31 de out. de 2008

Liquigás entra a justiça

A Liquigás, patrocinadora do Botafogo, entrou com uma ação contra a CBF na 5ª Vara Cível do Rio de Janeiro. O motivo é a transferência da partida entre o Botafogo e Flamengo do Engenhão para o Maracanã. A intenção da empresa é conseguir uma liminar para que o Bota, mandante da partida, possa jogar em casa, no Engenhão. A decisão da CBF de transferir o jogo para o Maracanã teve como base, a posição da Polícia Militar, que recomenda que os clássicos cariocas sejam disputados apenas no Maracanã por motivos de segurança.

Redação Sport Marketing

Cerimônia de Abertura do Pan ganha mais um

A Cerimônia de Abertura dos Jogos Pan-americanos do Rio-2007 segue ganhando prêmios. O filme do evento venceu o festival de Filmes Esportivos para Cinema e TV, na categoria Esporte e Sociedade. O evento que acontece todos os anos em Milão, na Itália, é promovido pela Federação Internacional de Cinema e Televisão Esportiva - FICTS. Neste ano foram selecionados 172 filmes para a fase final em nove categorias. A entrega do prêmio será feita, em Milão, ao produtor executivo da cerimônia carioca Scott Givens. "Este prêmio é mais uma forma de eternizar a magnífica Cerimônia de Abertura do Rio-2007. Isso nos estimula ainda mais a trabalhar com afinco no projeto de candidatura à sede dos Jogos Olímpicos de 2016" - afirmou Nuzman. Este foi o nono prêmio internacional da Cerimônia de Abertura do Pan, a qual reuniu cerca de 900 pessoas na produção e seis mil voluntários.

Redação Sport Marketing

Bruno Senna namora com Honda

Bruno Senna, piloto da equipe iSport International na GP2, confirmou que está em negociações com a Honda para a próxima temporada da F1. "Vim aqui conversar com o pessoal para manter o relacionamento. Estou negociando com eles" - afirmou e também admitiu conversas com a Toro Rosso. Nesta equipe, ele conta com o apoio do co-proprietário Gerhard Berger, amigo da família e companheiro de Ayrton Senna na McLaren, que já deu conselhos para Bruno que foi visto na área reservada aos engenheiros da Honda, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, onde participou de uma reunião durante, aproximadamente, dez minutos.

Redação Sport Marketing

Vivo na onda do suf

A Vivo é uma das patrocinadoras oficiais do Hang Loose Santa Catarina Pro 2008, etapa brasileira do WCT, evento que reúne a elite do surf mundial. Cerca de 50 surfistas profissionais participam da disputa que ocorre entre os dias 28 de outubro a 5 de novembro na Praia da Vila, em Imbituba (SC). Para marcar presença na maior festa do surfe mundial no país, a Vivo montou um camarote especial na Praia da Vila. O espaço, além de apresentar os principais produtos e serviços da companhia, como download de músicas e vídeos, recursos de envio de mensagens SMS e MMS, oferece ainda aos visitantes o acesso gratuito à Internet, via Vivo Zap. A Vivo também está presente na Cidade do Surf na sexta-feira e no domingo até as 20h e no sábado até 1h. Neste espaço, a empresa apresenta o "Vivo Recicle seu Celular", programa pioneiro de coleta e reciclagem de celulares, acessórios e baterias. O recurso obtido com a ação é revertido para projetos do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) que ajudam a preservar a fauna e a flora brasileiras.

Redação Sport Marketing

Reebok cozinha Vasco e MRV não renova

A MRV não terá contrato renovado com o Vasco, já a Reebok, cozinha a diretoria do time, que aguarda uma resposta da empresa fornecedora de material esportivo. Desde 2006 em São Januário, atualmente, a Reebok paga ao time algo em torno dos R$ 70 mil mensais. De acordo com o vice-presidente de marketing do Vasco, José Henrique Coelho, a etapa final na tentativa de renovação já foi dada para o entendimento com a Reebok."Estamos renegociando. O último passo foi o encaminhamento da contraproposta. E acredito que teremos uma resposta na próxima terça, quarta-feira" - disse o dirigente. Caso não acerte a renovação, a Adidas e a Champs já demonstraram interesse.

Redação Sport Marketing

Federação Polaca de Futebol tem novo presidente e novos desafios

O novo presidente da Federação Polaca de Futebol (PZPN), Grzegorz Lato, aventou a possibilidade de assumir a organização conjunta do Europeu de 2012 com a Alemanha, em caso de incapacidade da Ucrânia.“A Alemanha poderá juntar-se (ao projecto de organização do Euro2012)” - disse Lato, eleito presidente da PZPN, após ter sido questionado sobre as dificuldades econômicas que se vivem na Ucrânia. Lato reafirmou a capacidade da Polônia em acolher a prova européia de seleções e, apesar de admitir a entrada em cena da Alemanha, manifestou-se confiante em que “a Ucrânia terá tudo preparado em tempo útil”.

Redação Sport Marketing

Prêmio Brasil Olímpico chega à décima edição

O Prêmio Brasil Olímpico , a mais importante festa do esporte brasileiro chega, em 2008, à décima edição. Organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) desde 1999, a cerimônia será realizada no Teatro do MAM (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro), no dia 16 de dezembro. O tema central serão os Jogos Olímpicos Beijing 2008. Na cerimônia, serão homenageados os melhores atletas em 43 modalidades, entre elas todas que foram disputadas em Beijing, além do Melhor Atleta do Ano, masculino e feminino. A escolha dos destaques do ano será feita por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes esportivos, atletas, ex-atletas e personalidades do esporte, com base em uma lista tríplice encaminhada ao COB por cada Confederação Brasileira Olímpica. Este mesmo colégio eleitoral escolherá o melhor atleta em cada uma das 43 modalidades em disputa. A votação final que apontará o Melhor Atleta do Ano será realizada via Internet, por intermédio do site do COB, a partir do dia 15 de novembro. A votação popular irá até o dia 15 de dezembro, um dia antes da cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico 2008.

Redação Sport Marketing

Dorna fecha com Cingapura

A Dorna, empresa detentora dos direitos comerciais da MotoGP, firmou um acordo com um empresário de Cingapura - cujo nome não foi revelado - para que seja organizada uma das 18 corridas do mundial de motociclismo no país. "Sim, posso dizer que firmamos um acordo com uma promotora de eventos para que organizem uma corrida do Mundial de motociclismo em Cingapura" - disse o español Carmelo Ezpeleta, da Dorna, ao periódico Today. "Mas depende de quando poderá estar pronto um circuito permanente que será construído. Achamos que estará terminado dentro de três anos e que a corrida poderá ser disputada em 2011 ou 2012".

Redação Sport Marketing

F1 movimenta pirataria

Camisetas, bonés, autógrafos. A dois dias para o GP Brasil de F1, o comércio ambulante na região do Autódromo de Interlagos acelera as vendas de produtos da escuderia italiana. Os preços pelos souvenirs não-oficiais variam entre R$15 a R$30. Bonés com "autógrafos" de Massa são vendidos pelo valor de R$15. Já uma camisa da Ferrari é comercializada pela quantia de R$30. Além disso, há bottons e protetores de ouvido customizados com a marca da equipe italiana que também podem ser encontrados nos arredores de Interlagos.

Redação Sport Marketing

F1 dá carona aos Jogos de 2016

A candidatura do Brasil paraos Jogos Olímpicos de 2016 também estará na pista de Interlagos neste fim de semana de última etapa do Mundial F1. Aproveitando o apelo nacional e internacional do Mundial de F1, o Ministério do Esporte instalou na pista duas placas promovendo a candidatura com a logomarca: Rio 2016 - Cidade Candidata. Além das placas, haverá veiculação de um anúncio de 60 segundos nos telões do autódromo 20 vezes por dia.

Redação Sport Marketing

Pelé pode ser mascote da Copa

O Rei Pelé, embaixador da Copa do Mundo de 2014, poderá ter a imagem eternizada entre as mascotes da Copa do Mundo. O personagem Pelezinho, do cartunista Maurício de Souza, criado em 1976, está sendo aventado como mascote. A informação é do jornal “Folha de S.Paulo”. Pelé e Maurício teriam reunião marcada para elaborar a proposta ao comitê organizador do Mundial. “Ele representaria tudo do mundo do futebol, incluindo nosso maior atleta e a lembrança que os estrangeiros têm do Brasil" - afirmou o cartunista. O personagem será reeditado em quadrinhos, para contato com a “nova geração” - disse Mauricio.

Redação Sport Marketing

Redecard patrocina Liga Universitária

A Redecard é a primeira patrocinadora da Liga Universitária. O projeto aprovado recentemente pelo Ministério do Esporte tem como meta incentivar a prática de competições esportivas nas universidades brasileiras. Idealizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e pela empresa de marketing esportivo Koch Tavares, o evento envolverá, a partir de 2009, mais de 500 instituições de ensino e mais de 80 mil alunos em competições de futebol, basquete, vôlei, judô, tênis e outras modalidades. De acordo com Ronaldo Varela, diretor-executivo de Emissores e Produtos da Redecard, a empresa considera o esporte como um instrumento de inclusão social e patrocinará a Liga para contribuir com o desenvolvimento de atletas universitários e revelar novos talentos para o Brasil.

Redação Sport Marketing

30 de out. de 2008

Milan confirma David Beckham

O Milan confirmou no site oficial, o acerto com o meia David Beckham. O jogador, de 33 anos, foi emprestado pelo Los Angeles Galaxy, dos EUA. O astro se apresenta ao clube no dia 7 de janeiro de 2009. Em declarações publicadas pelo jornal “La Gazzetta Dello Sport”, o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, afirmou que Beckham jogará ficará cerca de dois meses e meio a três meses no clube. De acordo com o dirigente, as chances do inglês seguir na Itália são remotíssimas devido ao contrato que ele possui com o Galaxy e também por conta de compromissos publicitários que o astro tem nos EUA. Beckham fará exames médicos no CT de Milanelo no dia 20 dezembro e deverá ser apresentado aos ‘tifosi’ no jogo entre Milan e Udinese, no dia seguinte, no estádio San Siro, pela 17ª rodada do Campeonato Italiano. No Milan, Beckham terá a companhia de cinco brasileiros: Kaká, Pato, Ronaldinho Gaúcho, Emerson e Dida.

Redação Sport Marketing

Tottenham anuncia planos de novo estádio

O Tottenham, clube de liga principal inglesa, anunciou a intenção para construir um novo estádio, com capacidade de 60.000 lugares. De acordo com os planos, a construção começa próximo ano. O clube abre os planos futuros num momento em que os resultados financeiros foram positivos em 11%. A renda subiu de 103 milhões até £114.8 milhões enquanto dívida líquida era £14.6 milhões, embora inclua aquisições de propriedade. O presidente do Tottenham, Daniel Levy, confirmou que o clube planeja vender naming rights do novo estádio que receberá o nome do patrocinador.

