gerhard Berger. A negociação ainda necessita da aprovação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Equipe de desenvolvimento da Red Bull, a Toro Rosso se saiu melhor nesta temporada, fazendo 39 pontos - dez a mais do que a matriz. Além disso, Sebastian Vettel venceu o GP da Itália, disputado em Monza. Ele correrá pela Red Bull em 2009. A Toro Rosso ainda não definiu quais serão os pilotos na próxima temporada, já que Vettel deixou a equipe e o contrato de Sebastien Bourdais ainda não foi renovado. Sebastien Buemi, Takuma Sato, Bruno Senna e Rubens Barrichello são os nomes mais especulados.

Redação Sport Marketing

COB fecha intercâmbio com Associação Olímpica Britânica

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) acertou para o primeiro semestre de 2009 a visita do diretor de elite e performance da Associação Olímpica Britânica (BOA), Clive Woodward. O contato ocorreu durante a viagem de membros do COB à Alemanha e à Grã-Bretanha, entre os dias 13 e 20 de novembro. Na Europa, o superintendente executivo de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire, o gerente geral de desenvolvimento, Agberto Guimarães, e outros membros da entidade visitaram o Comitê Olímpico Alemão (DOSB) e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 (LOCOG). A intenção é estreitar a relação com alguns dos mais importantes Comitês Olímpicos locais e promover o intercâmbio esportivo entre os países. Na Alemanha e no Reino Unido, os representantes do COB se reuniram com membros dos Comitês Olímpicos locais e conheceram instalações e centros de treinamento de várias modalidades. "Conhecer o trabalho realizado em grandes centros esportivos aguça nossa visão, de maneira que tudo o que observamos e entendemos possa ser aplicado na nossa realidade" - afirmou Agberto Guimarães. "De contatos como esse feito com alemães e britânicos abrem-se novas oportunidades de desenvolvimento" - completou. Primeiro convidado a desembarcar no Brasil, Woodward ficou famoso por treinar a seleção inglesa de rúgbi que se sagrou campeã mundial em 2003, vencendo a Austrália, pela primeira vez na história, na final da Copa do Mundo, o que lhe rendeu a condecoração da Coroa Britânica. Hoje, integrante da Associação Olímpica Britânica, o treinador ministrará palestras visando à formação de treinadores olímpicos brasileiros.

Redação Sport Marketing

Atlético-MG demite departamento de marketing

O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, decidiu fazer uma limpa geral no departamento de marketing do clube. De acordo com o mandatário, a falta de resultados alcançados pela área foi decisiva para a decisão. "A porta do departamento de marketing foi fechada pelo prejuízo que esse setor deu no centenário do clube"- afirmou Kalil, ao UOL Esporte. "Não acho que tenha sido falha deles, mas o nosso clube simplesmente não precisa mais de marketing" - completou o mandatário. Neste momento, o Atlético-MG conversa com a Fiat para renovar o contrato de patrocínio, que vence no fim deste ano. Apesar das cifras girarem em torno de R$ 6 milhões, o clube sonha com um reajuste no acordo. Algumas fontes afirmam que apenas o diretor de marketing foi demitido.

Redação Sport Marketing

Nike apresenta bola da Libertadores 2009

A Conmebol apresentou em Assunção (Paraguai) a bola oficial da Copa Santander Libertadores da América 2009. Batizada de Total 90 Omni, ela é altamente resistente e foi desenvolvida pela Nike para elevar a precisão no chute e dar maior visibilidade para as jogadas dentro de campo. A bola, que é predominantemente branca e traz o logo da Conmebol, apresenta uma fita assimétrica gráfica na cor vinho que permite uma leitura mais rápida da sua localização, velocidade e trajetória em qualquer ângulo, ajudando na antecipação da jogada. O modelo também possui sulcos exclusivos e aerodinâmicos revestidos em poliuretano, além de gomos geométricos em formatos de hexágonos e pentágonos, que distribui a pressão do chute uniformemente, mantendo o seu formato esférico em quaisquer condições e situações de jogo. A bola oficial da Libertadores chega às lojas do Brasil em dezembro ao preço sugerido de R$ 399,90.

