27 de jun de 2008

Gastos da Nike em publicidade e marketing preocupam

O aumento dos gastos da Nike com marketing e publicidade relacionados aos Jogos Olímpicos e Eurocopa estão preocupando alguns analistas com relação à habilidade da companhia de competir em tempos econômicos difíceis. A preocupação é que as despesas de marketing cortem os ganhos fiscais de 2009. A Nike gastou US$75 milhões em publicidade nos Estados Unidos até abril, no ano passado gastou US$189 milhões e em 2006 US$217 milhões em 2006. A soma desses investimento em marketing e publicidade é alta e tem preocupado, inclusive os executivos da maior fabricante de materias esportivos do mundo, que estão tentado se consolar com o argumento de que os gastos acrescentados em marketing no ano olímpico são investimentos normais e inteligentes. Porém, eles são realistas sobre o desafio que a companhia tem dentro da própria casa, nos Estados Unidos, onde no último quadrimestre, que terminou em 31 de maio, a Nike obteve o índice de crescimento estimado em apenas 4% e renda de US$1.7 bilhão, comparado ao índice de 16% e renda de US$5.1 bilhões mundial. "A Nike é uma companhia em crescimento" - disse Mark Parker, CEO da empresa por telefone. "As companhias fortes podem navegar por tempos difíceis e terminar muito mais forte ainda" - acrescentou o presidente da marca Charlie Denson.

Sandra White - Correspondente Sport Marketing - Estados Unidos