28 de ago de 2008

Mercado: Gafe histórica mata dono da Apple

Uma falha eletrônica terá sido responsável pela divulgação involuntária do obituário do CEO da Apple por parte da agência de informação financeira Bloomberg. A matéria com mais de 17 páginas sobre a morte do criador da Apple saiu para a rede dos clientes. A nota, que teria ficado no ar por apenas alguns minutos, não se limitava a dar conta da morte de Steve Jobs, continha também depoimentos de diversas personalidades, entre elas, Bill Gates, Larry Ellison, Al Gore e Eric Schmidt sobre o empresário da Apple. Gates, no depoimento afirma que “Steve Jobs foi o líder mais inspirador que ele já conheceu”. Há alguns anos Steve Jobs luta contra os estragos causados por um câncer no pâncreas. Recentemente, rumores sobre a saúde de Jobs derrubaram a quotação das ações da Apple. A Bloomberg reconheceu o erro, pediu desculpas e aproveitou também para dizer que não tem nenhuma informação exclusiva sobre a saúde do guru da Apple.

Redação Sport Marketing