Redação Sport Marketing

Americanos contra altos contratos de naming rights

Apesar da forte crise financeira que assola o mundo, a maior parte das empresas americanas ainda mantém gastos de milhões de dólares em ações de marketing esportivo, principalmente, em naming rights, patrocínio, endossos, publicidade e propaganda. De acordo com o Sports Business Journal há, atualmente, cerca de 36 novos projetos de estádios, arenas e centros de treinamento em andamento nos EUA, que estarão prontos entre 2009 e 2010 e consumirão bilhões de dólares em investimento. Apenas considerando os principais projetos de sete novos estádios, serão gastos, aproximadamente, US$ 5,8 bilhões, mais de 2,7 vezes o que foi investido na Copa do Mundo da Alemanha. Apesar do retorno que o maketing esportivo pode vir a proporcionar para o patrocinador e para os times, há vários segmentos da sociedade americana contrários aos gastos, uma vez que boa parte destas instituições financeiras que têm contratos de longo prazo de naming rights ou patrocínio, tiveram, recentemente, uma injeção financeira do governo americano, o que indiretamente, quer dizer que recebeu dinheiro do contribuinte que paga impostos. Um relatório realizado pela rede ABC News, destaca empresas como a AIG, que vai receber 150 mil milhões de dólares do governo americano, embora gaste 125 milhões de dólares para ter o logotipo nos uniformes Manchester United. Um porta-voz da AIG americana disse que a AIG ainda está "revisando todos os patrocínios para identificar qualquer relação que possa ser essencial." Outra instituição financeira que recorreu à ajuda do governo é o Citibank, que aceitou bilhões de dólares advindos dos contribintes americanos, ao anunciar estado de emergência, mas, que, vai pagar US$ 400 milhões em 20 anos pelo naming rights do novo estádio do time de beisebol NY Mets que leva cerca de 4 milhões de torcedores por temporada. O nome do estádio é Citifield (campo do Citi, em português) - é o maior contrato de naming rights do mundo. "Este tipo de gasto é insustentável para o Citigroup e inaceitável para o maior investidor do grupo: o contribuinte americano. O Citigroup precisa encontrar uma maneira de sair deste contrato e gastar 400 milhões de dólares em reter os colaboradores e restabelecer a confiança nas operações" - disse US Representative Elijah Cummings. O mesmo acontece com o Bank of America, que recebeu 25 bilhões de dólares dos fundos americanos, mas que permanece com um contrato de 20 anos, no valor de 140 milhões de dólares pelo naming right do campo de futebol americano do Carolina Panthers. O grupo também, declaradamente, gasta 20 milhões de dólares por ano com o patrocínio do time de beisebol New York Yankees que, na temporada de 2009, já vai mandar os jogos no novo Yankee Stadium, com custo de construção de US$ 1,3 bilhão. De acordo com estimativas do mercado norte-americano, as receitas anuais com o novo estádio devem crescer cerca de 35% superando US$ 255 milhões em receitas anuais já em 2009. Em 2008 o Yankees levou 4,3 milhões de torcedores a seus 81 jogos em casa. O estádio que será compartilhado entre os times da NFL, NY Giants e o NY Jets, teve a construção orçada em US$ 1,7 bilhão. Há a possibilidade que novo contrato de naming rights do estádio atinja o valor recorde de US$ 900 milhões. "Qualquer investimento que fizermos no patrocínio marketing estão diretamente ligadas às condução do crescimento das receitas para o banco" - salientou Joseph Goode, porta-voz do Bank of America. O PNC Bank, recebeu de socorro a quantia de 7,7 bilhões de dólares do governo americano, porém tem um negócio de 20 anos no valor de 30 milhões de dólares em naming rights do campo do Pittsburgh Pirates - time de beisebol. A JP Morgan Chase, que rebeceu 25 bilhões de dólares dos cofres americanos, por 30 anos tem contrato de naming rights no valor de 66 milhões de dólares por batizar o estádio de time de beisebol Arizona Diamondbacks que foi assinado há 11 anos. O grupo Comerica, solicitou 2,3 mil milhões de dólares aos fundos, mas tem um contrato de naming com o estádio do time de beisebol do Detroit Tigers até 2028. Por enquanto, mesmo apesar das reivindicações de alguns grupos defensores do 'tesouro' americano, a perspectiva de receitas para times nos Estados Unidos e Europa ainda está garantida. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Especial: "Naming rights" uma tendência que veio ...; Sport Marketing: HSBC fecha naming rights com Arena; Sport Marketing: Especial: Ninho de Pássaro tem projeto de ...).

Sandra White - correspondente Sport Marketing -Estados Unidos

Juventus de Turim mostra projeto do novo estádio

A Juventus de Turim mostrou finalmente o projeto do novo estádio. Com uma média de 30 mil espectadores por jogo, o estádio Delle Alpi, construído para o Mundial de 90, sofrerá reformas, passará a se chamar “estádio Degli Agnelli”, e terá 40.200 lugares, semelhante à Allianz Arena de Munique. O custo é de aproximadamente 105 milhões de Euros. O clube espera arrecadar 75 milhões com a venda de naming rights. A empresa de construção do novo estádio será escolhida em março, enquanto a agência de marketing Sportfive ficará encarregada de encontrar um patrocinador até abril, mês do lançamento da pedra fundamental da obra. No total, o novo estádio da Juventus irá ter capacidade para 4 mil lugares de estacionamento, 8 restaurantes, 24 bares, 3 balneários, 459 lugares de imprensa, 34 mil metros quadrados de área comercial, tudo isto em funcionamento 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Redação Sport Marketing

