15 de jun de 2008

Robinho no Chelsea

Robinho, contratualmente ligado ao Real Madrid, foi eleito, assim como Deco, por Luiz Felipe Scolari futuro treinador do Chelsea, time vice-campeão inglês, uma das prioridades do novo Chelsea que começará a se formar com a chegada do novo técnico. Felipão, está disposto a oferecer pelo passe 38 milhões de euros. A notícia é dada pelo tablóide britânico “Daily Star”, citada pelo diário desportivo espanhol “As”. O jornal inglês avança mesmo com outros valores envolvidos na transacção, ou seja, os ordenados do jogador, que seriam na ordem dos 5,2 milhões de euros anuais, o dobro que recebe dos merengues, sendo o contrato válido por quatro anos. Vale lembrar que, recentemente, Robinho foi apontado como possível “moeda de troca” num eventual negócio com o Manchester United para a transferência para Madrid de Cristiano Ronaldo. Comenta-se nos bastidores dos gramados que o proprietário do clube inglês, o magnata russo Roman Abramovitch, deixou no bolso de Felipão um cheque no valor de 140 milhões de euros para que ele faça novas contratações ou renove contratos como foi o caso de Frank Lampard. Felipão, mal chegou no time e já aumentou o salário do subcapitão para 190 mil euros por semana (o recorde da Premiership é de John Terry, com 170 mil), a fim de evitar a saída do autor de 22 gols na temporada passada, para o Inter, de Mourinho.

Redação Sport Marketing