Redação Sport Marketing

Manchester United assina patrocínio multimilionário

O Manchester United assinou um novo multimilionário de patrocínio. O contrato é com a fabricantes de relógio suíços Hublot. Os valores da negociação não foram revelados, mas especula-se que o clube inglês receberá 4 milhões de libras (cerca de R$ 14 milhões). A parceria tem o prazo de três anos e prevê a presença da marca em diversos pontos do Old Trafford. Recentemente, a Budweiser também firmou contrato com o time inglês (ler matéria arquivo Sport Marketing: Budweiser e Manchester United renovaram a parceria). O negócio comprova, o quão valiosa é a marca United, que mesmo durante um período em que a economia mundial está em baixa, conseguiu mais um patrocinador de camisa. "Nós temos muito prazer em dar boas-vindas um companheiro tão importante quanto o Hublot para a família Manchester United" - disse o executivo principal David Gill.

Redação Sport Marketing

29 de out. de 2008

Williams/Petrobras nas ruas de Sampa

A exemplo das ações de anos anteriores, a Petrobras aproveita a proximidade do GP Brasil para promover a marca em território nacional! Desta vez, uma réplica em tamanho real do carro de corrida da equipe Williams/Petrobras aparece estacionado nas ruas de maior movimento de São Paulo. As pessoas, aos se aproximarem, acionam um sensor que reproduz o som do ronco dos motores. Além disso, promotores caracterizados como técnicos da equipe Williams/Petrobras circulam pelas ruas próximas segurando placas estampando a pergunta “Você viu um carro de corrida por aí?”. Câmeras escondidas registram a reação do público que será postado para o YouTube (ler matérias arquivo Sport Marketing: Williams mal das pernas; Sport Marketing: AT&T Williams fecha mais dois patrocínios).

Redação Sport Marketing

27 de out. de 2008

Penske e Nascar perdem Kodak

A Kodak anunciou que não pretende renovar o contrato de patrocínio com a equipe Penske Racing, da IRL. A empresa, que passa por reformulações também pretende terminar com o patrocínio corporativo voltado aos esportes a motor, concluindo também o patrocínio de 22 anos que a empresa tem com a NASCAR. A pioneira americana em fotografia tem parceria com a NASCAR desde 1986, patrocinando carros e pilotos que ganharam a Daytona 500 quatro vezes como o carro de Ryan Newman este ano, Martin Esterlino (1994, 1995) e Ernie Irvan (1991). A Kodak está entre as empresas TOPs que não renovaram o contrato com o Movimento Olímpico, uma parceria histórica que data desde os Jogos Olímpics de 1928 (ler matéria arquivo Sport Marketing: Kodak retrata a evolução dos Jogos Olímpicos ...). Por outro lado, a empresa fechou, recentemente, acordo com o PGA, por acreditar que o golfe atualmente é o esporte que melhor se ajusta com as novas metas da empresa. A Kodak também pretende somar mais clientes estrangeiros, já que 60% das vendas estão fora dos Estados Unidos (ler matéria arquivo Sport Marketing: Kodak fecha com PGA).

Redação Sport Marketing

Nestlé patrocina 1ª Copa Amigos do Litoral

Patrocinado pela Nestlé e com o apoio da Prefeitura de Santos, por meio da Secretaria de Esportes, terá início, em Santos, litoral de São Paulo, a 1ª Copa Amigos do Litoral. O lançamento do evento contará com a presença de Pelé. O torneio, que marca também o início de atividades do Campus Pelé - uma parceria entre Jabaquara AC, Litoral FC e Monte Alegre Futebol S/A -, reunirá 12 equipes formadas por atletas amadores da categoria Sub-13, moradores dos morros e Zona Noroeste.

Redação Sport Marketing

Escândalos e intervenções na Federação Polaca

A Agência Tributária da Polônia bloqueou a conta bancária da Federação Polaca de Futebol (PZPN). Os motivos alegados foram os atrasos no pagamento de impostos, a três dias das eleições no organismo, o conflito com FIFA e a atual entidade. A PZPN deve ao fisco cerca de 18,5 milhões de zloty (cerca de cinco milhões de euros), presumivelmente por dívidas relacionadas com os direitos televisivos por transmissão dos jogos. “Vamos protestar por isto” - assegurou o porta-voz federativo, Zbigniew Kosminski, ao jornal “Dziennik”. A Agência Tributária tomou esta posição a três dias das eleições na PZPN, nas quais será eleita a nova direção, depois da anterior ter sido destituída pelo governo ao nomear um administrador, uma decisão que supõe um confronto aberto com a FIFA. A decisão do executivo polaco, que teve repercussão na imprensa de todo o mundo, foi justificada pela luta contra a corrupção que atinge o futebol. A medida foi recusada pela FIFA, que ameaçou proibir a Polônia de disputar os jogos de qualificação para o Mundial da África do Sul, em 2010, se não voltasse atrás. O governo cedeu ao ultimato da FIFA, além de que estava em perigo o futuro Europeu de 2012, que em princípio, será organizado conjuntamente pela Polônia e Ucrânia. A justiça polaca mantém, há cerca de dois meses, uma guerra aberta contra a corrupção no futebol, que inclusivamente supõe que a liga polaca, a Ekstraklasa, cujo início estava previsto para finais de julho passado, só tivesse começado em agosto devido aos escândalos.

Redação Sport Marketing

Tabaco x Esporte - a solução da crise do marketing esportivo?

Será que a crise financeira mundial será a porta por onde as empresas de tabaco voltarão a patrocinar o esporte? Cigarros e esportes. Realmente, a combinação é bizarra, mas é fato que o tabaco foi o primeiro a apostar as fichas na modalidades esportivas e, já passa a ser visto como uma forma de 'salvar' alguns esportes e modalidades que se vêem prejudicadas pela quebra de bancos, instituições financeiras e empresas que começam a restringir os investimentos em marketing esportivo devido à crise. A história do envolvimento do tabaco com o esporte é antiga e, pode-se dizer, que o tabaco foi um dos primeiros a apostar as fichas no esporte e na imagem dos atletas em ações de publicidade, ajudando a desenvolver ações de marketing esportivo. Enquanto a imagem do esporte ganhava proporções mundiais, o tabaco se tornava um hábito definitivo dentro da cultura ocidental. A produção de cigarros se industrializava e fábricas apareciam nos Estados Unidos, Inglaterra e França, atingindo assim, uma produção de larga escala, barateando o produto. Continuando a rota de expansão, o cigarro conquistou novos adeptos em todas as áreas. Os Estados Unidos e a Inglaterra chegaram ao século XX com o domínio de 80% do mercado mundial de tabaco. Em 1903, a produção anual atingiu 3 bilhões de cigarros e 13 bilhões em 1912. O primeiro cigarro 'moderno' foi introduzido pela RJ Reynolds em 1913, com o nome de Camel. A indústria cinematográfica e os atores foram os primeiros a render-se ao charme do hábito de fumar e, conseqüentemente, a disseminar essa imagem em filmes e publicidade. Tanto é que a cidade do condado de Los Angeles, na Califórnia foi homenageada com uma marca de cigarros – Hollywood. O hábito virou charme. Não demorou muito e a publicidade começou a aliar o conceito vitorioso do esporte e dos atletas às marcas de cigarros, a fim de somar conceitos de valor aos produtos. A Texudo, marca de tabaco americana, teria sido uma das primeiras a se lançar no mercado usando atletas em anúncios. Entre as décadas de 30 e 70 a publicidade de tabaco viveu um auge. Os fabricantes de cigarro foram as primeiras indústrias a anunciar extensamente na televisão. Com a expansão do alcance da televisão o veículo se sedimentou como uma ferramenta de marketing, com anunciantes alinhando metas de publicidade na comprar espaços nas grades e programação das tvs. Nos anos 30, a indústria de tabaco passou a se utilizar o endosso de atletas olímpicos. O jogador de beisebol Joe DiMaggio estava em anúncios nos anos 30 e 40; em 1934, a Camel fez uma imensa publicidade com Irving Jaffee, três vezes campeão olímpico em Jogos de Inverno. No ano seguinte, Jack Shea, atleta olímpico de Jogos de Inverno também estaria as publicidades da marca, assim como o campeão de golfe Gene Sarazen. Na década de 40 a participação de atletas em ações de publicidade de cigarros ficou ainda mais intensa e as atletas mulheres passaram a ser mais exploradas como a nadadora Jeanne Wilson que também endossou cigarros Camel em 1948. Frank Gifford estava em publicidades nos anos 60, assim como Bob Cousy (basquete); Arnold Palmer (golfe) que fez publicidade da marca L&M. Em 1963, a indústria de tabaco adotou um "código de ética em publicidade" que proibiu uso de celebridades e atletas para promover o fumo; isto reduziu, mas não eliminou tais anúncios. Hoje, a maioria de atletas se recusa a permitir que as imagens estejam ligadas a promoções de produtos de tabaco. Assim como no início do século passou a ser comum a imagem de atletas em anúncios de publicidade de marcas de tabaco e bebidas, uma outra estratégia de marketing usando o esporte como ferramenta também ganhou força no mercado: figurinhas estilo cards colecionáveis com fotos e histórico de atletas e competições. Nos idos de 1870, as empresas de tabaco lançaram figurinhas colecionáveis em papel cartão que iam dentro dos maços de cigarros com temas diferenciados, entre eles fotos ou hologramas de jogadores de beisebol e pugilistas. A meta das figurinhas foi tentar impulsionar as vendas e desenvolver lealdade de marca entre os consumidores. Quando a indústria de tabaco começou a ser forçada a estar fora das rotas de TV, o que deixou livre um orçamento enorme de publicidade, as promoções se voltaram para nomear eventos esportivos como a Copa Winston (Nascar). O Circuito de Tênis Virgínia Slims recebeu o nome da marca de cigarros introduzida no mercado em 1968 pela empresa Philip Moris com o slogan “You’ve come a long way, baby”. Dando nome a eventos, a indústria de tabaco proveu a primeira grande ação de patrocínio esportivo bem sucedida. Com o início das leis contra propagandas de cigarros na televisão, o patrocínio esportivo passou a ser o centro das operações de marketing das empresas de tabaco. As companhias como Philip Morris puderam assim evitar a lei que impedia a indústria de tabaco a comprar comerciais de tv conseguindo visibilidade durante as transmissões dos eventos esportivos que patrocinavam. A FIFA e o COI desde 1980, os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo de futebol estão livres de patrocínio de tabaco. Por outro lado, o patrocínio de tabaco de esportes a motor permaneceu sendo um caminho de eficiente para as empresas alcançarem os públicos, entre eles os jovens. Assim, a indústria de tabaco e bebidas migraram os patrocínios para categorias a motor como F1, Fórmula Cart (Mundial), Indy Racing League, Nascar (Stock Car Americana), Motovelocidade, Motocross. Pilotos, equipes e circuitos são fortemente dependentes no apoio financeiro de patrocinadores. Os patrocinadores mais importantes da F1, ao longo dos últimos 20 anos, foram as companhias de tabaco e, em segundo lugar, instituições financeiras e bancos. Em 2001, por exemplo, os três patrocinadores de tabaco principais da F1 investiram US$753.5 milhões porque conhecem os benefícios do evento enquanto plataforma de publicidade. No Brasil, a Souza Cruz conquistou grandes espaços na mídia através do Hollywood Motocross no início da década de oitenta, inclusive importando pilotos como o campeão norte-americano Rodney Smith, mesmo tendo Nivanor di Bernardi, Paraibinha e Paraguaio, as grandes sensações brasileiras. Mais tarde, a Souza Cruz deu seqüência ao trabalho de base neste esporte e começou a fortalecer também o supercross. Produtos como Camel e Malboro (cigarros), Campari e Fosters (bebidas) ficaram conhecidos por patrocinarem especialmente o
automobilismo. A partir da década de 80, os países começaram a regulamentar e criar leis próprias com relação à publicidade tabagista em eventos, principalmente esportivos, baseadas em leis de saúde pública para reduzir o consumo e a morte pelo fumo. Desta forma, o patrocínio de tabaco em eventos esportivos, principalemente na F1, pelas companhias de tabaco ficou com os dias contados e foi extinta. Na Austrália, patrocínio de tabaco foi proibido em 1995. Agora, o governo australiano está explorando caminhos para permitir que as companhias de tabaco patrocinem o esporte de alto rendimento. De acordo com o Sydney Morning Herald, uma cláusula a qual permite que marcas de tabaco patrocinem corridas de cavalo e a motor, em New South Wales, foi inserida na legislação anti-tabaco nos últimos dois dias. A legislação irá permitir as companhias de tabaco em NSW a evitar a lei federal que não proíbe o patrocínio esportivo, mas, sim, a publicidade que promove associação da marca com um esporte. Segundo o diretor do Conselho de Câncer de NSW, Andrew Penman, caso aprovada, a cláusula criará uma brecha nas convenções internacionais de redução do marketing de tabaco e colocará a Austrália em curso de colisão com o Departamento Federal de Saúde. O que percebe-se é que, a partir da crise mundial, com a tendência das empresas limitarem os investimentos em marketing esportivo, existe uma tentativa de retomar a parceria com as indústrias de tabaco e bebidas, as quais, depois das proibições de publicidades mundiais, somam uma quantia considerável monetária para usar em ações de marketing! Será que a crise é o caminho de um retorno ao passado?

