16 de jun de 2008

Honda pode voltar à ter uma escuderia na F1

De acordo com informações do site português "Autosport", Ken Anderson, engenheiro norte-americano que já trabalhou na F-1, esteve reunido com Ross Brawn e Nick Fry durante no Canadá para negociar um apoio da montadora japonesa Honda no projeto de ter uma escuderia na categoria já em 2009. No acordo, a fábrica nipônica ajudará cedendo motores, caixas de câmbio e o futuro sistema KERS para o time de Anderson, e o pacote seria pago pela sucursal da Honda nos EUA, envolvida diretamente no projeto. O engenheiro já garantiu o apoio de diversos investidores norte-americanos e tem um encontro marcado com Bernie Ecclestone, em Londres, na semana que vem. O futuro da nova equipe pode ser definido após essa reunião, com a esperança do anúncio ser feito dentro de alguns meses. Quem pode se beneficiar com a entrada de Anderson como chefe de equipe da F-1 é Takuma Sato, ex-piloto principal da extinta Super Aguri. Caso a idéia do engenheiro vingue, os EUA voltariam a ter uma escuderia de F-1 após 20 anos. A última foi a Lola/Haas, que correu no fim de 1985 e durante toda a temporada seguinte.

Redação Sport Marketing