Annika Sorenstam se aposenta

Aos 38 anos, a golfista sueca Annika Sorenstam decidiu colocar um ponto final na carreira profissional para se dedicar à família.Annika Sorenstam está de casamento marcado. A gosfista casa-se em janeiro com o desejo de tornar-se mãe o mais breve possível. A sueca, a melhor golfista do mundo por uma década, anunciou oficialmente a aposentadoria durante a realização do ADT Championship, na Flórida. Ela resolveu fazer o anúncio na cidade onde mora há 12 anos. Ela se retira aos 38 anos, com 10 títulos de Grand Slam e 72 do circuito LPGA. Annika Sorenstam é a mulher que mais ganhou dinheiro no golfe (quase 18 milhões de euros), isso sem contar as somas em endossos de marcas como Rolex. Depois de ter sido feliz nos campos, procura agora repetir o feito na vida pessoal. "O motivo da minha decisão é que tenho outras prioridades na minha vida. Mike e eu queremos começar uma família e eu estou muito orgulhosa disso. O golfe foi muito bom para mim e eu consegui mais do que podia desejar. Eu dei tudo de mim e foi uma época divertida” - explicou Sorenstam. Entre outros recordes, ela é a única mulher a jogar 59 num torneio oficial (Standard Register Ping de 2001, em Phoenix, quando fez 13 birdies e nenhum bogey e precisou de apenas 25 putts para completar o percurso de 6.459 jardas, onde errou apenas uma raia, acertou todos os greens e o maior putt para par foi de um metro de distância. Sorenstam é também uma das seis únicas mulheres que completaram o Grand Slam na carreira.Sorenstam foi a “Jogadora do Ano” do LPGA Tour oito vezes, incluindo cinco seguidas, série só quebrada por Lorena Ochoa, em 2006. Mas, com lesões no pescoço e nas costas, a sueca jogou mal e pouco em 2007, a única temporada em 13 anos em que ela não venceu ao menos um torneio. Hoje, além de construir campos de golfe, Sorenstam abriu uma academia no ano passado, perto de casa, em Orlando, e lançou a própria grife – Annika – e um site.

Redação Sport Marketing

Fernando Torres vira perfume

O jogador espanhol Fernando Torres, do Liverpool, herói da final do Euro’08 ao marcar o gol da vitória diante da Alemanha, é cada vez mais é requisitado para anúncios publicitários. Depois de ter emprestado a imagem ao El Corte Inglés, Torres, que confessa sentir vergonha quando se vê na televisão, aceitou agora ser o garoto propaganda da marca de perfume “Sportman Street.” Os valores do contrato não foram divulgados.

Redação Sport Marketing

David e Victoria Beckham faturam alto

David e Victoria Beckham estão muito bem na fita! O casal foi considerado o terceiro mais rico de Hollywood, graças aos 46 milhões de euros de rendimento no ano passado. O jogador dos LA Galaxy – que em breve rumará ao AC Milan por empréstimo – somou esta “pequena” fortuna com o contrato com o time de Los Angeles, mas também com as publicidades da Motorola, Pepsi e Adidas nas quais participou. Também a mulher, Victoria, contribuiu com o que ganhou na com o grupo Spice Girls e nas linhas de cosméticos, perfumes, óculos de sol e jeans.

Redação Sport Marketing

24 de nov. de 2008

VW fecha com seis times grandes

A Volkswagen Caminhões e Ônibus fechou parceria com seis grandes times de futebol. A empresa irá fornecer ônibus exclusivos para o transporte de jogadores para Corinthians, Santos, Flamengo, Vasco da Gama, Grêmio, Internacional e Atlético Paranaense. Os times terão à disposição das equipes o modelo Volksbus 18.320 EOT, equipado com todos os itens de conforto. Quatro dos clubes ainda participarão de uma promoção da Volkswagen Caminhões e Ônibus na Internet. Através do hot site http://www.vwcofutebol.com.br, os participantes ajudarão a escolher a pintura dos novos ônibus do Corinthians, Flamengo, Vasco da Gama e Internacional, votando em uma das três opções disponíveis no hot site. Os internautas também poderão participar do concurso cultural Craque de Idéias: o torcedor cria uma frase com a palavra "Volksbus" e o nome do time, concorrendo a camisas autografadas - serão cinco selecionados para cada clube. "A Volkswagen Caminhões e Ônibus irá, além de garantir exposição na mídia, relacionar o símbolo do clube à marca Volksbus, que oferece ao mercado produtos para o transporte de passageiros"- explica Roberto Cortes, presidente da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Uma grande campanha publicitária também começa, com inserções em jornais, rádios e Internet. Os ônibus serão apresentados às equipes e à imprensa em janeiro de 2009.

Redação Sport Marketing

Medial e Corinthians acabam casamento

O casamento entre a Medial e o Corinthians chegou ao fim. O vice-presidente de marketing do Timão, Luiz Paulo Rosenberg, anunciou que a Medial Saúde não será a patrocinadora oficial da camisa em 2009. O contrato de patrocínio vence no final deste ano. Em 2008, o clube recebeu R$ 16 milhões pelo acordo com o atual patrocinador. Mas para o próximo ano, já tem planos de receber R$ 20 milhões por temporada do novo parceiro para estampar a marcana frente e nas costas do uniforme. De acordo com Rosenberg, existem quatro interessados em estampar a marca na camisa alvinegra. Os nomes não foram revelados. Outras formas de patrocínio ao clube não estão descartadas para o próximo ano. Existe a possibilidade da Medial seguir como parceira corintiana, mostrando uma das empresas na manga pelo valor de aproximadamente R$ 5 milhões (ler matéria arquivo Sport Marketing: Mercado: Medial e Corinthians um casamento que ...).