Deborah Ribeiro - Diretora Redação Sport Marketing

EBU assina com OSV

A European Broadcasting Union (EBU) - União de Radiodifusão européia e a Austrian Skiing Association (OSV) - Associação Austríaca de Esqui assinaram acordo de transmissão dos principais eventos de esqui da Europa. O negócio inclui o Four-Hills Tournament e vários eventos da Copa do Mundo na Áustria e as competições da Copa do Mundo em Kitzbuhel e Schladming. Os detalhes financeiros do contrato não foram reelados, mas sabe-se que a EBU adquiriu os direitos de mídia mundial para as próximas três temporadas. A EBU é detentora dos direitos de transmissão de vários eventos esportivos como Jogos Olímpicos de Verão, Inverno, Copa do Mundo de Futebol FIFA, Mundiais de Atletismo, Roland Garros etc.

Redação Sport Marketing

Etihad Airways fecha com Telstra Dome

A Etihad Airways, a linha aérea nacional dos Emirados Árabes Unidos, fechou novo patrocínio com o Telstra Dome, em Melbourne. O contrato, cujos valores não foram divulgados, terá a periodicidade de 5 anos e começa a vigorar a partir de 1 de março de 2009, quando o estádio passará a se chamar Etihad Stadium e data do início da temporada da Liga do Futebol Australiano (AFL). Além do naming rights, a Etihad Airways, baseada em Dhabi, também adquiriu os direitos de publicidade dentro e fora do estádio, como placas e outdoors. "Os patrocínios esportivos formam uma parte importante de estratégia de marketing internacional da Etihad. Fundamentando o sucesso dos investimentos em marketing esportivo como à Ferrari F1, Chelsea, Harlequins Rugby Football Club, All Ireland Senior Hurling Championships e Abu Dhabi Golf Championship e, agora com o Telstra Dome, esperamos fortalecer relacionamentos com a Austrália, particularmente Melbourne onde a Etihad Airways começa a voar em março de 2009. Por isso, a Austrália é imensamente importante e um mercado em crescimento para nossa empresa" - disse James Hogan, executivo da Etihad Airways.

Redação Sport Marketing

26 de out. de 2008

Tiger Woods e GM sentam para negociar

Tiger Woods e GM estão em negociações, a fim de que a fabricante de carros siga com o patrocínio do golfista no Torneio Buick após 2009, quando o contrato expira. A General Motors já avisou ao mercado, que devido à crise financeira mundial, irá implementar corte de custos. O agente de Tiger Woods e Larry Come, gerente de marketing da divisão de golfe da GM disse que a empresa e o golfista estão em conversações. O Buick, que tem um acordo de endosso com Tiger Woods desde 1999, não tem nenhum plano, por hora, de como pretende manter os patrocínios do Torneio de golfe. Tiger, vencedor de 14 torneios importantes, continua com o logotipo Buick na bolsa de golfe e aparece em anúncios de tv da fabricante GM. Buick está envolvido no golfe há 50 anos e é o carro oficial do PGA dos Estados Unidos até 2010. A companhia é a maior patrocinadora do PGA, de acordo com o site Buick, e tem acordos para patrocinar o Buick Invitational, na Califórnia, e o Buick Open, em Michigan, por mais duas temporadas.

Redação Sport Marketing

Nike lança camisa comemorativa ao Corinthians

Em parceria com o Corinthians, a Nike lançou uma camisa em homenagem ao clube, jogadores, comissão técnica e torcedores que ajudaram a equipe no acesso à primeira divisão nesta temporada. Essa camiseta reforça a atitude de superação da nação corintiana, que incentivou o time ao longo deste ano cheio de obstáculos. A camisa é de algodão, tem gola careca e, exibe o escudo do clube do lado esquerdo do peito. A logomarca da Nike está do lado direito. Tudo na cor dourada, que representa o início de uma nova fase. Nas costas, estampa uma arte com a frase 'Dar a volta por cima' sob as cinco estrelas das principais conquistas do clube. O produto será comercializado nas cores branca e preta - alusivas aos uniformes oficiais da equipe -, e roxa, que remete ao terceiro uniforme para lembrar a paixão dos corinthianos pelo time.

Redação Sport Marketing

BM&F Bovespa x Rede Atletismo - rivalidade aumenta qualidade

A BM&F Bovespa, com 20 anos de patrocínio ao atletismo e equipe própria desde 2002, vê a chegada da novata Rede Atletismo, que rica, oferece algo que 10 entre 10 atletas sempre sonharam: infra-estrutura de Primeiro Mundo. A Rede Atletismo, oferece um Centro de Treinamento com pista certificada pela Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF), capaz de seduzir a saltadora Maurren Maggi e o técnico, Nélio Moura, justificando a recente quebra de contrato com a BM&F (ler matéria arquivo). Ligada à Rede Energia, empresa que reúne nove concessionárias responsáveis por 35% da distribuição de energia elétrica no Brasil, a Rede Atletismo fez em 2008 a primeira temporada. Reuniu atletas que estavam em equipes periféricas e levou 12 deles para Beijing, incluindo parte da equipe do revezamento 4 x 100 m masculino, 4.ª colocada nos Jogos. No ano de estréia, conseguiu uma façanha. Venceu a competição masculina do Troféu Brasil, encerrando uma hegemonia da BM&F que durava havia sete anos. Com sede em Bragança Paulista, a 90 km da capital, é fruto do desejo pessoal do empresário Jorge Queiroz de Moraes Júnior. Hoje presidente do conselho de administração da Rede Energia, orgulha-se em dizer que fez a primeira viagem internacional, para o Chile, ainda na década de 1960, para representar o Brasil em um Sul-Americano de juvenis. Era velocista.

Redação Sport Marketing

25 de out. de 2008

Ministra britânica confiante com Jogos

A ministra britânica Tessa Jowell, que tutela os Jogos Olímpicos de 2012, considerou que o mega evento ajudará a economia britânica a sair da crise econômica financeira que assola o mundo. Em entrevista publicada pelo jornal Times, Tessa Jowell disse que estes Jogos "são ouro para a economia em tempos de dificuldades". "Os Jogos Olímpicos de 2012 transformaram-se inesperadamente num programa de estabilização econômica" - acrescentou. A ministra salientou que os Jogos representam seis mil milhões de libras (7,5 mil milhões de euros) de investimentos em 75 mil contratos com empresas britânicas. A governante afirmou ainda que, graças aos Jogos Olímpicos, "serão criados novos empregos e novas casas serão construídas". "Ninguém tencionava atribuir-lhes estas funções, no entanto, são os efeitos que se produzirão", observou, admitindo, contudo, que o setor privado que sustentava os Jogos foi afetado pela situação econômica.

Redação Sport Marketing

24 de out. de 2008

LOCOG procura agência para idealizar mascote

O LOCOG - London Organizing Committee Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 está atrás de uma agência para criar a mascote oficial do evento. A idéia é que a mascote reflita o ideal de "Melhor do Britânico". A peça, como de costume, será associada aos produtos de merchandising do evento como roupas, filmes e animações, plataformas digitais, games e em forma física. Ficará sob responsabilidade da agência o desenvolvimento um plano completo de marketing e comunicação para o lançamento da mascote. Seguindo a tradição olímpica, os Jogos Paraolímpicos terão um símbolo diferente.

Redação Sport Marketing

Oposição cria chapa para eleições da CBR

Finalmente, a oposição resolve se unir, a fim de tentar quebrar a hegemonia jurássica da
Confederação Brasileira de Remo (CBR). Wilson Reeberg lançou uma chapa que disputará a presidência da entidade. Wilson terá pela frente a missão de assumir o poder e colocar fim ao comando de Rodney Bernardes de Araújo, que dirige a entidade desde 1990, devido aos 'apoios' que o mesmo consegue das federações que a CBR 'sustenta'. Wilson pretende implantar o que chama de "Nova CBR" e, para tal, fez questão de trazer nomes ligados ao esporte. Um deles foi José Carlos Brunoro, especialista em marketing esportivo que está à frente da Brunoro Sport Business que, atualmente, desenvolve projeto do grupo Pão de Açúcar . "Estamos tentando nos cercar dos melhores nomes para ajudar em nossa administração. Ainda não conversei com o Ary Graça, mas sei mais ou menos como funciona o sistema de gestão de treinamento dele e é isso que quero trazer para o Remo. Precisamos criar ídolos como os que o vôlei tem hoje" - disse Reeberg, cuja chapa também estuda criar uma "cópia" do Centro de Treinamento que a CBV mantém em Saquarema. Opositor voraz de Araújo, Reeberg acusa a atual administração da entidade de não dialogar com as federações e priorizar programas que privilegam clubes do Norte e Nordeste, onde a atual gestão tem maior base de apoio. Reeberg garante, porém, que já conta com promessa de votos de entidades historicamente ligadas a Araújo, mas prefere não revelar quem são os apoiadores, porque muitos deles ainda tentam receber vantagens da CBR. Para vencer a eleição é preciso que um candidato consiga somar oito votos entre as 14 federações estaduais existentes. Algumas entidades já manifestaram apoio a Reeberg nesta tarde. Foram os casos das federações do Rio de Janeiro, de Pernambuco e do Rio Grande do Sul. São Paulo afirmou que fará uma votação interna entre os clubes para decidir qual candidato apoiará.

