23 de jul de 2008

Mercado: Apple tem lucro de US$ 1 bi

A Apple conseguiu entre abril e junho de 2008 um lucro líquido de US$ 1,070 bilhão. O valor é 31% maior em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com a empresa, o volume de negócios chegou neste período, correspondente ao terceiro trimestre do atual ano contábil, aos US$ 7,460 bilhões, 38% a mais que em 2007. Segundo a Apple, a melhora nas receitas deve-se, principalmente, às fortes vendas de computadores Macintosh e do iPod. A companhia com sede na Califórnia (Estados Unidos) distribuiu entre abril e junho, aproximadamente 2,5 milhões de Macs, 41% a mais que no mesmo trimestre de 2007, e 11 milhões de IPods, alta de 12%. Steve Jobs, executivo-chefe da Apple, disse que a empresa "marcou um novo recorde nas vendas do Mac" e aumentou o faturamento graças ao iPhone 3G. "Estamos muito ocupados terminando alguns novos e maravilhosos produtos para lançar nos próximos meses", acrescentou Jobs em comunicado. No último ano, a Apple obteve clientes no mundo todo graças a seu popular celular iPhone, cuja versão 3G começou a ser vendida em 11 de junho em 21 países. Entretanto, o telefone representa, por enquanto, cerca de 5% de seu volume de negócio internacional. A Apple também divulgou as previsões de resultados para o atual trimestre, que mostraram ser um pouco inferiores ao previsto pelos analistas. A empresa espera obter um lucro líquido por ação de US$ 1 e alcançar um faturamento de US$ 7,8 bilhões. Wall Street tinha previsto um lucro por ação de US$ 1,25 e um volume de negócios de até US$ 8,3 bilhões, graças, em parte, ao sucesso de vendas do iPhone. Como resultado, as ações da Apple caíram ligeiramente após suas contas do último trimestre serem conhecidas e até às 18h44 (Brasília) perdiam 4,8%, para US$ 158.

Redação Sport Marketing