Redação Sport Marketing

NBA e Globetrotters juntos disseminando cestas

A Liga Norte Americana de Basquete Profissional (NBA) fechou um acordo de marketing com a equipe do Harlem Globetrotters. A meta é difundir o basquete no mundo. Os valores do acordo não foram divulgados, mas a NBA vai programar e promover os jogos e eventos internacionais dos Globetrotters. A parceria começa em fevereiro e, segundo a publicação Street & Smith's, voltada para o negócio esportivo, o contrato será de cinco anos. Os Globetrotters é propriedade da empresa Shamrock Holdings. "Os Harlem Globetrotters são mundialmente famosos"- disse Heidi Ueberroth, presidente da NBA para parcerias globais de marketing e operações internacionais. "Ficamos contentes em fazer esta parceria, que complementa nossos esforços para manter o crescimento do jogo de basquete globalmente." A NBA já trabalha com a empresa AEG para criar 12 a 25 ginásios "estilo NBA" na China (ler matéria arquivo Sport Marketing: NBA pretende expandir na China).

Redação Sport Marketing

Vasco mostra novo uniforme Champs

A nova camisa do Vasco para a temporada 2009 já está à disposição do torcedor. A primeira camisa sob o desing da marca Champs, nova fornecedora de material esportivo do Gigante da Colina, está com a imagem no site oficial do clube (www.crvascodagama.com.br). A estréia dos novos uniformes está prevista para a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro. Ainda de acordo com a assessoria do Vasco, os modelos produzidos pela Reebok continuarão a ser fabricados e comercializados (ler matéria arquivo Sport Marketing: Vasco rompe com Reebok e segue com Champs).

Redação Sport Marketing

23 de nov. de 2008

Obama ratifica candidatura aos Jogos

O recém-eleito presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou em Istambul apoio à candidatura de Chicago para os Jogos Olímpicos de 2016. Obama afirma em vídeo, que a vitória ajudaria a acabar com o afastamento do país de outras nações. O senador de Illinois e morador de Chicago, além de novo presidente americano, declarou que os Jogos Olímpicos reforçariam os laços dos Estados Unidos com o mundo. Obama entrou no final com a apresentação de Chicago. "Creio no Olimpismo porque compartilhamos os mesmos valores, que são amizade, excelência e respeito mútuo. Os Estados Unidos se sentirão honrado em organizar os JO e servir ao movimento olímpico", disse. "Os JO reforçariam nossa amizade através do mundo", acrescentou o novo presidente americano.

Redação Sport Marketing

FIFA coloca à venda ingressos da Copa

Já estão à venda, pela internet, os ingressos para as partidas da Copa das Confederações. O evento será disputado na África do Sul, em junho de 2009. O Brasil está no grupo B, ao lado de Itália, Estados Unidos e Egito. Os ingressos para o torneio que começa em 14 de junho no estádio Ellis Park de Johanesburgo, mesmo local da decisão, que ocorre duas semanas depois, estão
disponíveis no site www.fifa.com. A Copa das Confederações de 2009, servirá de ensaio para o próximo Mundial e terá como palcos as cidades de Rustenberg, Pretória, Bloemfontein e Johanesburgo. Na África do Sul, os ingressos também poderão ser adquiridos nas agências de um banco local. Os mais baratos custarão 70 randes (US$ 7), muito menos do que custaram as dos Mundiais do Japão e Coréia do Sul, em 2002 (cerca de US$ 50) e da Alemanha, em 2006 (quando subiu para 35 euros), segundo o comitê organizador.

Redação Sport Marketing

Francis Obikwelu vende sapatilhas e inaugura Fundação

Dois mil euros foi quanto valeram em leilão as sapatilhas com que Francis Obikwelu ganhou as provas dos 100m e 200 m com os tempos de 9,99 s e 20,01 s, respectivamente, no Campeonato Europeu de Gotemburgo, na Alemanha, em 2006. As que o levaram ao pódio em Atenas, em 2004, garantiram mil euros à Fundação Francis Obikwelu, em Albufeira. Por último as sapatilhas verdes e vermelhas que Obikwelu usou em Beijing (ainda que não lhe tenham dado grande sorte) valeram 1800 euros, num leilão apresentado por Jorge Gabriel e Iva Domingues. No final da cerimônia Francis Obikwelu era um homem satisfeito por ter conseguido pôr em prática o projeto da Fundação que demorou cerca de um ano. "É um dia histórico para mim. Decidi criar a Fundação porque eu tive uma vida difícil como criança e assim as crianças que não tenham dinheiro podem fazer desporto, posso ajudar para que continuem a fazer desporto"- garantiu Francis Obikwelu, que celebrou 30 anos, data que fez coincidir com o lançamento da Fundação Francis Obikwelu, em Albufeira. Obikwelu quer agora encontrar jovens com talento, a toda a velocidade. A Fundação funcionará no Complexo das Piscinas Municipais de Albufeira e será apoiada pela prefeitura local. A instituição procurará ajudar jovens talentos para que se lancem na prática do atletismo e para isso "correrá" em três frentes distintas, uma Bolsa de Talentos (que apoiará a prática do esporte em crianças carenciadas com potencial), uma Academia de Talentos (que levará a prática do a todas as escolas de Albufeira) e de um prêmio "Talentos Escondidos", que garantirá uma verba de 10 mil euros aos três melhores talentos nacionais.