Redação Sport Marketing

UEFA apresenta novo logo da Liga dos Campeões

A UEFA apresentou o novo logotipo da final da Liga dos Campeões que acontecerá em Roma, ano que vem. O aspecto da nova logomarca combina o atual troféu da competição com a coroa de louros, antigo símbolo romano da vitória. Apresentado à imprensa durante uma coletiva realizada em Roma, o logo foi projetado, na fachada do Coliseo, para que os habitantes da capital italiana pudessem apreciar.“A coroa era usada pelos imperadores vitoriosos quando desfilavam pelas ruas de Roma em carruagens puxadas por cavalos, e tem um lugar especial na história da cidade. As diferentes partes da nova identidade refletem a história da cidade, o patrimônio arquitetônico e a paixão pelo futebol” - explicou a UEFA no site oficial. Segundo revela o organismo que regula o futebol europeu, esta nova identidade será usada em materiais promocionais, ingressos dos jogos da "Champions" e na Internet. Além disso, o novo símbolo será também fornecido a todos os patrocinadores da competição, para que possa ser usado em atividades publicitárias, antes da final - agendada para 27 de maio, no Estádio Olímpico, em Roma. Segundo previsão da UEFA, o jogo será visto, na televisão, por cerca de 150 milhões de pessoas, em mais de 230 países.

Redação Sport Marketing

CVC e CBV assinam contrato

A CVC, operadora de turismo e a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), conforme publicou o Sport Marketing (ler matéria arquivo de 09.09.2008 - Sport Marketing: CBV na Bolsa de Valores) assinaram, finalmente, o contrato de patrocínio. Com 36 anos de atuação no mercado, a CVC estará investindo pela primeira vez em estratégia de apoio, promoção e comercialização do segmento esportivo. "Tudo que for Vôlei será CVC"- disse o presidente da operadora, Valter Patriani. Os detalhes da negociação, o formato da parceria com a Confederação Brasileira de Vôlei, federações regionais e setores ligados à modalidade, serão revelados durante coletiva de imprensa marcada para o dia 27 de outubro, às 10h30, quando será anunciada oficialmente a parceria de marketing esportivo que contará com a presença de Guilherme Paulus, Presidente do Conselho de Administração da CVC Turismo.

Redação Sport Marketing

Benfica apresenta novo patrocinador

O Benfica apresentou a empresa de produtos naturais Naturplan como novo patrocinador do futsal do time. O contrato, cujos valores não foram revelados, é de um ano com perspectivas de ser prolongado."A Naturplan é uma empresa de produtos naturais, jovem, empreendedora, que está ligada ao esporte. Esta simbiose entre o futsal, que é a modalidade que será patrocinada pela Naturplan, é perfeita, pois é também uma modalidade jovem no clube" - disse Carlos Lisboa, diretor de futsal do Benfica.

Redação Sport Marketing

Mercado: Gatorade lança promoção

A Gatorade lançou uma promoção com o objetivo de incentivar a compra do produto. A campanha também tem como objetivo estimular a prática de esportes por meio dos pontos-de-venda. A promoção recebeu o nome de “Lance Livre” e dará uma tabela de basquete e uma minibola com a marca Gatorade para o consumidor, através da mecânica Comprou-Ganhou. Durante o mês de outubro o brinde poderá ser retirado em pontos-de-venda de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Para divulgar o “Lance Livre” a empresa terá promotoras nas lojas.

Redação Sport Marketing

FUEL patrocina surfista carioca

O surfista carioca Felipe Cesarano, ou Gordo, como também é conhecido, acaba de fechar contrato de co-patrocínio com a marca de óculos FUEL. O surfista agora faz parte da equipe FUEL. A marca, que vem investindo bastante em atletas e tem na equipe, além de Felipe Cesarano, o ícone do surf brasileiro Victor Ribas, além dos surfistas Erick de Souza, Marcelo Bispo, Duda Carneiro, Léo Hereda.

Redação Sport Marketing

Crise não afeta FIFA

O presidente da Federação Internacional de Futebol (FIFA) confirmou que a crise financeira internacional não afetou a entidade máxima do futebol e se mostrou tranqüilo, dizendo que não terá impacto. "Nós recebemos uma análise detalhada sobre o potencial impacto e posso dizer que nós estamos agora em uma situação que pode ser descrita como privilegiada e confortável"- disse Blatter durante uma coletivade imprensa realizada após a reunião do Conselho FIFA."Nós também temos 95% do nosso orçamento já sob contrato e isso tem gerido os nossos custos. A diversificação das nossas rendas e os nossos parceiros contratuais de televisão nos dão um otimismo prudente em relação ao futuro" - assegurou Blatter. "Por enquanto não perdemos dinheiro e estamos bem organizados e equipados para fazer frente à crise atual, pela diversificação dos ativos financeiros" - finalizou.

Redação Sport Marketing

FIFA contrata seguro para próximas Copas

A Federação Internacional de Futebol (FIFA) anunciou que fez um seguro de US$ 650 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão) para as Copas do Mundo de 2010 (na África do Sul) e 2014 (no Brasil). A contratação de um seguro é praxe e preventiva a catástrofes naturais ou outros atosque possa vir a colocar em risco a realização do mega evento. O IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) também faz seguros para os Jogos Olímpicos. "Os seguros cobrem um ataque exterior contra a organização, uma catástrofe natural ou não, que obrigue a mudar para outro país em tempo",- disse o secretário geral da federação, Jerome Valcke.

Redação Sport Marketing

Apostas ilegais não ocorreram nos Jogos Olímpicos

O International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou que não foram realizadas apostas ilegais durante os Jogos Olímpicos de 2008. Em Beijing, pela primeira vez, o COI iniciou uma unidade especial para investigar este tipo de atividade (ler matéria arquivo Sport Marketing: COI e FIFA contra fraudes e apostas). A porta-voz do COI, Emmanuelle Moreau, confirmou que não foram registradas apostas ilegais segundo as conclusões do grupo EWS (Early Warning System), coordenado pelo ex-chefe da Polícia de Londres, Paul Condon, que conduziu a investigação nos casos de corrupção no críquete. O COI manterá contatos com o EWS e com casas de apostas para decidir os procedimentos a seguir neste assunto para os próximos Jogos Olímpicos.

Redação Sport Marketing

FIFA adia decisão sobre próximas Copas

O comitê executivo da FIFA decidiu adiar para dezembro o processo de candidatura para receber as Copas do Mundo de 2018 e 2022. O presidente Joseph Blatter, quer que a escolha das sedes de ambas as Copas ocorra simultaneamente. A questão será examinada novamente em Tóquio. "Muitas das associações só haviam ouvido falar pela mídia da idéia de decidir ambos os torneios simultaneamente, então adiar a decisão nos dá mais tempo para discutir a proposta e ouvir os pensamentos das pessoas a respeito", acrescentou Beckenbauer, principal responsável pela organização da Copa de 2006, na Alemanha. África do Sul e Brasil conquistaram o direito de realizar as Copas de 2010 e 2014 pelo sistema de rodízio de continentes, abandonado no ano passado.

Redação Sport Marketing

Mercado: SP Alpargatas adquire empresa Argentina

A Comissão Nacional de Defesa de Competência da Argentina aprovou a aquisição da Alpargatas Argentina pela São Paulo Alpargatas que passa a ser uma empresa binacional, com atuação no setor de calçados e materiais esportivos na América do Sul. Com a operação, a São Paulo Alpargatas irá adquirir 60,17% do capital da Alpargatas Argentina. Em comunicado, Marcio Utsch, diretor-presidente da Alpargatas, afirmou que foi criada uma empresa em franco processo de internacionalização, que cada vez mais se torna referência no mercado. "A união das duas vai promover o fortalecimento da marca Topper no Brasil, linha que detém mais de 33% de participação no mercado argentino" - acrescentou (ler matéria arquivo Sport Marketing: Alpargatas enfrenta crise e demite no Uruguai).

Redação Sport Marketing

Jacques Rogge quer segundo mandato

O presidente do International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI), o belga Jacques Rogge, informou aos membros da organização que pretende tentar um segundo mandato. Rogge foi eleito pela primeira vez em 16 de julho de 2001 para o lugar do espanhol Juan Antonio Samaranch, que havia presidido o COI por 21 anos. O dirigente tentará manter-se no cargo por mais quatro anos, até 2013, conforme prevê o regulamento da entidade. A informação foi confirmada pela própria porta-voz do Comitê, Emmanuelle Moreau. A eleição ocorrerá em outubro do ano que vem, durante a assembléia geral do Comitê Executivo do COI, em Copenhague, Dinamarca e, até o momento, Rogge concorre sozinho ao cargo. O encontro também servirá para definir a sede dos Jogos Olímpicos de 2016. As cidades que concorrem são Rio de Janeiro, Chicago, Tóquio e Madri. Durante a gestão, a melhor ação do belga foi a criação dos Jogos Olímpicos da Juventude, que além de proporcionar um maior engajamento e a propagação do Movimento Olímpico entre os jovens, também irá garantir aos patrocinadores e ao COI nova plataforma de patrocínio mundial às empresas parceiras. A primeira edição do evento de verão acontecerá em 2010, na cidade de Cingapura e a de inverno em 2012, cujo país sede ainda não foi decidido (ler matérias arquivo Sport Marketing: And the winner is: Singapore; Sport Marketing: VISA apóia Jogos Olímpicos da Juventude 2010; Sport Marketing: Jogos da Juventude movimentam mercado em Cingapura ).

Redação Sport Marketing

23 de out. de 2008

Começa a corrida para sediar as Copas de 2018 e 2022

A competição pelos direitos de hospedar as Copas do Mundo FIFA de Futebol de 2018 e 2022
começa sexta-feira quando o comitê executivo irá se reunir e fixar um horário para que os candidatos entreguem as propostas para executar o evento. O presidente de FIFA, Joseph Blatter disse que deseja que o corpo administrativo escolha os anfitriões das duas edições da Copa nos três próximos anos. Austrália, China, Inglaterra, Rússia e Estados Unidos estão na disputa. Segundo Blatter um país do hemisfério do norte seria ideal para a Copa de 2018 e sugeriu que a Austrália e Estados Unidos seriam fortes concorrentes à sede de 2022. A Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, renderá para a FIFA cerca de US$3.2 bilhões em direitos de televisão e renda de marketing. Os países anfitriões da Copa são escolhidos pelo Comitê Executivo FIFA, composto por 25 membros. A reunião de sexta-feira também é esperada pois irá esclarecer as regras referentes à convocação de jogadores para os Jogos Olímpicos. A FIFA
pretende organizar o calendário internacional a fim de incluir os Jogos de Londres 2012. Os membros de Comitê Executivo também receberão relatórios da preparação da África do Sul para a Copa de 2010.

