2 de out de 2008

Unimed e Fluminense em crise

Como se não bastasse ter que fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Fluminense também convive com problemas fora dos gramados. Em uma reunião do Conselho Deliberativo do clube, alguns conselheiros teriam pedido a saída da Unimed, cujo contrato vai até o final do ano que vem. Além da briga com o patrocinador, financiador de boa parte dos jogadores tricolores, os conselheiros também estariam pressionando para demissão do coordenador de futebol Branco. Diante da crise, o presidente Roberto Horcades tentou minimizar a situação e garantiu que não pensa em mudanças radicais. “Dentro da democracia que impera no clube, todo conselheiro tem o direito de se expressar. Mas a opinião de um membro não reflete a de todo o Conselho e muito menos a do presidente do clube” - disse. A Unimed é parceira do Fluminense desde 2002, quando trouxe Romário para as Laranjeiras. De lá pra cá, ajudou o time a vencer um Campeonato Carioca (2005) e uma Copa do Brasil (2007), além do vice-campeonato da Libertadores, em 2008.

Redação Sport Marketing