Redação Sport Marketing

Champs de olho no Corínthians

A próxima meta da marca de materiais esportivos Champs é o Corinthians. De acordo com o site FuteNet, as negociações estão avançadas e o Timão poderá estampar a marca em 2010. O contrato do time paulista com a Nike vence no fim do próximo ano. O Corinthians recebe por ano cerca de R$ 5 milhões da Nike. Segundo o presidente da Champs, Jeferson Virgilio Leandrini, 50 anos, a empresa vai fechar o ano com a conta de 22 clubes para 2009. "O Vasco acolheu a minha marca e vamos formar uma grande parceria" – disse Mariceli Leandrini, a outra fundadora da Champs. Recentemente, a Champs fechou contrato com o Vasco, porém, a empresa também patrocina Avaí (SC), Bragantino (SP), Guarani (SP), Santa Cruz (PE), Remo (PA), São José (SP), Paulínea (SP), Taubaté (SP), Operário (MT), Volta Redonda (RJ), Brasiliense e o Ibiza, da segunda divisão da Espanha. Devem se juntar à lista nos próximos dias mais três clubes. Os nomes mais especulados são os de Vitória, Náutico e Ponte Preta. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Vasco rompe com Reebok e segue com Champs; Sport Marketing: Champs faz proposta tentadora ao Vasco ; Sport Marketing: Cruzeiro pode ter novo fornecedor a partir de 2009; Sport Marketing: Adidas, Champs e Olympikus de olho no Corínthians; Sport Marketing: Santa Cruz faz a finta e troca de fornecedor ...; Sport Marketing: Corinthians a menina dos olhos da Nike? ; Sport Marketing: Nike ronda Grêmio).

Redação Sport Marketing

Liu Xiang vai para os Estados Unidos

O atleta chinês Liu Xiang, antigo recordista mundial dos 110 metros barreiras, viaja em dezembro para os Estados Unidos. O atleta se sujeitará a uma operação ao tendão de Aquiles do pé esquerdo. Liu Xiang, um dos mais conceituados atletas chineses, atravessa um ano particularmente difícil, depois de ter visto o cubano Dayron Robles superar o recorde mundial dele nos 110 metros barreiras e de ter desistido nos Jogos Beijing 2008. Nos Jogos Olímpicos, posicionado nos blocos de partida, Liu Xiang abandonou quando foi dado o tiro de partida no "Ninho de Pássaro" e deixou um estádio e um país inteiro a lamentar a desistência. Xiang procurava então revalidar o título olímpico conquistado em Atenas2004, que o tornou um autêntico herói para os chineses, mas acabou por abandonar os blocos agarrado à perna esquerda. O atleta viajou em outubro para os Estados Unidos, acompanhado pelo treinador, com o objetivo de se aconselhar com especialistas quanto à possibilidade de recuperação com recurso a métodos menos invasivos. "Desejo submeter-me a um método mais eficaz e que me permita a cura total, o mais rápido possível"- disse então o atleta. De acordo com o jornal China Daily, Liu Xiang prepara-se agora para ser operado, tendo o porta-voz do Centro de Atletismo da China já afirmado que a decisão de recurso à cirurgia está tomada e o objetivo é a recuperação rápida do atleta. (ler matérias arquivo Sport Marketing: O futuro de Liu Xiang ; Sport Marketing: Nike fica na pista com Liu Xiang; Sport Marketing: Nike e Coca-Cola seguem com Liu Xiang ; Sport Marketing: Liu Xiang e Fabiana Murer choram no 'Ninho de ...; Sport Marketing: Liu Xiang tem pernas de 14 milhões de dólares; Sport Marketing: Nike apresenta uniforme de astro chinês do atletismo; Sport Marketing: Estrela do atletismo chinês diz não ao ...; Sport Marketing: Nike x Adidas se preparam para números e pódios ...).

