30 de abr. de 2008

Honda não apoiará mais a Super Aguri

A Honda não dará mais apoio financeiro à equipe de F1 japonesa Super Aguri informou o jornal Sankei Sports. A Honda, que tem a própria equipe, fornece motores e apoio técnico à equipe, gastou quase três milhões de dólares para assegurar a participação da Super Aguri no Grande Prêmio da Espanha no domingo passado. A escuderia Super Aguri passa por sérias dificuldades econômicas, tem uma dívida de 100 milhões de dólares. Segundo o "Autosport.com", a equipe negocia para fechar um acordo de apoio financeiro com a companhia automotiva alemã Weigl Group. A equipe receberia um valor em torno de 6,5 milhões de libras (R$ 17 milhões) para evitar a falência imediata. Aguri Suzuki, propietário da equipe, viaja para o Japão, onde terá uma nova rodada de negociações com a Honda. A intenção de Suzuki é garantir apoio dos japoneses para fechar o acordo com os alemães.

Redação Sport Marketing