10 de abr. de 2008

Panini lança figurinhas da EURO 2008

Quem nunca fez coleção de carrinhos, broches (pins) e, principalmente, de figurinhas? Ainda mais se a coleção for de figurinhas de jogadores de futebol. Pois bem, a caça às figurinhas dos jogadores que disputarão a Euro 2008 já virou mania na Suíça. A produção para a Europa é em Módena; para a América do Sul elas são impressas em São Paulo. Os suíços são campeões mundiais em colecionar os chamados "Paninis". Antes da Copa de 2006, compraram 60 milhões de pacotes, oito por habitante. A Suíça, sede da Eurocopa 2008, terá direito a 20 figurinhas adicionais que mostram jogadores em ação e imagens do público. Haverá igualmente fotos da seleção, dos mascotes Trix e Flix, dos estádios e das cidades-sede. Para completar o álbum da Eurocopa, disputada por 16 países, o colecionador vai ter que conseguir as 555 figurinhas inéditas. Na melhor das hipóteses, a brincadeira custa 113 francos suíços. Na Copa 2006, com 32 equipes participantes, eram necessárias 596 fotos. Naquele torneio, os alemães compraram 110 milhões de pacotes (dois por habitante), ficando em segundo lugar atrás da Suíça.Receita de 63 milhões de francos"Estimamos que neste ano sejam vendidas cerca de 300 milhões de figurinhas na Suíça", diz Stefan Knuchel, porta-voz da Valora AG, uma das maiores vendedoras do produto no país.Isso seria exatamente tantas quantas foram vendidas antes do Mundial há dois anos, só que na época eram necessários 10% a mais dos retratinhos para completar um álbum.Cada pacote com cinco unidade custa dois francos suíços. Se confirmadas as estimativas de vendas de 1,7 milhão de álbum e 60 milhões de pacotinhos, o faturamento com o negócio seria de aproximadamente 63 milhões de francos – só na Suíça. Parte da receita vai para a Associação Suíça de Futebol (ASF), que vendeu os direitos de uso da imagem à Panini. A seleção suíça também ganha, mas a ASF não revela quanto. "Analisamos as estatísticas dos jogos oficiais e dos amistosos, consultamos as federações, enviamos nossa lista para ver se estava correta. Podmeos dizer que erros serão raros" - explicou Silvia Losi, responsável da Panini na Suíça.

Redação Sport Marketing