Redação Sport Marketing

Usain Bolt e Yelena Isinbayeva atletas do ano

O jamaicano Usain Bolt e a russa Yelena Isinbayeva, duas das grandes figuras dos Jogos Olímpicos Beijing 2008, foram eleitos atletas do ano pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF). Bolt, o homem mais rápido do mundo, ganhou ouro nos 100 (9,69 segundos), 200 (19,30) e 4x100 metros (37,10) com recordes mundiais nas três distâncias e foi condecorado pela primeira vez pela entidade como atleta do ano (ler matérias arquivo Sport Marketing: Usain Bolt, o puma mais rápido do mundo; Sport Marketing: Bolt e Puma levam crianças chinesas à Copa de 2010; Sport Marketing: Usain Bolt e Veronica Campbell-Brown embaixadores ...; Sport Marketing: 2 - o número da sorte de Usain Bolt; Sport Marketing: Usain Bolt vira garoto propaganda na Inglaterra; Sport Marketing: Real Madrid fecha com Usain Bolt!; Sport Marketing: Usain Bolt esbanja popularidade; Sport Marketing: Beijing, marca a história do marketing olímpico; ). Já Isinbayeva, que também coroou o título olímpico no salto com vara com o 24.º recorde mundial nesta especialidade (5,05 metros),tornou-se a primeira mulher a receber a distinção de atleta do ano pela IAAf por três vezes, depois das eleições de 2004 e 2005. Isinbayeva bateu as etíopes Tirunesh Dibaba, que "imitou" o compatriota Bekele e também juntou o título olímpico dos 5.000 ao dos 10.000 metros, e Pamela Jelimo, campeã olímpica dos 800 metros e a única a vencer nos seis "meetings" da Golden League. Além dos troféus Bolt e Isinbayeva ganharam um check de US $ 100.000. Na corrida ao prêmio individual masculino estavam também o etíope Kenenisa Bekele, campeão olímpico dos 5.000 e 10.000 metros, e o cubano Dayron Robles, que ganhou medalha de ouro nos 110 metros barreiras em Beijing, cerca de um mês depois de ter batido o recorde mundial da distância (12,87 segundos) (ler matérias arquivo Sport Marketing: Yelena Isinbayeva em frascos; Sport Marketing: Isinbayeva milionária exterminadora de recordes). Usain Bolt está perto de se tornar o mais caro corredor olímpico já no próximo verão. Especula-se que os preços da participação de Bolt em torneios na Europa podem alcançar cerca de US$$ 200000 (£ 134000) até o próximo Campeonato do Mundo, em Berlim. De acordo com Ricky Sims, empresário que cuidou da carreira do atleta desde 2004, os ganhos financeiros de Bolt "provavelmente já fezem dele um milionário, mas não um homem rico comparativamente a outros esportitas como o jogador de futebol David Beckham, o golfista Tiger Woods e o tenista Roger Federer ". "Usain ainda está no início da carreira e o que desejamos é que ele siga neste nível em Londres nos Jogos Olímpicos. Nós queremos, acima de tudo mantê-lo como um atleta. Em 2013, ele pode se tornar o primeiro atleta 10 milhões de dólares"- ressaltou o agente. Bolt parece imune à fama e fortuna, mas admitiu que havia chegado em um alto estilo de vida para o padrão jamaicano. "As pessoas dizem que eu não posso correr e sair rápido demais, mas eu lhes mostrei que não é verdade. " - disse o atleta, cujos últimoscompromissos promocionais o fizeram perder várias semanas de treinamento após o retorno para a Jamaica após a temporada européia.

Redação Sport Marketing

22 de nov. de 2008

Proposta indecente

Um patrocinador do FC Copenhague, da Dinamarca, inventou uma maneira inusitada de incentivar os jogadores a vencerem os jogos do campeonato local. Por cada triunfo no torneio nacional, cada atleta receberá em troca dois filmes pornô. A BN Agentur, patrocinador do FC Copenhague, é uma empresa belga de produções adultas. "Os jogadores recebem os últimos títulos do gênero"- explicou um porta-voz da empresa. Com essa premiação especial, o time briga pelo título da liga.

Redação Sport Marketing

Usain Bolt - ainda mais veloz sobre rodas

O homem mais rápido do mundo irá pilotar uma Ferrari. Bolt estará no volante do modelo 2008 da Ferrari, equipe de F1. O teste será em Montecarlo, horas antes da eleição do atleta do ano, festa promovida pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF). O teste de Bolt será nas imediações do hotel Fairmont, perto da mais famosa e fechada curva do Grande Prêmio de Mônaco. Conforme noticiou o Sport Marketing em 17.09.2008 (ler matéria arquivo Sport Marketing: Real Madrid fecha com Usain Bolt!), Usain Bolt, três medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Beijing, fechou acordo com o Real Madrid. O velocista jamaicano irá treinar com a equipe espanhola. Bolt confirmou que convite partiu da diretoria merengue e que a possibilidade de trabalhar ao lado de Raúl e Van Nistelrooy motivaram a decisão. "Eu vou aceitar. Creio que Raúl e Van Nistelrooy são os dois maiores goleadores da história. Tenho acompanhado Nistelrooy desde que ele jogava no Manchester United"- disse o recordista mundial das provas de 100, 200 e revezamento 4x100 metros que, quando criança, sonhou em ser jogador de futebol. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Usain Bolt vira garoto propaganda na Inglaterra; Sport Marketing: Bolt e Puma levam crianças chinesas à Copa de 2010; Sport Marketing: Usain Bolt e Veronica Campbell-Brown embaixadores ...;Sport Marketing: 2 - o número da sorte de Usain Bolt ;Sport Marketing: Usain Bolt, o puma mais rápido do mundo ).

