2 de abr. de 2008

Nelsinho Piquet está entre os que ganham menos

Fernando Alonso, de 26 anos, é o piloto mais bem pago da Fórmula 1. Segundo dados divulgados pela revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, o espanhol da Renault tem um salário de 14,5 milhões de euros/ano, quase cinco vezes mais do que o vice-campeão mundial Lewis Hamilton, de 23 anos. O inglês da McLaren fatura três milhões. Kimi Räikkönen, campeão do Mundo, ocupa o segundo lugar da lista. O finlandês da Ferrari, de 28 anos, recebe 14 milhões, seguido do britânico da Honda Jenson Button (dez milhões). Button apenas venceu um Grande Prêmio nos oito anos de F1. Entre os que ganham mal, o brasileiro Nelsinho Piquet, colega de Alonso, surge no terceiro lugar da grelha, com pouco menos de um milhão de euros naquela nesta queé a primeira temporada dele na competição, superado apenas pelo japonês Kazuki Nakajima (Williams) e pelo o alemão Adrian Sutil (Force India). As quantias milionárias apenas se referem aos salários pagos pelas escuderias, excluindo-se os valores referentes a contratos publicitários.
Entretanto, Lewis Hamilton foi ontem condenado o pagamento de 578 euros, por de ter sido apanhado a 200 km/h numa auto-estrada francesa, em 16 de dezembro de 2007.

Redação Sport Marketing