15 de jun de 2008

UEFA acusada de censura

Os dirigentes das emissoras de tvs públicas da Suíça e da Áustria, países anfitriões da EURO 2008, acusam a UEFA, detentora dos direitos de transmissão do torneio, de censurar algumas cenas dos jogos para evitar a disseminação de imagens desagradáveis. "Não é aceitável que algo aconteça e não possa ser mostrado" - criticou Elmar Oberhauser, diretor da TV pública ORF, retransmissora dos jogos na Áustria. "Rejeitamos qualquer forma de censura em eventos esportivos" - ressaltou o diretor-geral da estatal SRG-SSR, Armin Walpen, na revista suíça SonntagsZeitung. As declarações se baseiam em fatos ocorridos, como por exemplo, no jogo Áustria-Croácia, em que a UEFA impediu a transmissão da invasão de campo por um torcedor croata e também as imagens dos sinalizadores na torcida croata. "Não aconteceu nada grave até agora, mas o controle da UEFA sobre as imagens entregues aos canais de TV é uma questão de fundo que não poderemos continuar aceitando" - assinalou Said Oberhauser à agência APA.

Redação Sport Marketing