Redação Sport Marketing

19 de nov. de 2008

Santos lança nova linha de produtos

O Santos expandiu a linha de produtos licenciados. O Peixe lançou caixas de som, teclado, mouse pad e mouse para computador. São produtos inéditos, com design exclusivo. A empresa responsável pela criação é a Clubfan. “Nós apostamos dois mil itens na primeira encomenda e cerca de 20 mil unidades para as próximas remessas” - disse o diretor de Marketing da Culbfan Francisco Sales. "Estes produtos são inéditos, apresentam um design arrojado, são de ótima qualidade e estarão disponíveis no mercado com um valor acessível. O departamento de Marketing vem trabalhando para ampliar cada vez mais todas as linhas de produtos e, com certeza, estes também terão grande aceitação da torcida” - salientou Mônica Fontão, coordenadora de Produtos Licenciados do Santos. Os últimos lançamentos estão à venda em todo o Brasil e na loja virtual do Santos FC, a Sempre Santos (www.sempresantos.com.br). Os produtos também estarão à venda na Umbro Store (a loja oficial da Vila Belmiro) e na Santos Mania.

Redação Sport Marketing

GM cumpre promessa e corta verba do golfe

Conforme noticiou o Sport Marketing em matéria publicada em 26.10.2008, o contrato de patrocínio entre o golfista Tiger Woods e a GM estava em risco devido à intenção da fabricante de realizar cortes nos custos devido à crise financeira mundial (ler matéria arquivo Sport Marketing: Tiger Woods e GM sentam para negociar). Uma das primeiras ações foi encerrar o contrato de patrocínio no final deste ano com o golfista Tiger Woods. A GM e Woods, que se recupera de uma cirurgia de reconstrução do joelho, classificaram a decisão como "mútua e amigável". O patrocínio perdurava há nove anos. Tiger foi garoto-propaganda de produtos da GM em vários países, principalmente para a Buick, uma das empresas do conglomerado da General Motors."Eu estou muito orgulhoso de ter tido esta longa parceria com a GM e sei que participei do desenvolvimento dos produtos da companhia nos últimos anos"- disse Woods, num pronunciamento recebido pela imprensa. A montadora de Detroit, que investe significativamente no golfe, tem cortado os gastos com marketing em todos os locais de venda, cortes de gastos em esportes motorizados, e eliminando propagandas de televisão para o próximo ano durante as transmissões de eventos como as premiações do Oscar e dos Emmy awards, além da final do campeonato de futebol americano, o Super Bowl. Woods continuará a dirigir veículos Buick durante o ano de 2009. Nos últimos nove anos, Woods tem divulgado produtos da GM no mundo tudo, e tem sido bastante associado com a marca Buick nos mercados dos EUA, do Canadá e da China.

Redação Sport Marketing

Coulthard troca pistas pela telinha

David Coulthard já tem definido o futuro. O escocês foi apontado como um dos membros da futura equipe de comentaristas de F1 da BBC, detentora dos direitos de televisão do Mundial de F1 na Inglaterra. Ao lado do escocês estarão Eddie Jordan, antigo diretor da equipe Jordan F1, Martin Brundle, outro ex-piloto e com vasta experiência enquanto comentarista de tv, Jonathan Legard e o histórico e inconfundível Murray Walker. Este último, de acordo com a emissora, terá uma "presença regular" no site. "A paixão pelo esporte ainda está muito viva e, como tal, fiquei muito entusiasmado com a hipótese de partilhar a minha visão e as minhas experiências através da cobertura da BBC" - disse o piloto que se aponsentou no final desta temporada.

Redação Sport Marketing

IAAF fecha com Adidas

A IAAF fechou parceria de 11 anos com a Adidas. A partir do acordo, a fábrica de materiais esportivos alemã passou a deter os direitos de patrocínio mundiais de todos os eventos da entidade até 2019. O contrato, cujas bases financeiras não foram reveladas, permite que a Adidas se envolva em todos os aspectos do atletismo, inclusive varejo, ajudando no desenvolvimento e criação de novos produtos relacionados. A companhia também será a patrocinadora oficial do Mundial de Atletismo realizado pela IAAF, EM 2009, em Berlim.

Redação Sport Marketing

Espanha pode se candidatar à Copa do Mundo

Ángel María Villar, reeleito para mais quatro anos à frente da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), anunciou a pretensão de solicitar a organização da Copa do Mundo de 2018. Após saber sobre a reeleição, o presidente da Federação Espanhola disse que quer se "aprofundar na unidade" imprescindível para alcançar todos os objetivos sem esquecer que "a divergência é saudável e positiva". "Um dos objetivos fundamentais será trazer para a Espanha uma fase final de Copa do Mundo, que pode ser a de 2018. Estando unidos, tendo a administração unida, a sociedade espanhola unida, nossa candidatura será invencível" - assegurou o presidente da RFEF, que marcou como outro grande objetivo a atuação da Espanha no próximo Mundial, na África do Sul, em 2010."Solicito a todo o futebol espanhol que estejamos unidos e continuemos por esse caminho"- apontou Villar, que frisou que quer também "afundar" a relação com o Governo após superar "alguns problemas". O presidente da RFEF não quis revelar se seria uma candidatura conjunta entre Espanha e Portugal.

