13 de jun de 2008

BOCOG endurece normas contra pirataria de imagens

A China lançou uma forte campanha contra a transmissão ilegal de imagens dos Jogos Olímpicos de Beijing. Segundo informou a imprensa oficial chinesa haverá punição com multas para quem divulgar ou transmitir as imagens dos Jogos sem autorização. "Há medida que se aproximam os Jogos, esperamos um grande número de transmissões ilegais"- justificou Xu Chao, responsável da Administração dos Direitos de Propriedade Intelectual, citado pelo jornal estatal China Daily.A campanha tem como principal objetivo impedir que qualquer pessoa ou meio de comunicação que não possui direitos de transmissão possa divulgar imagens olímpica ou utilize os símbolos oficiais sem autorização. "Qualquer transmissão não autorizada vai ser severamente punida" - assegurou Xu. A multa para quem realizar uma transmissão pirata de imagens dos Jogos pode chegar aos 100.000 renminbi (cerca de 9.300 euros). Os violadores dos direitos de propriedade serão avisados, multados e obrigados a apagar os conteúdos não autorizados. A irá durar até dia 15 de outubro. O combate contará com uma ação conjunta da Administração dos Direitos de Propriedade Intelectual dos Jogos, a polícia e o Ministério da Indústria e Tecnologias de Informação. Para tal foi criado uma espécie de "disk denúncia" , para o qual, o público poderá telefonar e fazer as denúncias.As páginas de internet de partilha de vídeos vão ser particularmente vigiadas durante o período da campanha, mas os conteúdos de telefonia celular, música, livros, software e os jogos na internet também vão ser controlados. Além das imagens, os símbolos olímpicos também não podem ser copiados, utilizados e divulgados sem autorização do BOCOG - Beijing Organizing Committee Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Beijing. Os símbolos olímpicos incluem os cinco aros olímpicos, a bandeira olímpica, o lema, o emblema e o hino dos Jogos, que são propriedade do Comitê Olímpico Internacional (COI). O livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros (selo COB Cultural - editora Casa da Palavra) relata com grandeza de detalhes a evolução das propriedades do COI, CONs - Comitês Olímpicos Nacionais e OCOGs - Comitês Organizadores dos Jogos Olímpicos. O símbolo do Comitê Olímpico chinês, as mascotes (as cinco bonecas Fuwa) e o lema da XXIX edição dos Jogos bem como a abreviatura também são propriedades protegidas do BOCOG.

Redação Sport Marketing