30 de mai. de 2008

BOCOG de olho no marketing de emboscada

O BOCOG - Beijing Organizing Committee Olympic Games - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Beijing convocou uma coletiva de imprensa para a próxima terça-feira com o tema "Combate ao 'Ambush Marketing' durante os Jogos". O termo 'Ambush Marketing' (marketing de Guerrilha ou marketing de emboscada), no jargão publicitário, pode ser interpretado como a propaganda de uma empresa que pega carona em um evento, mas que não paga nada por isso. Um exemplo recente de tentativa de marketing de emboscada foi realizado pelo Carrefour China, que vestiu os funcionários com camisetas e bonés com os logos olímpicos (ver arquivo de matérias Sport Marketing). A utilização dos logos é direito exclusivo dos patrocinadores do evento. Grandes empresas ainda não entraram no jogo, mas, na Praça Tian'anmen, a pirataria já está rolando solta e vai desde chaveiros, brincos e outros badulaques com o emblema dos Jogos ou cópias dos produtos oficiais. O livro Ouro Olímpico - a história do marketing dos aros - tem um capítulo específico sobre o que é marketing de emboscada e relata as históricas ações realizadas em Jogos Olímpicos como a primeira de marketing de guerrilha que aconteceu durante os Jogos Olímpicos de 1932, em Los Angeles envolvendo a padaria Helms (foto).

Redação Sport Marketing