1 de jun. de 2008

Receitas do Real Madrid rondam os 360 milhões (R$ 911 milhões)

O Real Madrid foi o clube que obteve mais receita durante a temporada 2006/07. Segundo revelou a empresa Deloitte, os merengues faturaram cerca de 351 milhões de euros, bem à frente do Manchester United (315) e do Barcelona (290). O Chelsea foi o quarto clube com maiores proveitos na temporada que terminou em 2007: 283 milhões. Na temporada que se encerra, o Real aumentou os lucros para 360 milhões, segundo indicou o presidente Ramon Calderon ao jornal Marca. Ainda assim, a dívida do emblema da capital espanhola continua bem alta e ronda os 240 milhões de euros (R$ 607 milhões). O lucro bruto do Real, sem impostos, foi de 97 milhões de euros (R$ 245 milhões). A dívida do Real Madrid totalizava 240 milhões de euros, 40 milhões a mais que na gestão anterior, que começou em julho de 2006. "Temos capacidade (financeira) suficiente para cumprir com o pagamento da dívida" - afirmou Calderón, lembrando que a receira do clube se duplicou desde que chegou. Segundo a imprensa espanhola, alguns dirigentes do Real Madrid perguntam se o clube, que gastou mais de 100 milhões de euros (R$ 253 milhões) em contratações no verão passado, tem condições para fazer novas aquisições, como a especulada do português Cristiano Ronaldo (80 milhões).

Redação Sport Marketing