15 de set de 2008

Manchester United corre risco de perder patrocínio

A AIG, seguradora americana, principal patrocinadora do Manchester United está em "crise de liquidez" e busca ajuda. Se a situação irá afetar as ações da empresa em marketing esportivo isso ainda é uma icógnita. O fato é que as ações da AIG caíram quase 40% depois que a seguradora solicitou um empréstimo de cerca de US$40 bilhões aos cofres americanos. O Manchester United tem contrato de patrocínio de quatro anos com a AIG, no valor de £56.5milhões, acordo este assinado em 2006 e que caracteriza-se como o maior negócio de patrocínio do futebol inglês.Recentemente, o West Ham United perdeu £8m do patrocínio da camisa por causa de problemas financeiros com a XL Leisure Group, o Manchester United pode vir a sofrer dificuldades semelhantes. A marca AIG ficou no lugar da Vodafone na camisa do Manchester United, a qual pagava £9 milhões ano ao clube inglês pelo negócio."Nós estamos avaliando todos os nossos negócios e olhando para as opções de como a AIG deve atuar daqui prá frente" - disse o porta-voz da AIG Nicholas Ashooh. A AIG foi fundada há 89 anos na China e, anos mais depois, se transformou em uma das maiores asseguradoras do mundo, com escritórios em 130 países e territórios, servindo 74 milhões de clientes.

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos