30 de abr. de 2008

Macau teme sequestro da Tocha

Um indivíduo suspeito de planejar o roubo da Tocha Olímpica em Macau foi preso para averiguações, anunciou o Ministério Público local numa nota enviada à imprensa na qual explica que na madrugada de 26 de abril, um cidadão local, de apelido Cheang, "escreveu" sob o nome de 'Lisboa' um artigo num fórum de discussão da Internet "cujo teor" falava sobre o roubo da Tocha Olímpica, que estará em Macau no sábado. "Com esta conduta, ele é suspeito de instigar publicamente a prática de crime" - diz a nota salientando que o fato foi descoberto no mesmo dia pela Polícia Judiciária. Cheang foi conduzido ao Ministério Público, cujo delegado, "após investigação sumária", o interrogou e prendeu. Segundo o delegado, o "suposto seqiestrador da Tocha" ainda não tinha planos de atuação concretos. O caso vai continuar a ser investigado, conclui a nota do Ministério Público. A Chama Sagrada de Olympia está em Hong Kong, a primeira etapa em solo chinês do símbolo dos Jogos. A tocha chegou de avião e seguiu de carro para local desconhecido onde será mantida em segurança antes de ir para as ruas na sexta-feira. Os receios de protestos levaram as autoridades a colocar nas ruas cerca de 3000 agentes que irão assegurar o percurso da Tocha que terá como primeira portadora Lee Lai-shan, praticante de “windsurf” e única atleta da Região Administrativa Especial a conquistar o ouro olímpico. Entre os 120 portadores da Tocha estarão ainda 21 empresários, 13 políticos e oito artistas locais. Foram criadas 15 zonas de protesto para os manifestantes durante o trajeto do Revezamento. A chama olímpica segue de avão para Macau ainda na sexta-feira. A Região Administrativa Especial de Macau será a última etapa antes do símbolo dos Jogos Olímpicos entrar no continente chinês. A 100 dias para a abertura dos Jogos Olímpicos, a China iniciou a contagem regressiva com orações, canções e uma grande corrida, dia em que a Tocha Olímpica retornou ao território chinês após um tumultuado Revezamento mundial. As festividades começaram em Beijing sob um céu nublado com uma corrida pelas ruas da cidade com 10.000 moradores, parte da promessa chinesa de fazer dos Jogos a "Olimpíada do Povo".

Jing Wang - Correspondente Sport Marketing - China