19 de out de 2008

Ex-presidente da Câmara de Beijing condenado à morte

Casos e escândalos de suborno e propina relacionados à gestão esportiva e mega eventos não são exclusividade do Brasil. Liu Zhihua, afastado em 2006 por corrupção do cargo de vice-presidente da Câmara de Beijing, onde era responsável pelos projetos de construção das infra-estruturas dos Jogos Olímpicos de 2008, foi condenado à morte, mas teve a pena suspensa. De acordo com a imprensa oficial chinesa, Liu Zhihua, 59 anos, foi acusado de ter beneficiado do cargo de vice-presidente da Câmara para receber subornos de vários milhões de yuans e por ter atribuído ilegalmente projetos de construção. Liu foi condenado à morte, com pena suspensa de dois anos, por um tribunal da cidade de Hengshui, na província de Hebei. Este tipo de condenações funciona em geral como uma pena de prisão. Liu foi condenado por ter recebido 6,97 milhões de yuan (cerca de um milhão de dólares, de subornos enquanto vice-presidente da Câmara e diretor de um parque de ciências de 1996 a 2006, segundo um documento do tribunal citado pela Nova China."Os subornos foram recebidos por Liu e pela mulher dele Wang Jianrui. Liu abusou do
poder para obter projetos de contratos, de empréstimos e oferecer promoções a outras pessoas em troca de contrapartidas" - indicou a Nova China, citando a decisão do tribunal.

Redação Sport Marketing