6 de jun de 2008

Guerra às fraudes em Beijing 2008

O presidente do IOC - International Olympic Committe - Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge (foto), declarou guerra às armações e fraudes nas apostas esportivas durante os Jogos de Beijing. Os apostadores que se cuidem, porque será utilizado um dispositivo de vigilância que terá a participação da Interpol. "Assinamos um acordo com as principais companhias (de apostas), diria com as que trabalha, de boa fé" - anunciou o presidente do COI às agências internacionais. "Contamos com elas para nos alertar sobre qualquer movimento anormal nas apostas. É incumbência delas trabalhar conosco e de nosso interesse trabalhar com elas" - ressaltou Rogge que falou com a imprensa depois de três dias de reunião da comissão executiva do Comitê. Segundo o belga, a unidade especialmente criada para Beijing 2008 vai colaborar estreitamente com a Interpol para prevenir qualquer atividade "suspeita" e informar as federações envolvidas. "Teremos uma comissão disciplinar que interrogará os supostos autores e informará a comissão executiva, que decidirá o que fazer" - explicou.

Redação Sport Marketing