Redação Sport Marketing

Schincariol lança produto no GP Brasil

A Schincariol lança, no GP Brasil de F1, a cerveja Nova Schin Zero, apresentada como bebida com teor alcoólico de 0º GL. A empresa diz que o produto conserva os mesmos ingredientes de uma cerveja pilsen convencional: água, malte, cereais não malteados, carboidratos, lúpulo e CO² natural. O processo de desalcoolização é feito por meio um equipamento alemão. A Nova Schin Zero é a primeira cerveja sem álcool vendida em embalagem 600 ml. Também há versões long neck (355ml) e lata (350ml). A distribuição será nacional.

Redação Sport Marketing

Conquest Racing fecha patrocínio

A Conquest Racing anunciou que os carros da equipe estamparão a marca da Sanctuary Cove durante a etapa extra-campeonato de Surfers Paradise da IRL. A imobiliária australiana será a patrocinadora principal da equipe na Nikon Indy 300, tendo o logo nas laterais, aerofólio traseiro e cobertura do motor dos carros. Depois de substituir Enrique Bernoldi nas duas últimas provas do campeonato, o canadense Alex Tagliani voltará a correr ao lado do brasileiro Jaime Câmara na Austrália e terá mais uma chance de garantir uma vaga na IRL em 2009.

Redação Sport Marketing

TVA abre sinal da ESPN e ESPN Brasil

Os assinantes TVA poderão conferir gratuitamente, de 23 de outubro a 2 de novembro, os jogos dos campeonatos Inglês, Italiano e Espanhol, além de jogos da UEFA Champions League. Isso porque a operadora abre sinal dos canais esportivos ESPN e ESPN Brasil em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba durante este período para os assinantes que ainda não os têm pacotes.

Redação Sport Marketing

Boatos e balelas de marketing esportivo com relação aos Jogos Olímpicos

Tenho lido alguns artigos e notícias com relação à "possível ameaça" da Rede Globo em boicotar
os Jogos Olímpicos de 2010 (Inverno - Vancouver) e 2012 (Verão - Londres), caso a emissora
não consiga negociar a compra dos direitos de transmissão do evento que pertencem, com
exclusividade,no Brasil, à Rede Record.Que alguns veículos veiculem esses boatos ainda vai,mas,
me admiro ao ver que, alguns 'especialistas em marketing esportivo', abrem espaço para esse tipo de notícia, deixando claro a falta de experiência no dealing com veículos de comunicação, em negociações de direitos de transmissão, falta de noção completa de como funciona a máquina que move os esportes olímpicos e, consequentemente, o marketing olímpico. Por isso, vou começar pelo início. A Carta Olímpica, que rege o IOC - International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) é muito clara com relação à disseminação do Olimpismo e da imagem dos Jogos Olímpicos. A Carta estabelece como compromisso que as emissoras detentoras dos direitos de transmissão do evento garantam ser capazes de levar a imagem dos Jogos ao maior número possível de pessoas, de graça (tv aberta), assim como pelas mais diversas formas tecnológicas possíveis (canais a cabo, internet, telefonia móvel), a fim de fomentar as ações do Movimento Olímpico mundialmente e, para todas as classes sociais. Além do fator financeiro (a proposta da Rede Record superou a da Globo), este foi um dos pontos primordiais que levaram o COI a vender os direitos dos Jogos para a Record e não para a Globo, que apresenta uma grade de programação estrangulada com novelas, jornalismo e programas. Não é de hoje, que a emissora aberta carioca, principalmente após a fusão com o canal a cabo Sportv, não garante aos esportes olímpicos o espaço que merecem, se restringindo a transmitir as finais dos mega eventos, quando a maior parte das provas e competições são transmitidas pelo canal pago Sportv, da Globosat, o qual boa parte da população não tem acesso. Ou seja, a Rede Globo sempre visou, muito mais do que disseminar a cultura dos esportes olímpicos, os lucros em publicidade que os esportes e os Jogos Olímpicos atraem, passando a ser uma necessidade, para o Grupo, ter os Jogos nas grades de programação, a fim de manter o controle do mercado publicitário. A partir dessa realidade e fato, torna-se quase que impossível que a Globo 'boicote 100%' o evento olímpico! Digo isso, principalmente, porque o jornalismo da emissora, certamente, seria 'obrigado' a mostrar o evento e, consequentemente, mostrar os atletas e resultados dos brasileiros, para não ficar totalmente de fora do momento e não cair em profundo descrédito nacional! Isso sem contar que, os pacotes de patrocínio são de longo prazo e vendidos, muitas vezes, com anos de antecedência - o que significa que alguns patrocinadores de Beijing 2008 ou tantos outros, podem ainda ter créditos para os próximos anos, 'obrigando' assim, a emissora a mostrar os eventos pré-olímpicos ou classificatórios, seja no canal aberto ou a cabo. Além disso, a compra de eventos internacionais também acontecem com antecedência, ou seja, o que já está comprado precisa ser comercializado e exibido. Desta forma, levando-se em conta que a grade da Globo pouco se abre para o esporte, nem os esportes olímpicos, nem a população e, menos ainda, o mercado publicitário irá perder com um 'boicote' - o qual eu não acredito que aconteça 100% e, sobre o qual, estou escrevendo apenas para trazer um pouco de conhecimento da área jornalística àqueles que defendem que o marketing esportivo deve ser tocado apenas e, unicamente, por profissionais de marketing, os quais na maioria das vezes, não têm noção de como funcionam as engrenagens do esporte e dos veículos de comunicação responsáveis pelo retorno dos patrocinadores dos eventos!!! Ou seja, mesmo que a Globo 'boicote' os Jogos Olímpicos, o mercado irá comprar os espaços comerciais dos telejornais da emissora carioca, que, por questões jornalísticas irá mostrar o evento. O lado positivo é que os patrocinadores passarão a maior fatia do bolo de investimentos para a Record ou para qualquer outra emissora aberta ou fechada que tiver uma maior grade de programação voltada para o evento. Falar que haverá perda de visibilidade do principal veículo do país é uma besteria colossal, porque a Globo aberta há muito não é a responsável por garantir a maior visibilidade dos Jogos Olímpicos, perdendo, neste quesito, para outros canais abertos como, por exemplo, a Rede Bandeirantes! A ameaça de 'boicote' não será um grande empecilho para o crescimento do marketing esportivo nacional, muito pelo contrário, haverá sim uma melhor distribuição dos investimentos entre as emissoras que mostrarem o esporte para a maior parte da população que tem tv aberta e/ou entre os canais a cabo! Os cinco canais a cabo que o Sportv da Globosat abre durante os Jogos serviram, até hoje, única e, exclusivamente, como moeda de troca nas negociações do departamento comercial da 'nave prateada' e não privilegiam a maior parte da população que não tem condições de assinar os pacotes da Net! A grade de programação do Sportv e o departamento comercial da Rede Globo e Globosat, sim, vão sentir profunda diferença, se houver o imaginário e absurdo 'boicote 100%' da tv aberta, que alguns desinformados aventam e, caso a Record não acerte a venda do evento nem com a tv aberta e nem com a Globosat! Especula-se no mercado que Record e Globosat já entraram em um acordo, o que salvaria o Sportv de, em 2012, perder o slogan do 'canal campeão', perder os principais patrocinadores e ver a grade de programação despencar! A primeira proposta da Globosat rejeitada pela Record foi de R$ 12 milhões, valor este que, segundo boatos, a Globosat teria aumentado, agora, para R$ 30 milhões (US$ 22 milhões), valor equivalente a mais de sete vezes o montante pago pela empresa pelos direitos dos Jogos de Beijing 2008 (US$ 3 milhões). Já BandSports e ESPN Brasil teriam apresentado propostas menores do que US$ 4 milhões. O valor também supera o que a TV Globo aberta pagou por Beijing: US$ 12 milhões de dólares. A equipe do Jornal Folha de São Paulo apurou que o acordo é praticamente dado como certo. De qualquer forma, esse acerto só poderá ser finalizado, se for, no fim do primeiro trimestre de 2009, obedecendo a prazos estabelecidos pelo COI para o encaixe de patrocinadores e anunciantes internacionais dos eventos e sob a aprovação da entidade. Se a Globosat conseguir comprar os direitos de transmissão dos Jogos a cabo, com exclusividade, sem a transmissão da aberta, o canal volta a respirar no mercado, deixando em maus lençóis a ESPN Brasil e o BandSports! Enfim, muita água ainda vai rolar embaixo dessa ponte, mas as movimentações das peças no tabuleiro das emissoras comprovam que, o Grupo Globo, do qual a Globosat pertence, está optando pela melhor política, ou seja, se render à Rede Record e convencer a emissora do bispo Macedo, da Igreja Universal, quem a Globo que veste a túnica da Igreja Católica, sempre criticou e denunciou, a vender os direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos e Pan-americanos de Guadalaraja (2011)! Afinal, depois da criação do controle remoto, da internet e dos aparelhos celulares, a 'nave prateada' tem muito mais a perder com a não transmissão dos Jogos do que o mercado de marketing esportivo e o esporte nacional! Além disso, antes da Globo e do Sportv existir, na época do Luciano do Valle (um dos precursores do marketing esportivo no Brasil) e da equipe do Show do Esporte, da qual com muita honra fiz parte, a Rede Bandeirantes era o Canal do Esporte! Ou seja, as coisas mudam!

Deborah Ribeiro - Diretora Sport Marketing

Parreira confirma nomes do Footecon

O preparador físico italiano Daniele Tognaccini, idealizador do projeto MilanLab; e Lars Lagerback, técnico da Suécia. Estes são os primeiros nomes confirmados por Carlos Alberto Parreira, diretor técnico do Footecon - V Fórum Internacional de Futebol, evento que será realizado nos dias 9 e 10 de dezembro, no Rio Centro, Rio de Janeiro. Em paralelo ao Footecon, acontece a Football Expo 2008 - 2ª Feira Internacional de Produtos e Serviços para a Indústria do Futebol. Equipamentos, produtos, projetos, serviços e soluções para arenas e estádios, melhor rendimento, capacitação e gerenciamento de jogadores, clubes, instituições e profissionais do futebol. O local é oportuno para bons negócios e os melhores lances.

Redação Sport Marketing

África do Sul teme crise mundial financeira

A África do Sul teme que crise mundial financeira possa afetar os preparativos para a Copa do Mundo de 2010. A expectativa é que as construções e obras sejam concluídas dentro do prazo, mas há preocupação com os custos. O país sofre com desaceleração econômica do país e encarecimento dos materiais de construção. O Tesouro sul-africano liberou 1,4 bilhão de rands (126,3 milhões de dólares) para cobrir estouros no orçamento de médio prazo e que outros 600 milhões seriam usados para melhorar as conexões de Internet nos estádios. "O programa de construção para os estádios está no caminho de cumprir os prazos da FIFA, embora a escala de custos continue sendo um desafio" - disse em nota o porta-voz Themba Maseko. A África do Sul inicialmente destinou 17,5 milhões de rands para a construção ou reforma de dez estádios e para outras obras destinadas à Copa.

