14 de ago de 2008

Cielo agradece medalha aos patrocinadores e ao 'paitrocinador'

Mais um bronze para o Brasil. Depois de fazer o oitavo melhor tempo nas semifinais dos 100 metros nado livre, o nadador Cesar Cielo subiu no pódio. Foi o primeiro pódio da natação brasileira nos Jogos Olímpicos de Beijing e o décima da história do esporte em Jogos Olímpicos. César Augusto Cielo Filho nasceu na cidade de Santa Bárbara d´Oeste, interior de São Paulo. Com a Samsung, o primeiro patrocinador, Cielo é um dos atletas mais velozes das piscinas deixou de ser um atleta amador e se tornou profissional. "Hoje sonhei que era o terceiro na prova, mas aí acordei e lembrei que estava na raia oito. Não importa. Agora eu vou ganhar os 50 metros" - disse Cielo, patrocinado pela Speedo, que chorou ao agradecer a todos que o ajudaram na conquista. "Agradeço aos meus pais, minha família, meus patrocinadores". A prova foi vencida pelo francês Alain Bernard, com o tempo de 47s21. O australiano Eamon Sullivan ficou em segundo, com 47s32, e o brasileiro dividiu a terceira colocação com o norte-americano Jason Lezak, com a marca de 47s67. Aos prantos, Cielo, que além da Samsung também é patrocinado pela Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), por meio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos e salário pago pelo Esporte Clube Pinheiros de São Paulo, bateu o recorde sul-americano da prova, completou: "muito bom trazer essa medalha para o Brasil. Foi emocionante. Vendo o meu nome no placar é muito bom" - afirmou Cielo. Os Correios patrocinam os esportes aquáticos desde 1991, numa parceria com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Redação Sport Marketing - Beijing 2008