Redação Sport Marketing

Vasco rompe com Reebok e segue com Champs

O Vasco trocou a fornecedora de material esportivo. A nova patrocinadora do clube é a Champs. O novo acordo implica na quebra unilateral do contrato com a Reebok e, desta forma, o time terá de pagar cerca de R$750 mil à marca inglesa, cuja parceria se encerraria apenas no fim de 2009. A empresa pagava R$ 3,5 milhões anuais ao clube. "Estamos felizes com esta parceria. O material é de qualidade boa e juntos vamos fazer uma grande equipe. Quero parabenizar toda a equipe que participou da negociação e agradecer a Champ’s que acreditou nesta parceria. Vai ser uma parceria vitoriosa. O Vasco vai ser campeão com a Champ’s e a Champ’s campeã em vendas com o Vasco" - disse o presidente Roberto Dinamite. O Vasco tem ações na Justiça movidas por antigas fornecedoras de material esportivo: Penalty, Kappa e Umbro. Além disso, o clube promete lançar a camisa oficial por um preço popular para acabar com a pirataria. A camisa vai custar R$ 40 e será lançada em uma cerimônia em dezembro, com dada ainda não divulgada. Segundo a diretoria, o Vasco tem uma venda de 220 mil camisas de futebol por ano. A empresa canadense, que patrocina no Brasil Portuguesa, Ituano, América-RJ e Bragantino, firmará vínculo com o Cruzmaltino por três anos e meio e deve pagar pelo período contratual algo em torno de R$ 23 milhões. A Champs passa a fabricar os uniformes do Vasco a partir do dia de 1º janeiro de 2009. O terceiro uniforme vai voltar a passar a ser comercializado. O clube teve uma valorização de 384% em relação ao contrato anterior. O Vasco vai receber R$ 21,252 milhões por 42 meses de contrato, o que significa R$ 506 mil por mês. A camisa, que terá as clássicas versões preta e branca, manterá as logomarcas Habib´s e MRV. Além da fornecedora de material esportivo, o Vasco negocia um novo patrocínio para o clube e até dezembro deve ser anunciado o acerto com a Eletrobrás. A empresa poderia injetar cerca de R$ 19 milhões por ano.

Redação Sport Marketing

Bekham e Phelps na lista dos mais sexies

O jogador de futebol David Bekham e o nadador Michael Phelps estão entre os homens eleitos como os mais sexies do mundo, pela revista "People". A publicação, não satisfeita em estampar as fotos dos homens colocou também os perfumes que usam nas páginas. É só raspar a foto e sentir o aroma. Bekham e Phelps, escolheram fragrâncias conhecidas, como o L'Homme, da YSL.

Redação Sport Marketing

França critica LOCOG

O ex-chefe do comitê da candidatura francesa aos Jogos Olímpicos de 2012, Philippe Baudillon, que perdeu para Londres o direito de sediar o mega evento, veio a público afirmar que a previsão de custos apresentada pelos britânicos nunca foi “realista”. “O orçamento de Paris era muito, muito mais preciso”- disse Baudillon. “Londres subestimou muitos custos e pode ver agora que os custos reais são muito maiores do que imaginava”. Desse modo, o francês mostra que ainda não engoliu a votação realizada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em junho de 2005. “As pessoas de Londres-2012 foram melhores ‘vendedores’ que as nossas. Mas isso é muito mais fácil de fazer quando você tem um contrato e realizou várias promessas que não pode cumprir. Em primeiro lugar, eles foram muito otimistas em termos de custos e, em segundo, há a crise econômica, que não é previsível. Portanto há muitos problemas com o orçamento”. (ler matérias arquivo Sport Marketing: A sorte olímpica de Londres; Sport Marketing: Crise pode afetar Jogos de Londres 2012; Sport Marketing: VisitBritain cria ações visando os Jogos; Sport Marketing: Londres 2012 nomeia agência de marketing; Sport Marketing: Londres 2012 fecha com BT; Sport Marketing: Nike faz campanha de olho em Londres 2012; Sport Marketing: Londres constrói parque aquático para 2012; Sport Marketing: Ministra britânica confiante com Jogos; Sport Marketing: Cadbury - um parceiro de pêso; Sport Marketing: Lloyds TSB Group é o primeiro a utilizar os ...; Sport Marketing: LOCOG procura agência para idealizar mascote; Sport Marketing: Londres em contagem regressiva; Sport Marketing: Londres lança nova "raspadinha" olímpica; Sport Marketing: Londres 2012 - British Airways fecha com LOCOG; Sport Marketing: Cadbury de olho nos Jogos de 2012 Sport Marketing: Sport Marketing: Ministra Britânica dos Jogos de 2012 vem ao Brasil; VISA inova para os Jogos de Londres 2012; Sport Marketing: Adidas lança camiseta Londres 2012; Sport Marketing: Record pretende bater sozinha recorde dos Jogos ...; Sport Marketing: Terra carimba passaporte para Jogos de 2010 e 2012).

Redação Sport Marketing