3 de ago de 2008

Pesquisa aponta vida financeira de clubes

Uma pesquisa da empresa de auditoria Casual Auditores sobre a saúde financeira dos maiores clubes do país apontou o Atlético como clube de maior lucro somado entre 2006 e 2007 e bem à frente dos demais. Segundo a pesquisa, o caixa atleticano apresentou superávit de R$ 37,7 milhões no período. O Juventude, segundo colocado, teve lucro de R$ 9,7 milhões, graças à venda do Centro de Treinamento do clube. Além deles, somente Santos (R$ 7,4 milhões), São Paulo (R$ 5,1 milhões) e Barueri (R$ 2 milhões) fecharam as temporadas no azul. Em termos de receita bruta, a lista é encabeçada pelo São Paulo, que gerou R$ 190 milhões em 2007, seguido por Internacional (R$ 155,8 milhões), Corinthians (R$ 134,6 milhões) e Grêmio (R$ 109 milhões). O presidente rubro-negro, João Augusto Fleury da Rocha, credita o saldo positivo à reavaliação do valor patrimonial do CT do Caju e da Arena da Baixada, determinada pela Receita Federal. Clubes de grande tradição somaram prejuízos. O ranking dos déficits é liderado mais uma vez pelo Flamengo (R$ 242,4 milhões), seguido por Atlético-MG (R$ 214,3 milhões) e do Botafogo (R$ 209,7 milhões).

Redação Sport Marketing