2 de jul de 2008

FIFA perde ação para ISL

A FIFA terá que pagar US$ 114,5 mil por conta da falência, em 2001, de um dos parceiros de marketing, a ISL. A investigação sobre a queda da ISL e da matriz ISMM ocorreu logo após queixa presentada pela própria FIFA. No entanto, o órgão se retirou do caso, com o argumento de que pretendia prosseguir o tema em um tribunal civil. Procuradores da cidade de Zug, onde as empresas estavam instaladas, reuniram acusações contra seis ex-executivos da ISMM (ler matéria arquivo Sport Marketing - Começa o julgamento do caso FIFA - ISMM/ISL). Três deles foram parcialmente condenados.O Ministério Público afirmou que os envolvidos poderiam pegar de três a quatro anos e meio de prisão. Os advogados de defesa alegaram durante o julgamento que a FIFA tinha consciência da dificuldade financeira da empresa e teria acelerado a falência com a ruptura de acordos comerciais com a empresa. A FIFA ainda não se pronunciou a
respeito.

Redação Sport Marketing