Redação Sport Marketing

Sky Italia compra direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos

O International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI) fechou contrato com a SKY Italia. A emissora comprou os direitos de transmissão, com exclusividade para a Itália, dos Jogos Olímpicos de Inverno (Sochi 2014) e Jogos Olímpicos de Verão de 2016, cuja sede ainda não foi definida. A SKY Italia também será parceria do COI na transmissão dos Jogos de Vancouver 2010 e Londres 2012. O contrato garante à SKY Italia os direitos de transmissão digital em todas as plataformas, inclusive canal a cabo, canal aberto, internet e telefonia celular. "Nossa meta é assegurar que o maior número de pessoas possa apreciar a ação esportiva em todas plataformas de radiodifusão" - disse Jacques Rogge, presidente do COI. Os valores da negociação ão foram revelados, mas especula-se que a Sky pagou cerca de 80 milhões de euros (US$109 milhões), cobrindo a oferta da RAI, que ofereceu 60 milhões de euros (US$82 milhões) para o mesmo pacote.

Redação Sport Marketing

AT&T Williams lança linha de produtos

A AT&T Williams F1 anunciou o lançamento da primeira linha de produtos no mercado automotivo brasileiro. A linha High Performance Car Care AT&T Williams F1 é composta por 31 ítens, cada um especialmente desenvolvido para refletir a tecnologia de ponta que caracteriza a equipe de F1 de Oxfordshire, Inglaterra. No Brasil, a TecBril, com exclusividade, será responsável pela fabricação, distribuição e comercialização dos produtos. A TecBril é a terceira maior empresa do segmento de produtos para o carro e faz parte do grupo TecFil, o maior fabricante de filtros automotivos da América Latina. (leia matérias arquivo Sport Marketing: Williams mal das pernas; Sport Marketing: AT&T Williams fecha mais dois patrocínios).

Redação Sport Marketing

Atletas GOL Esportes participam de evento de turismo

Tiago Camilo, Leandro Guilheiro, Adria Santos e Clodoaldo Silva, atletas da equipe GOL Esportes, participam da maior feira de turismo da América Latina. A ABAV 2008 acontecerá no Rio de Janeiro, de 22 a 24 de outubro, no Riocentro.Os judocas Tiago Camilo e Leandro Guilheiro
e os atletas paraolímpicos Clodoaldo Silva e Ádria Santos ficarão no Stand da GOL. Esta será a primeira vez que todos se reunirão após os Jogos Olímpicos de Beijing.

Redação Sport Marketing

22 de out. de 2008

Crise preocupa Joseph Blatter

Em entrevista publicada no jornal espanhol "As", o presidente da FIFA, Joseph Blatter, classificou a situação financeira dos times ingleses de "alarmante", principalmente com a chegada de capital russo, americano ou árabe. "A Uefa está muito atenta e trabalhando com uma auditoria independente no sistema de licenças" - afirmou Blatter. "Temos de ter cuidado quando esses investidores vêm com garantias bancárias para obter dinheiro que trazem aos clubes. A questão é o que ocorrerá quando esses investidores decidam levar o dinheiro para outro lugar. Um clube precisa ter investidores da região, ou pelo menos do país"- afirmou. "Temos de fortalecer a identidade nacional dos clubes"- disse. A crise chegou à beira dos gramados quando a seguradora americana AIG, principal patrocinadora do Manchester United, foi salva da falência pelo governo George W. Bush (ler matérias arquivo Sport Marketing: AIG sai da Copa Davis; Sport Marketing: Manchester United corre risco de perder patrocínio; Sport Marketing: Crise próxima do marketing esportivo). O futebol inglês amealhou dívidas de cerca de 3 bilhões de libras (5,2 bilhões de dólares) em todos os níveis e importantes clubes podem falir em vista da atual crise financeira, afirmou o presidente da Federação Inglesa de Futebol, David Triesman. O dono do Chelsea, o bilionário Roman Abramovich (ler matéria arquivo Sport Marketing: Quem é Roman Abramovich?), está pasando por grave situação. A agência Bloomberg estimou que o russo perdeu mais de US$ 20 bilhões com a queda no valor das ações da empresa Evraz, produtora de aço. O Liverpool, dos americanos George Gillett e Tom Hicks também está em alarme. No ano passado, os fundos americanos comandados pela dupla pegaram US$ 500 milhões emprestados para comprar o time inglês. O jornal Daily Telegraph, publicou que os americanos não têm agora como pagar a dívida e vão usar os próprios lucros do clube nos próximos anos para quitar o empréstimo. O financiamento veio de dois bancos: o Royal Bank of Scotland e o Wachovia, que foram estatizados. O que especialistas do mercado financeiro temem, segundo matéria publicado pela agência estado, é que, com dívidas enormes, os clubes não consigam mais acesso a crédito. Os times menores são os primeiros que sofreriam. O West Ham está sem o principal patrocinador, a agência de viagem XL, que faliu e o proprietário, o islandês Bjorgolfur Gudmundsson, foi a banca rota quando o banco dele, o Landsbanki, faliu. Na Itália, a Lazio segue na busca de um patrocinador. Já na Alemanha, os acordos de transmissão da Bundesliga, a primeira divisão do Campeonato Alemão, acabam em meados de 2009 e o temor é de que o valor seja revisto para baixo. A conseqüência seria uma renda menor para todos os clubes. No Reino Unido, a primeira divisão é patrocinada pelo banco Barclays, que quase faliu.

Redação Sport Marketing

Comissão do COI agenda visitas em cidades candidatas aos Jogos

Chicago será a primeira cidade a receber a visita da Comissão de Avaliação do International Olympic Committee - Comitê Olímpico Internacional (COI), presidida pela marroquina Nawal El Moutawakel. Tóquio está agendada para receber a visista de 27 de abril a 3 de maio de 2009. O Rio de Janeiro será a terceira cidade na agenda da comissão que ficará no Brasil de 27 de abril a 03 de maio de 2009. Madrid finaliza a expedição de 04 a 09 de maio. Durante a visita, os avaliadores farão um relatório técnico baseado no que viram e nos dossiês de candidaturas que serão entregues no próximo mês de fevereiro. O relatório será apresentado no dia 2 de setembro, exatamente um mês antes do anúncio oficial da cidade escolhida para sediar o evento de 2016, em Copenhague, na Dinamarca.

Redação Sport Marketing

Canadá enfrenta Ecclestone

Os organizadores do GP do Canadá de F1 afirmaram que os pagamentos relativos às temporadas de 2006 e 2007 já foram saldados. A declaração vai de encontro ao que afirmou Bernie Ecclestone, presidente da Fórmula One Management (FOM), que negou ao país americano a disputa de um GP em 2009. Ecclestone, que administra a F1, anunciou que Montreal não está no calendário 2009, porque os organizadores canadenses não tinham pago as tarifas dos anos anteriores. "Sim é certo que temos um desacordo comercial quanto a nossas obrigações monetárias, mas apenas para 2008", declarou Paul Wilson, vice-presidente de marketing do GP de Montreal. "Estávamos trabalhando duro para resolver o problema e resolver assim nossas obrigações de 2008 quando Bernie Ecclestone, sem aviso prévio, surpreendeu a todos ao tirar, unilateralmente, o GP do Canadá do calendário de 2009 da FIA" - acrescentou o vice-presidente de 'marketing' da prova. A renúncia da Federação Francesa de Automobilismo de organizar uma prova em 2009 abre nova oportunidade ao Canadá de recuperar o evento, embora Ecclestone não esteja favorável ao retorno de Montreal ao calendário.

Redação Sport Marketing

Liverpool FC fecha gama de parceiros

O Liverpool FC, time da English Premier League - Liga Inglesa de Futebol da Primeira Divisão, anunciou uma série de novas parcerias comerciais. Os acordos somam valores de mais de £10 milhões. Os negócios foram finalizados com parceiros em quatro ramos comerciais diferentes - operadora de viagem, apostas on-line, vídeo games e corridas a motor. A Thomas Cook, empresa de turismo, fornecerá os pacotes de viagem oficiais para todos os jogos do time fora do clube pela Liga dos Campeões UEFA e competições domésticas. Já a empresa de games Konami tornou-se parceria oficial da categoria do time e lançará em 2009 novos títulos de games oficiais do time inglês. Outra parceria também foi anunciada com a casa de apostas irlandesa Paddypower que oferecerá uma linha completa de apostas aos fãs do time. O Liverpool também fechou acordo com a Superleague e terá um carro na categoria. "Nós estamos muito contentes com estas excitantes novas sociedades" - disse Ian Ayre, diretor comercial do Liverpool FC.

Redação Sport Marketing

Zebra vira mascote do Esportivo de Bento Gonçalves

O Zebrão foi eleito mascote do Esportivo, de Bento Gonçalves. A diretoria do clube da Serra Gaúcha anunciou o resultado de um concurso cultural promovido entre torcedores para a escolha do novo mascote. O Departamento de Marketing do Esportivo analisou os desenhos enviados, e declarou vencedora a obra do designer Adriano Segatto. O artista recebe como prêmio R$ 200, mais a inclusão do nome na história do clube, como criador do mascote do Esportivo. A justificativa para incluir a Zebra na eleição, faz parte da história do Esportivo. Em 1969, no primeiro resultado da Loteria Esportiva, o clube de Bento Gonçalves foi considerado a "zebra" do concurso inaugural, vencendo o Grêmio por 1 a 0, pelo Gauchão. Em outubro, além da divulgação do novo mascote, foram lançadas as camisetas do clube para a disputa do Estadual – entre elas, o terceiro uniforme em cor de vinho, homenageando a cidade de Bento Gonçalves.

Redação Sport Marketing

Crise afeta preparativos para Euro 2012

A Alpine Bau, uma das maiores construtoras da Áustria, abandonou a construção de um dos estádios para a Eurocopa de 2012 com capaciadade para 30.000 pessoas com a restrição de orçamento feita por autoridades municipais da cidade ucraniana de Lviv. Este é o segundo problema envolvendo a construção de estádios ucranianos para o torneio, depois que autoridades tiveram que escolher outra empreiteira para a renovação do principal estádio de Kiev, que deve receber a final da Euro 2012, torneio que será sediado na Ucrânia e Polônia. Oleh Zasadny, diretor do departamento da Euro 2012 no conselho municipal de Lviv, afirmou que o conselho havia rejeitado os novos custos da Alpine Bau, que excediam o limite fixado de 85 milhões de euros (114 milhões de dólares). O conselho municipal de Lviv já iniciou um procedimento para a escolha de uma nova empreiteira e negociações estão em andamento com empresas da Itália, Croácia, Turquia, Alemanha e Espanha.

Redação Sport Marketing

Patrocinador da Honda atingido pela crise

O banco ING, ex- principal patrocinador da equipe Renault de F1 e atual patrocinador da Honda, foi atingido pela crise financeira mundial (ler matéria arquivo Sport Marketing: Renault corre contra a crise). O governo holandês anunciou que vai injetar 10 bilhões de euros (cerca de R$ 28,3 bilhões) na instituição para impedir um colapso. Este é o segundo patrocinador da F1 atingido pela crise. O primeiro foi o banco escocês RBS, que patrocina a equipe Williams. A instituição foi afiançada pelo governo britânico, o que pode afetar o futuro dos patrocínios esportivos.

