22 de jun de 2008

Flamengo ignora Nike e liminar da Justiça

Diretoria rubro-negra alega que não foi notificada pela Justiça e, portanto, não obedeceu a liminar conseguida pela Nike, antigo fornecedor de materiais esportivos. Ao contrário do que previa o despacho da 8ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, o clube entrou em campo neste domingo com o logotipo das "três interrogações' (ver matéria arquivo Sport Marketing - Nike entra com liminar contra Flamengo). A liminar prevê multa diária de 1% do valor do contrato (R$ 7 milhões anuais) em caso de descumprimento. Na manhã desta segunda-feira, o departamento jurídico tentará cassar a medida. O contrato do Fla com a Nike foi rescindido de forma unilateral e o Mengo fechou novo acordo com a Olympikus, cujo contrato ainda precisa ser aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube, apesar de o primeiro pagamento já ter sido efetuado. O documento prevê a possibilidade de uma vitória da Nike na Justiça. Por isso, há uma cláusula que determina que a empresa seja ressarcida, caso o time volte a vestir Nike.

Redação Sport Marketing