15 de out de 2008

Ketleyn Quadros busca patrocínio

A judoca Ketleyn Quadros, bronze em Beijing, primeira mulher brasileira a ganhar uma medalha individual na história dos Jogos Olímpicos, está sem patrocínio de empresas privadas e decidiu se inscrever no Bolsa-Atleta. Segundo comunicado divulgado pelo Ministério do Esporte, a lutadora está enquadrada na categoria olímpica, cujos atletas recebem a ajuda de custo mensal de R$ 2,5 mil por quatro anos. "Infelizmente ainda não pintou nada!" – afirmou a atleta, referindo-se ao patrocínio de clubes e empresas privadas. O Ministro do Esporte, Orlando Silva, anunciou o aumento do recurso do programa que passarão a ser de R$ 42 milhões. Com esse valor pela primeira vez, o programa atenderá 100% dos atletas aptos a serem beneficiados pelo Bolsa-Atleta. O benefício é exclusivo para esportistas que não possuem patrocínio.

Redação Sport Marketing