1 de mai. de 2008

África do Sul está confiante na Copa do Mundo FIFA de 2010

Um pesquisa realizada pela empresa African Response, na África do Sul apontou que 71% da população acredita que o país estará pronto para sediar a Copa do Mundo FIFA de 2010. A pesquisa abordou 1.200 entrevistados e teve como meta descobrir a opinião da nação com relação aos preparativos para o evento. Os números apontaram um nível alto de otimismo da população. Durban é claramente a mais confiante das regiões, com 82% da população concordando que a África do Sul estará pronta. Houve um aumento impressionante de 8% com relação à última pesquisa. Já Johannesburg não mostrou o mesmo otimismo da última pesquisa e assinalou 72%, 10% a menos que os índices anteriores. O pessimismo pode ter sido estimulado pela recente alta das taxas de juros e o aumento dos preços do petróleo. Cape Town também mostrou uma baixa no índice de credibilidade com relação ao evento - de 62% na pesquisa anterior, agora apenas 59% se mostraram otimistas. A África do Sul já implementou e atualmente está administrando a preparação referente a hospedagem da Copa do Mundo. Esta preparação inclui áreas como transporte, telecomunicações, turismo, policiamento, segurança etc. A pesquisa também arguiu os entrevistados sobre a confiança no progresso referentes à infra-estrutura. Os problemas com o fornecimento de eletricidade chocam a opinião pública e afetam a confiança do país na habilidade de cumprir com as metas exigidas pela FIFA para a Copa de 2010. A pesquisa mostrou que de 52% dos entrevistados, agora apenas 36% crêem que o país conseguirá suplantar a demanada necessária de eletricidade em 2010. Com relação aos transportes, 76% dos africanos acreditam que os aeroportos estarão prontos para lidar com o aumento de visitantes em 2010. Os entrevistados de Johannesburg foram o mais confiantes (85%) neste quesito, seguidos pelos de Durban (84%), já Cape Town expressou o nível mais baixo de entusiasmo - 63%. Em média, a maioria (62%) concorda que as estradas estarão prontas até 2010. Perguntados sobre a importância da Copa do Mundo para o povo sul-africano, 77% acham que o significado do evento é alto. O prestígio da seleção africana de futebol, Bafana Bafana, também foi avalidado. Os últimos resultados positivos parecem ter aumentado a fé do país na seleção - 51% dos africanos crêem que Bafana Bafana estará pronta para enfrentar os demais times da Copa do Mundo e que poderá chegar às quartas-de-final da competição. Porém, essa mensuração deve ter sofrido alterações após a saída de Carlos Alberto Parreira como treinador da seleção africana, fato que certamente deve ter influenciado no otimismo dos torcedores.

Leandro Rabello - Correspondente Sport Marketing - Londres