27 de jun de 2008

Fundesporte prevê construção de centro olímpico

A Fundesporte - Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul - analisa projeto que prevê a construção de um centro olímpico para atender atletas de Mato Grosso do Sul. O diretor da Fundação, Júlio César Komiyama, espera que as obras tenham início já em 2009. Para agilizar o processo do centro olímpico, ele pretende aproveitar uma estrutura já iniciada, no entanto, não revela qual prédio já poderá abrigar o centro. A intenção é que ele seja usado para o treinamento de atletas nas modalidades: basquete, voleibol, handebol e atletismo. No local, os atletas terão alojamento, comida e escola. Para promover o esporte em Mato Grosso do Sul, outro projeto prevê a divisão do Estado em regiões. Desta maneira, as etapas eliminatórias poderão ser feitas em cidades pólo, que ficam próximas dos municípios onde os esportistas residem. “Assim vamos aumentar o número de atletas”, defende. Komiyama revela que dois campeonatos estão confirmados para este ano: o Jojums (Jogos da Juventude de Mato Grosso do Sul, destinado a adolescentes de 15 a 16 anos) e o Joris (Jogos Recreativos Especiais, voltado para deficientes físicos). A Fundesporte também é responsável pelo projeto Pintando a liberdade, desenvolvido por internos de unidades prisionais de Mato Grosso do Sul. Os detentos confeccionam bolas, que são enviadas a vários estados e, em contrapartida, têm redução de pena. Atualmente, oito cidades estão inseridas no projeto. Os internos já fizeram bolas de futebol, mini-bolas e a Fundesporte tenta implantar a confecção de bolas “bochinhas”, que são adaptadas para deficientes.

Redação Sport Marketing