2 de out de 2008

Petrobras e Flamengo - sem combustível para continuar

A Petrobras, patrocinadora do Flamengo há 24 anos, emitiu nota de esclarecimento negando os boatos que apontavam uma dívida da empresa com o Rubro-Negro. Na nota, a estatal diz que o contrato - que vigora até 31 de janeiro de 2009 - só será renovado depois que algumas pendências forem resolvidas. Um dos motivos da crise, de acordo com a Petrobras, foi o fato de o Flamengo ter disputado um campeonato de ginástica artística, em Maceió, sem qualquer exposição da marca nos uniformes, o que acarretaria uma multa de 10% do valor do patrocínio, de acordo com o contrato vigente. Segundo o Estadão, o clube da Gávea recebeu da estatal uma carta-resposta comunicando que não tem interesse em renovar o contrato de patrocínio nos termos solicitados pela diretoria do time. Porém, o site Globoesporte disse que segundo a assessoria de imprensa da estatal, "ainda haverá uma conversa entre as duas partes, possivelmente na semana que vem, para que a proposta seja discutida". Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da Petrobras, "a Companhia esclarece que a Petrobras não deixou de efetuar qualquer pagamento contratual. Em março do corrente ano, quando da assinatura do contrato de patrocínio, foi paga a primeira parcela correspondente a 50% do valor total previsto, ficando o restante a ser pago em seis parcelas iguais, a partir do sexto mês do contrato, ou seja, setembro. A Petrobras, visando adequar o cronograma de desembolso ao calendário do futebol brasileiro, ainda propôs e foi aceito pelo Flamengo um aditivo contratual, para que todo o valor fosse desembolsado durante o ano de 2008, uma vez que as contrapartidas negociadas com o Clube são válidas somente até o final deste mesmo ano. Com isso, o cronograma de pagamento foi regularizado dentro do período de julho a dezembro. A empresa salienta que não há qualquer interesse em reter pagamentos por parte da Petrobras, mas que os compromissos contratuais sejam cumpridos e que as obrigações legais sejam respeitadas. A pendência existente no pagamento será regularizada, deduzindo-se o valor da multa já citada, assim que as situações de descumprimento das contrapartidas contratuais forem regularizadas e a Certidão Negativa de Débito da Secretaria Municipal de Fazenda for apresentada pelo C.R. Flamengo. Quanto ao prazo dado pelo Clube para aprovação da nova proposta para 2009, a Empresa estranha tal posição, já que o atual contrato está em vigor e com pendências a serem resolvidas." Especula-se que o Mengo recebe R$ 16 milhões anuais da Petrobrás pelo patrocínio. Para renovar, a direção teria exigido um reajuste de, aproximadamente, 25% para 2009. Uma coisa é fato: assim como ocorreu com a Nike, o departamento de marketing do Flamengo não consegue manter bons relacionamentos com as empresas que forma parceria. Vai ser difícil se continuar assim!

Redação Sport Marketing