14 de mar. de 2008

Timor-Leste receberá doação do Ministério do Esporte

Um lote de 300 itens esportivos - entre bolas, redes e jogos de xadrez - que foram produzidos e doados pelo Ministério do Esporte brasileiro vão com Edson Duarte Monteiro Marinho, novo embaixador do Brasil, no Timor Leste. O "presente esportivo", confeccionado por meio dos programas Pintado a Liberdade e Pintando a Cidadania, conta com 250 bolas, sendo 50 bolas para cada modalidade - vôlei, basquete handebol, futebol de campo e futsal. O lote inclui ainda redes de vôlei e de futebol de campo e diversos jogos de xadrez (kit com tabuleiro e peças), acompanhados de cartilhas que ensinam as técnicas do esporte aos futuros enxadristas timorenses. De acordo com o embaixador, o Timor-Leste se inspira nas experiências brasileiras de inclusão social por meio do esporte, principalmente, no que se refere ao futebol, modalidade que já começa a se popularizar naquele país. "Atualmente, no centro da capital Dili já existe uma área onde se vêem jovens jogando futebol e muita gente em volta assistindo e torcendo", conta Edson Marinho. Segurando uma bola de futebol, o embaixador brasileiro afirmou que com essa doação do Ministério do Esporte "já chego ao Timor com a bola cheia". E, em seguida, frisou que o presidente Ramos Horta, durante sua recente visita ao Brasil declarou, em conversa pessoal, que a exemplo do que tem acontecido, o próprio presidente fará pessoalmente a distribuição do material esportivo brasileiro à população carente. Representando o ministro do Esporte do Brasil, Orlando Silva, o chefe da Assessoria Internacional, José Leite de Assis Fonseca efetuou a doação. A cerimônia de entrega foi prestigiada pela ministra Vera Cíntia Alvarez, chefe da Coordenação Geral de Intercâmbio de Cooperação Esportiva (CGCE), no Palácio do Itamaraty. "A exemplo dos acordos de cooperação internacional que compõem a Política Pública do Esporte essa coordenação, a CGCE, é mais uma inovação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que o esporte ganhou na área da diplomacia brasileira", explica José Leite.

Redação Sport Marketing