4 de mar. de 2008

Timemania, mais time do que mania

De acordo com o regulamento da Timemania, o montante destinado aos clubes serão distribuídos da seguinte forma: 65% para os que jogaram a Série A em 2007, 25% para os que disputaram a Série B, 8% para os outros 40 clubes e 2% para 18 times que aderiram à loteria, mas não tiveram escudos impressos nos bilhetes - são os clubes considerados reservas. O primeiro sorteio da Timemania mostrou que, se depender da empolgação dos apostadores, os clubes de futebol 98 clubes cadastrados na Timemania irão levar muitos anos para saldar duas dívidas com a União que chegam a mais de R$ 100 milhões, como é o caso do Flamengo. No sorteio realizado neste fim-de-semana arrecadou apenas R$ 4.119.464,00 com as apostas. A expectativa inicial era de que fossem arrecadados R$ 512 milhões por ano - cerca de R$ 10 milhões por sorteio. Como terão direito a 22% do arrecadado - ou R$ 906.282,08. Levando-se em consideração o modelo de divisão, um time que disputou a Série A ganhará menos de R$ 30 mil pelo primeiro sorteio. Se for mantido essa média arrecada por sorteio, o Flamengo, que possui uma dívida em torno de R$ 180 milhões, precisaria de 6 mil sorteios ou 115 anos para quitá-la. Se o cenário já foi ruim para os "grandes", para os pequenos a situação é pior ainda. Os clubes que disputaram a Série B ficarão com pouco mais de R$ 10 mil, os times do "terceiro escalão" terão menos de R$ 2 mil e os reservas menos de R$ 1 mil. Além desses valores, os clubes ainda terão direito a 2% - ou R$ 82.389,28 - de acordo com o palpite dos apostadores, que assinalam o escudo do time de seu coração. Como o Flamengo foi o mais escolhido, com pouco mais de 11% terá direito a mais R$ 9.161,68.

Redação Sport Marketing