22 de jun de 2008

VANOC se prepara contra pirataria

Os Jogos Olímpicos de Beijing nem começaram e o VANOC - Vancouver Organizing Committee - Comitê Organizador dos Jogos de Vancouver 2010 já está se preparando contra a pirataria dos produtos licenciados. "Nós estamos nos antecipando e nos preparando para esta ameaça potencial" - disse Dennis Kim (foto), diretor de licenciamento e merchandising do VANOC. "Alguns produtos falsos como camisetas, bonés, chaveiros já começaram a surgir no mercado em Vancouver, Niagra Falls e Montreal, mas a ação efetiva dos piratas não é esperada antes do encerramento dos Jogos de Verão em 24 de agosto" - esclareceu Kim. Como parte da preparação contra pirataria, o VANOC em parceria com o Departamento de Polícia de Vancouver realizaram uma conferência de três dias em Toronto, a fim de melhorar as habilidades na execução de lei contra a multibilionária indústria de falsificação de produtos. De acordo com o sargento Doug Fisher, do Departamento de Polícia de Vancouver, ainda muito cedo para dizer quais artigos os falsificadores tentarão piratear durante os Jogos. "Os falsificadores invariavelmente testam o mercado, e assim que eles acham o artigo mais quente, é aí onde eles enfocam os esforços" - esclareceu Doug Fisher. As leis contra pirataria no Canadá são fracas. "Atualmente, as leis canadenses contra pirataria e de proteção de direitos de propriedade intelectual são as mais fracas do que qualquer país do G-8" - alertou durante a conferência o cônsul geral dos Estados Unidos Lewis Lukens. De acordo com o diretor do VANOC, os Jogos de Vancouver têm rendas estimadas de US$46 milhões em produtos licenciados que precisam ser protegidos.

Redação Sport Marketing