25 de ago de 2008

Excentricidades de quem não tem onde gastar

O jogador Cristiano Ronaldo, do Manchester United, está investindo alto na marca CR7. O jornal britânico The Sun, noticiou que o português tem uma nova mania: identificar tudo o que lhe pertence com a sigla CR7, junção das iniciais do nome dele e o número da camisa que usa no clube inglês e na seleção. A última excentricidade do atleta foi colocar a sigla em todas as placas dos carros. Desembolsou 188 mil euros apenas nessa façanha. O jornal inglês também destaca que, no último mês, Cristiano Ronaldo gastou 614 mil euros só em automóveis. Ronaldo encomendou: um Rolls Royce Phantom preto, pela "módica" quantia de 426 mil euros, comprou um Bentley, de cor prateada, no valor de 175 mil euros. Ronaldo segue os passos de outros jogadores como Ronaldinho Gaúcho (R10) e Ronaldo Fenômeno (R9), David Beckham que tem uma tatuagem com o número romano VII e uma linha de roupa para a Marks&Spencer com o nome de DB7, além de outros atletas como os da NBA - Liga Profissional de Basquete Norte Americano. O madeirense tem o logotipo estampados nos armários, almofadas dos sofás, cama, mesa e até jóias em forma de 7 . Na piscina da sua mansão em Cheshire o fundo está decorado com mosaicos em forma de... 7. Outro atleta que parece não saber onde gastar o dinheiro é o jovem nadador Michael Phelps, que apenas da Speedo, ganhou US$1 milhão pela conquista das oito medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Beijing. O nadador, antes de ir a Londres participar da festa da passagem do legado olímpico de Beijing para a cidade londrina que realiza os Jogos de 2012, esteve em Portugal e gastou na discoteca Nikki Lake, de onde saiu por volta das 04.00 da madrugada, cerca de cinco mil euros em bebidas (principalmente champanhe Dom Pérignon).

Redação Sport Marketing