31 de jul de 2008

Traffic compra Everton do Paraná

Os últimos 15% dos direitos econômicos do meia Everton que pertenciam ao Paraná foram vendidos para a Traffic, empresa de marketing esportivo que faz parcerias com outras equipes do futebol brasileiro. Com a negociação, o clube deixa de ter o jogador como patrimônio. No entanto, a diretoria paranista garante que vai mantê-lo na Vila Capanema até o final do ano, por empréstimo. A negociação teria rendido em torno de R$ 1,5 milhão aos cofres do clube paranaense. Everton pertence agora ao Desportivo Brasil, clube utilizado pela Traffic para vincular os jogadores. Todos pertencem à empresa, mas atuam pelo Palmeiras — outro clube pode ser também o próximo destino do meia. A situação de empréstimo de Everton para o Paraná Clube deve ser oficializada pelo Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Caso a situação do jogador não seja regularizada, o Paraná Clube pode perder seis pontos a cada partida que utilizar o atleta irregular. O valor envolvido na negociação de Éverton já tem destino. Uma parte envolve o pagamento de R$ 1 milhão ao jogador Hadson, que atuou por 15 minutos pelo Tricolor, foi dispensado e, em seguida acionou o clube na justiça. Hadson chegou a pedir R$ 3 milhões de indenização, mas fez um acordo e aceitou um terço do valor inicial. Os outros R$ 500 mil vão para o PSTC, para finalizar o acerto feito entre o Paraná e o time do interior, que envolveu a venda do atacante Ilan.

Redação Sport Marketing