27 de jun de 2008

Adidas coloca em campo Europass Gloria

A final da EURO 2008 terá uma bola especial. A bola fabricada pela Adidas, patrocinadora oficial do evento, foi batizada de "Europass Gloria". É feita de couro prateado e tem escrito o nome dos dois times finalistas (Alemanha e Espanha), além da data, o local do jogo e tem 12 pontos pretos, muito semelhante à bola usada durante os outros jogos do torneio. O nome é baseado no trajeto de mesmo nome entre Suíça e Áustria, países que organizam e recebem o evento. Desenvolvida com a tecnologia Thermal Bonding, a Adidas promete “efeitos especiais” do objeto como maior controle, precisão e força em quaisquer condições do tempo. Estarão disponíveis 30 exemplares para o jogo. A bola já pode ser encontrada no Brasil. São três modelos: “Match Ball”, que custa R$399,90, a réplica da partida de Viena, que é comercializada por R$79,90, e a versão mini, vendida por R$39,90. A taça Henri-Delaunay, que será dada aos vencedores da partida, também terá mudanças: será 18 cm mais alta e 2 kg mais pesada e dois quilos (oito no total) mais pesado do que o desenhado por Arthus Bertrand, em 1960, levantada pelo capitão da Grécia em 2004, que tem 60 cm e pesa 8 kg. Outra distinção é a inscrição do nome dos vencedores anteriores na parte de trás, da qual foi retirada a imagem de uma bola. A UEFA decidiu aumentar a escala e a qualidade do troféu, porque considerou o anterior demasiado pequeno para a importância do Campeonato da Europa. O vencedor só fica com a taça até ao próximo Europeu, porque esta continuará a ser propriedade da UEFA até que um país ganhe a competição três vezes consecutivas ou cinco vezes no total. Até agora, nenhuma nação reuniu uma dessas condições - nenhuma seleção conseguiu defender com sucesso o título e a Alemanha, com três vitórias, é a que está mais perto de ficar de vez com a Taça. Apesar de ter um novo criador - a Asprey London, empresa produtora de jóias -, a taça, em prata de lei, mantém o nome de Henri Delaunay, um dos fundadores da Federação Francesa de Futebol e o primeiro secretário-geral da UEFA. O francês foi, em 1927, o grande promotor da idéia de um torneio entre os países europeus. Mas foi só cinco anos após a morte, em 1960, é que o primeiro Campeonato Europeu foi realizado.

Redação Sport Marketing