19 de jul de 2008

Fluminense apresenta déficit de R$ 139 milhões

Segundo levantamento da Casual Auditores Independentes, o Fluminense apresentou um déficit de R$ 139 milhões em 2007. Os números foram explicados por Humberto Palma, o superintendente de finanças do clube que trata-se de uma correção dos valores da dívida do tricolor. Já o departamento jurídico do clube acertou um acordo com Romário, que cobrava na Justiça salários atrasados e encargos devidos entre 2003 e 2004. O ex-jogador reduziu em 30% o valor, não divulgado, aceitando pagamento em 20 meses. "Para que a gente pudesse gozar dos benefícios da Timemania, tivemos de corrigir toda a dívida do clube, que hoje está neste valor", esclareceu Palma. O dirigente explicita que o déficit real do clube na última temporada girou em torno de R$ 5 milhões, por não ter acontecido negociação de jogadores com o exterior, ao contrário do ano 2006. "Os números são altos, mas a situação melhorou, pois temos 240 meses para pagar esta dívida. O problema é que a Timemania não está dando os frutos que esperávamos. A divulgação não foi boa" - comentou.

Redação Sport Marketing