Redação Sport Marketing

Speedo aumenta linha de barras de cereais

A Speedo, marca líder mundial em esportes aquáticos, lançou dois novos sabores da tradicional barra de cereal: Açaí com Guaraná, dirigido especialmente para atletas, e uma combinação deliciosa de Frutas Vermelhas com Chocolate. As barras de cereais Speedo, fabricadas pela Riclan, são comercializadas nacionalmente em lojas de auto-serviço, atacadistas, distribuidores e varejo. "Ampliamos os sabores para aumentar nosso share em barras de cereais, já que a Speedo Energy Mix Light é o único produto no mercado que tem o apelo de uma marca reconhecidamente associada ao mundo dos esportes" - destacou Renato Hacker, diretor de marketing da Speedo.

Redação Sport Marketing

Tiago Pinto, ex-diretor de futebol da marca para as Américas, assume a função em São Paulo

A Nike do Brasil anunciou mudança no comando do departamento de marketing. Tiago Pinto assumiu a diretoria da área no lugar de Scott Munson, que voltou para a sede da empresa, na cidade de Beaverton (EUA). Tiago retorna ao Brasil após dois anos nos Estados Unidos onde atuou como diretor de futebol da marca para as Américas. O executivo, que chegou à Nike em 2005, está sediado no escritório da empresa em Alphaville.

Redação Sport Marketing

Maurren Maggi fecha com Rede Energia

A medalhista olímpica Maurren Maggi fechou contrato com a Rede Energia, grupo que controla a Enersul. A atleta que conquistou a primeira medalha de ouro individual feminina para o Brasil ao saltar 7 metros e 4 centímetros de distância nos Jogos Olímpicos de Beijing, agora faz parte do projeto Rede Atletismo. O projeto tem como objetivo descobrir e desenvolver talentos nas áreas de atuação de suas distribuidoras, como Mato Grosso do Sul. Os valores do contrato não foram revelados (ler matérias arquivo Sport Marketing: Maurren Maggi deixa BM&FBOVESPA; Sport Marketing: Maurren Maggi é ouro em Beijing; Sport Marketing: Maurren Higa Maggi vira estátua).

Redação Sport Marketing

AIG sai da Copa Davis

Após uma parceria de mais de dez anos, a American International Group Inc. (AIG) anunciou que não irá renovar o patrocínio da equipe americana na Copa Davis. O Grupo alega que as medidas estão sendo tomadas devido à crise financeira mundial. A AIG também patrocina o Manchester United, mas confirmou a manutenção do contrato com o clube inglês (ler matérias arquivo Sport Marketing: Manchester United corre risco de perder patrocínio; Sport Marketing: Crise próxima do marketing esportivo).

Redação Sport Marketing

Cacá Bueno fecha com Red Bull

O piloto da Stock Car Cacá Bueno é o mais novo contratado da Red Bull para 2009. A fabricante de bebidas energéticas apoiará outra equipe, não mais a de Amir Nasr, na próxima temporada. Agora, terá Andreas Mattheis como diretor técnico, William Lube como diretor esportivo e Thiago Meneghel como engenheiro-chefe, trio da WA Mattheis atualmente. O atual bicampeão terá Daniel Serra como companheiro, que já estava com a Red Bull, mas agora não mais sob supervisão de Nasr. Hoover Orsi deixa de representar a marca. Os valores do contrato não froam revelados.

Redação Sport Marketing

ESPN e McCann juntas com Santander

ESPN e a McCann desenvolveram uma ação especial para o Santander no novo portal www.espn.com.br. O banco, patrocinador da McLaren, terá uma página no site da ESPN com notícias, informações, vídeos e material em áudio sobre a equipe de F1. "A ESPN tem como objetivo trazer os anunciantes para o contexto esportivo, extrapolando as fronteiras da publicidade. O Santander estará presente como patrocinador da página da McLaren e terá a marca contextualizada através de uma imagem do carro da equipe. O conteúdo da ESPN será exclusivamente associado à McLaren e estará associado à área de F1 e conteúdos relativos do site. Haverá ainda banners do Santander em outras páginas do site” - disse Marcelo Pacheco, diretor comercial da Disney & ESPN Media Networks. Em julho, a ESPN lançou um novo portal, com conteúdo e formato completamente reformulados. Na publicidade, o ESPN.com.br também passou a oferecer um conceito inovador, com diversas possibilidades de patrocínio que podem ser personalizadas para cada empresa.

Redação Sport Marketing

Eduardo Paes desconhece João Saldanha

"O Gabeira não sabe o que vai fazer com a cidade no dia seguinte que assumir. Não apresentou nenhuma proposta concreta. Ele comenta as minhas propostas, virou um comentarista, o "João Saldanha da política" - disse Eduardo Paes". (G1 O Portal de Notícias da Globo 20/10/08 ). O ex-secretário de Esporte do Estado do Rio de Janeiro parece não saber quem foi João. João Saldanha, em toda a vida, não foi apenas comentarista esportivo com atuação em rádio, jornal e televisão. Como diretor de futebol e técnico campeão do Botafogo em 1957, tornou-se o maior responsável pela montagem do time que está até hoje na memória de cariocas e brasileiros, do qual faziam parte Nilton Santos, Didi e Mané Garrincha. Em 1969, João resgatou a auto-estima do futebol brasileiro como técnico e comandante da seleção que viria a ser tricampeã no México. Escalou e definiu as "feras do Saldanha": Carlos Alberto, Brito, Piazza, Gerson, Jairzinho, Tostão e Pelé. Até ser demitido, por não aceitar interferências diretas da ditadura militar, através do então presidente Médici. Ao lado de outros grandes jornalistas esportivos, inovou com seu estilo coloquial a cultura da imprensa especializada. Ainda jovem atuou em São Paulo e Paraná defendendo e organizando operários em greve e camponeses ameaçados de expulsão de suas terras. João Saldanha acreditava que, em uma política de esporte e cidadania, o esporte social - o esporte cidadão, voltado ao atendimento das camadas mais pobres da população, praticado em escolas, clubes e bairros populares - e o esporte de alto-rendimento - o que busca perfomance e conquista de medalhas e campeonatos - não são excludentes, ao contrário, se complementam. Defendia que o poder público em um país como o Brasil tinha obrigação de investir a maior parte de seus recursos no Esporte Social. Esse era João Saldanha, personagem que Eduardo Paes parece desconhecer. Assinam: Elza Jobim Saldanha Milliet (irmã); Vera Saldanha, Sonia Saldanha e Ruth Saldanha(filhas) ; Raul Milliet Filho.(sobrinho) e Oscar Niemeyer (amigo).

Redação Sport Marketing

Nike ataca com nova campanha

A Nike lançou nos Estados Unidos uma campanha de oito documentários e 31 comerciais que divulgam o conceito Nike Football. Com trilha sonora composta pelo guitarrista Joey Santiago, do Pixies, a série de documentários, recebeu o nome de "Blood, Sweat & Tears" ("Sangue, Suor & Lágrimas"), mostram a determinação e a paixão pela bola de astros do futebol, como Sergio Agüero (Atlético de Madrid), Lucas Neill (West Ham), Giovani dos Santos (Spurs) e Park Ji-Sung (Man U). Veja os comerciais no site http://inside.nike.com/blogs/nikefootball-en_MY/tags/young_talent.

Redação Sport Marketing

Benfica anucia patrocinador

O Benfica apresentará o novo patrocinador oficial da equipe de futsal, sexta-feira, dia 24. Segundo o site oficial do time, a apresentação contará com a presença de toda a equipe de futsal e respectivos dirigentes. (ler matérias arquivo Sport Marketing: Benfica TV pronta para ir ao ar; Sport Marketing: Benfica vende direitos de TV)

Redação Sport Marketing

David Beckham negocia com Milan

O agente de David Beckham está negociando com o Milan para que o jogador inglês seja emprestado pelo Los Angeles Galaxy ao time italiano."Ele vai ficar aqui no Milan, emprestado, por alguns meses, estamos conversando com o agente dele", disse o chefe-executivo do Milan, Adriano Galliani, no site oficial do time. O Milan pretende lucrar com ele tanto nos campos, quanto fora deles. "Vamos mantê-lo por alguns meses e então ele irá embora. Beckham escolheu o Milan" - disse Galliani. "Nosso time é ultra competitivo e vai continuar assim, mas Beckham é diferente e instigante". "Para mim, será um prazer. Beckham é um atleta sério, um ótimo profissional" - disse o técnico Carlo Ancelloti, gostou da idéia, ao site do Milan. Simon Chadwick, especialista em marketing e fundador do Centro de Negócios Internacionais e Esportivo da Universidade de Coventry, calculou que o clube vai faturar € 15 milhões (R$ 43 milhões) após a contratação do inglês. Chadwick se baseia na popularidade de Beckham na Ásia, mesmo motivo que levou o Real Madrid a tirá-lo do Manchester United em 2003.

Redação Sport Marketing

Itau fecha com CBF

O Banco Itaú junta-se à Vivo e Guaraná Antarctica e é o novo patrocinador da Seleção Brasileira de Futebol. O banco assinou contrato com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para patrocínio das Seleções Brasileiras de Futebol - Seleção Brasileira Principal, Seleção Olímpica, Seleção Sub-23, Seleção Sub-20, Seleção Sub-17, Seleção Sub-15 e Seleções Femininas. De acordo com o site da CBF, o contrato terá duração de seis anos, incluindo o período da Copa do Mundo no Brasil. "Essa iniciativa está alinhada aos nossos valores de investir sempre no que o Brasil tem de melhor e no que ajuda a fazer o país ainda melhor. Historicamente, atuamos desta forma em educação e cultura. E agora iniciamos essa nova jornada com o futebol, paixão do povo brasileiro, que também é uma das principais manifestações culturais do país, referência para todo o mundo" - disse Antonio Matias, vice-presidente do Banco Itaú. Especula-se que a instituição pagará US$ 105 milhões pelo período no qual terá direito a estampar a logomarca no ombro da camisa da seleção, além do título de "Patrocinador Oficial da Seleção Brasileira de Futebol". O banco também poderá promover ações promocionais e de publicidade junto ao público fazendo associação à Seleção em produtos e serviços.

Redação Sport Marketing

Mercado: Apple lucra apesar da crise

O grupo de informática Apple obteve um lucro líquido anual de 4,8 bilhões de dólares, devido às fortes vendas de computadores e celulares iPhone. No último trimestre de seu exercício, Apple obteve um lucro líquido de 1,72 bilhão de dólares, em alta de 31%, com ganho de 1,26 dólar por ação, superior à previsão de 1,11 dólar dos analistas. As vendas da Apple, estimuladas por um aumento de 21% em volume e 17% em valor de seus computadores, somaram 7,9 bilhões de dólares.

Redação Sport Marketing

Globo renova com patrocinadores da F1

A Rede Globo já fechou contrato com os patrocinadores da temporada de 2009 da F1. Banco Real, Nova Schin, Petrobras e Renault deram continuidade à parceria vigente em 2008 e renovaram as cotas para o próximo ano. O quinto anunciante a entrar para as pistas da F1 foi a Mastercard, que ocupará o lugar da TIM, cujo contrato de patrocínio não foi renovado para 2009. Cada uma das cotas foi adquirida pelo valor médio de R$ 53 milhões, totalizando uma receita de R$ 265 milhões para a Rede Globo. Cada um dos anunciantes terá direito a uma média de 1013 inserções na TV Globo ao longo de toda a temporada, que terá início em março de 2009, com o GP da Austrália e deve terminar em novembro, com o GP Brasil, em Interlagos.

