2 de mar. de 2008

Sporting joga esperanças nas escolinhas

O Sporting obteve um resultado líquido de 3,23 milhões de euros de julho a dezembro de 2007. Percebe-se uma queda dos lucros de 38,3% comparados aos 5,24 milhões de euros alcançados em 2006. A Champions League - Liga dos Campeões - gerou receitas de 8,6 milhões de euros. Em custos com encargos salariais de jogadores e equipes técnicas, o Sporting teve um no total de 10,9 milhões de euros, valor que inclui prêmios de assinaturas de 2,1 milhões e aquisição de direitos desportivos no montante de 8,8 milhões de euros. Entre as metas do clube para 2008, está a consolidação das escolinhas do Sporting, um projeto que teve início em setembro de 2006. O clube conta neste momento com 14 escolinhas e prevê abrir mais 16 ainda neste ano. No ano passado, recebeu 60 candidaturas, mas só abriu 10 escolinhas. Este ano já recebeu perto de 100. Atualmente, o Sporting tem matriculados nas escolinhas 3 mil jovens, cerca de 50% são sócios do clube,um ponto positivo no quesito fidelização da marca. Para abrir uma escolinha de futebol do Sporting é preciso pagar uma franquia e uma porcentagem do valor faturado pela entidade que explora o projeto. Já os alunos pagam 70 euros de inscrição, no entanto, a mensalidade varia. Cada escolinha tem, obrigatoriamente, 3 vagas para ações sociais. Em 2009, a meta é internacionalizar o projeto. O clube tem sido contatado por vários países interessados. É o caso dos EUA, Luxemburgo, Canadá, Suíça, Angola e Moçambique. Cristiano Ronaldo, Paulo Futre, Luís Figo, Hugo Viana, Quaresma, e, mais recentemente, João Moutinho, Nani, e Miguel Veloso, são alguns dos jogadores formados no clube.

Redação Sport Marketing