Redação Sport Marketing

O pior quer estar entre os melhores

O Íbis Sport Club, o pior time do mundo, completará 70 anos no dia 15 de novembro. Para comemorar, está sendo elaborado um site oficial para o clube. A data prevista para o lançamento é 20 de novembro. O lançamento do site acontecerá durante a apresentação do "Ibis - Projeto para o Século XXI", onde serão apresentadas outras novidades relacionadas ao clube como: novo escudo, uniformes, projeto para centro de treinamento, patrocinadores, investidores, sistema LiQuso para sócios e investidores e a Ibis WebTv. O evento de lançamento dessas novidades será transmitido pela Ibis Web Tv, ao vivo.

Redação Sport Marketing

Timão ignora crise financeira mundial

O Corintians se reuniu com os empresários da Medial. A reunião teve como meta a renovação de patrocínio. O Timão pediu um aumento de 20% e exige R$ 20 milhões para renovar com a empresa. Os números assustaram a Medial, que alegou que a crise financeira mundial e a alta do dólar neste mês impedem um investimento tão alto na próxima temporada. Atualmente, o Corínthians tem o maior patrocínio (R$ 16,5 mi). A idéia do Corinthians é estabelecer o contrato por um temporada apenas, já que visa lucrar ainda mais no ano de seu centenário (2010).

Redação Sport Marketing

Mercado: McDonald's em big alta

A maior rede mundial de fast-food, McDonald's, apresentou os resultados referentes ao terceiro trimestre de 2008. A rede americana teve um crescimento nas vendas globais de 7,1%. No período, o McDonald's registrou lucro líquido de US$ 1,2 bilhão frente a US$ 1,08 bilhão em 2007. Já a receita do terceiro trimestre deste ano atingiu US$ 6,26 bilhões, sendo que no ano anterior o número havia ficado em US$ 5,9 bilhões. As redes dos Estados Unidos abertas há pelo menos um ano alcançaram os maiores incrementos nas vendas em 2008, com uma alta de 4,7% no terceiro trimestre deste ano. Já a Europa teve um aumento de 8,2% nas vendas enquanto a região da Ásia/Pacífico reportou acréscimo de 7,8%.

Redação Sport Marketing

Academia Olímpica de Portugal realiza evento e promove olimpismo

Economia, Vela Olímpica, os Jogos Paralímpicos e a naturalização de atletas são os temas centrais da XXI Sessão Anual da Academia Olímpica de Portugal (AOP), que decorre no próximo fim-de-semana em Aljustrel. A abertura está marcada para as 21h00 de sexta-feira, dia 24, e apresentação dos trabalhos têm início logo a seguir com o presidente da Academia, Sílvio Rafael, sobre a AOP e a Academia Olímpica Internacional, seguida da conferência "Economia e Jogos Olímpicos", a cargo do membro Fernando Tenreiro. Os objectivos da Academia Olímpica de Portugal são estudar e investigar as manifestações olímpicas, quer na Antiguidade, quer na Era Moderna, causas e efeitos nos campos educativo, filosófico, desportivo, social e político, bem como promover e incentivar estudos e ações práticas de sensibilização, formação e divulgação dos ideais olímpicos, sobretudo entre os jovens. O Comitê Olímpico Brasileiro também mantém a Academia Olímpica Brasileira, sob a presidência do Dr. Eduardo Henrique De Rose e vice-presidência do ex-atleta de vôlei Bernard Rajzman, a qual tem como membros os autores do livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros, Marcus Vinicius Freire e Deborah Ribeiro.

Redação Sport Marketing

Austrália investe no futebol feminino

A liga profissional de futebol da Austrália (A-League) investiu em nova campanha para lançar a versão feminina da competição. Com o slogan de “Futebol com estilo” e um visual novo, a A-League lançou a Westfield W-League. O torneio começará no próximo final de semana e terá a participação de oito equipes: Perth Glory, Sydney FC, Melbourne Victory, Central Coast Mariners, Queensland Roar, Adelaide United, Newcastle Jets e Canberra United.

Redação Sport Marketing

Sporting lança ingresso solidário

De acordo com os vários pedidos de Instituições de Solidariedade Social, o Sporting de Portugal criou o Bilhete Leão. O novo bilhete é especial para as visitas ao Estádio José Alvalade e Mundo Sporting, pelo preço simbólico de 2 euros. Esta iniciativa faz parte do projeto Sporting Solidário e destina-se a instituições que trabalham em áreas especiais, nomeadamente, com crianças, incapacitados, idosos, carenciados, entre outros.

Redação Sport Marketing

Atletas figuram em pesquisa de portal masculino

Uma pesquisa realizada pelo site “askem.com”, portal de estilo de vida masculina mais acessado do mundo, apontou Barack Obama, candidato democrata às eleições presidenciais norte-americanas, como o homem mais influente do mundo, mesmo antes das eleições americanas. O jogador Cristiano Ronaldo é o nono da lista, à frente de John McCain. Os resultados da pesquisa resultam de entrevistaas com mais de 200 mil homens a quem foi perguntado qual o homem que mais influenciou os comportamentos, compras e pensamentos durante este ano. O presidente da Apple, Steve Jobs, é o segundo do “ranking”, logo à frente do nadador Michael Phelps, o atleta que conquistou oito medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Beijing. O tenista Rafael Nadal, Príncipe das Astúrias, apareceu na 30ª posição, à frente de nomes como Brad Pitt e Lewis Hamilton.

Redação Sport Marketing

Siena quer acolher Ronaldo

O clube italiano Siena mostrou interesse em Ronaldo. Por enquanto, o time ofereceu as instalações para o jogador brasileiro poder voltar à velha forma e a jogar. A confirmação do interesse do Siena acontece depois de o próprio Ronaldo dizer que tinha recebido uma oferta de um clube italiano "que não era o Milan"."Bastaria para nós que ele jogasse metade do campeonato. Depois poderia ir para outra equipe, talvez uma maior. No Siena jogaria e se divertiria. E para nós seria uma esplêndida jogada de marketing" - afirmou o presidente, Giovanni Lombardi, em entrevista publicada hoje pelo diário esportivo "Corriere dello Sport". Por enquanto, Ronaldo treina no Flamengo, e espera a abertura da janela de transferências do mercado europeu para saber o futuro. Manchester City e Paris Saint Germain já demonstraram interesse pelo atacante brasileiro. "Mesmo que ele não jogue conosco, espero de qualquer maneira que ele encontre uma equipe e volte a jogar. Gosto muito de vê-lo em campo" - concluiu Lombardi.

Redação Sport Marketing

Nascar negocia com eBay

A agência de marketing esportivo norte-americana Racing Aces Marketing procura novo patrocinador. As negociações do patrocínio para o principal carro da prova automobilística Nascar Sprint Cup Series, estão sendo transadas com o site eBay. A empresa, que gere os patrocínios de J.J. Yeley, três vezes campeão da prova, dará aos patrocinadores a possibilidade de leiloarem a presença na próxima edição do Nascar. "O espantoso sucesso de J.J. traduz-se em mais tempo de visibilidade para o patrocinador, e acreditamos que o eBay é o parceiro perfeito para este evento", explicou o presidente da Races Aces Marketing, Doug Ames. Budweiser, Lowes, Home Depot e AT&T são alguns dos maiores patrocinadores do Nascar.

Redação Sport Marketing

Reebok exalta o gigantismo de Lewis Hamilton

O piloto inglês de F1, Lewis Hamilton, será homenageado com um retrato gigante junto à Tower Bridge, em Londres. A empresa de material esportivo Reebok, patrocinadora do piloto que lidera o Mundial da F-1 com 94 pontos, encomendou ao pintor britânico Ian Cook uma pintura de 8x12 metros, com superfície de 96 m2. O artista britânico, que tem métodos próprios para pintar as obras, um estilo único conhecido como “Auto Drawings”, no qual, os "pincéis" são carrinhos de controle remoto com tinta nas rodas, já começou a pintar o mega retrato. Ele trabalha num estúdio improvisado na Regent Street, a apenas alguns metros da famosa praça Piccadilly Circus. A Reebok apresentará o quadro do embaixador global da marca, no próximo dia 29 de outubro. A obra ficará exposta durante o último fim de semana da temporada de Hamilton - que pode se tornar o campeão mais jovem da F1 se vencer o GP do Brasil, em 2 de novembro. “Reebok é uma marca que celebra a individualidade no esporte e na vida. Lewis é um fora de série e quando nós soubemos do estilo único de arte de Ian, nos pareceu uma combinação natural” - destacou o vice-presidente senior de Sports Marketing da Reebok, Tom Shine. A Reebok fechou contrato com Lewis Hamilton em maio deste ano (ler matérias arquivo Sport Marketing: Reebok acelera negociações com Lewis Hamilton; Sport Marketing: Reebok apresenta o embaixador Lewis Hamilton). Ele é o último ícone esportivo a se juntar a um seleto grupo que inclui os superastros do basquete Yao Ming e Allen Iverson; o atacante do Barcelona Thierry Henry; o jogador sensação de críquete, o indiano MS Dhoni e Rahul Dravid; a tenista número 1 do mundo, Jelena Jankovic; o jogador de Hóquei no gelo Alexander Ovechkin e a lendária atleta sueca Carolina Kluft, entre outros.

Redação Sport Marketing

Tour de France perde valor com doping

A decisão da ARD, televisão estatal da Alemanha, de não transmitir a Volta a França de 2009 devido aos sucessivos casos de doping de ciclistas germânicos está mexendo com a organização da prova. Para Christian Prudhomme, diretor do Tour, a decisão trata-se de um "louco desencanto". Ele disse compreender "a profunda decepção dos alemães", com o que se passou com Jan Ullrich, mas considerou que a decisão é "injusta" e "penaliza" os que lutam pela verdade desportiva. "É uma pena"- frisou."Os telespectadores alemães vão continuar assistindo à Tour no Eurosport. Quanto ao resto, acho que não existe uma diferença fundamental entre ciclismo e outros desportos" - sustentou. A ARD argumentou que "o valor desportivo do Tour diminuiu consideravelmente devido à multiplicação de casos de doping".

Redação Sport Marketing

FIA corre contra crise

A Federação Internacional do Automobilismo (FIA) e a Associação das Equipes de F1 (FOTA) chegaram a um acordo com relação às medidas que pretendem adotar para redução de custos nas duas próximas temporadas do Mundial de F1. Os órgãos máximos do esporte a motor se reuniram em Genebra, na Suíça, onde emitiram comunicado conjunto no qual asseguram que a FOTA vai "trabalhar com urgência" na preparação de novas propostas, visando a redução dos custos na modalidades, que atualmente são "insustentáveis". No entender da FIA, a crise poderá levar, inclusivamente, a "uma redução do número de competidores", pelo que a solução deverá passar por um orçamento igual ou muito próximo das receitas disponibilizadas pela Formula One Management (FOM), para todas as equipes.

Redação Sport Marketing